Documentário repercute após revelar verdades sobre morte da filha de Glória Perez; veja trecho

O documentário Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez estreou na HBO Max e vem chamando atenção do público pela forma em que os fatos são abordados. A série remonta o crime que aconteceu há 30 anos e revela verdades sobre a morte da atriz.
O caso ganhou repercussão nacional, além de se tornar assunto também na imprensa internacional. A reconstituição das cenas traz uma abordagem realista, com humanização e delicadeza. Os dois primeiros episódios foram lançados e os outros três serão exibidos na próxima quinta-feira (28).
O projeto traz o depoimento da mãe da vítima, a escritora Glória Perez, e do ator Raul Gazolla, na época marido de Daniella, além da fala de outros familiares, amigos e colegas de elenco da Globo. Através das falas e dos registros entregues aos diretores do projeto, o documentário traz mais profundidade nos flashes de momentos específicos e Glória a perda.
Em seu perfil oficial do Instagram, Glória compartilhou um trecho do documentário. "A verdade dos autos é o resgate da pessoa real. Finalmente: quem fala agora é o processo", escreveu na legenda da publicação.
Relembre o caso
A atriz Daniella Peres, 22, foi assassinada pelo ator Guilherme Pádua, em 1992, com 18 punhaladas e golpes de tesoura. O ator consolou a mãe e o marido da atriz após o ocorrido, mas em seguida confessou o crime e foi condenado ao lado de sua mulher, Paula Thomaz.
O nome de Guilherme voltou a ser mencionado recentemente pelo ex-ator da globo, Maurício Mattar, que relembrou o período de convivência com ele nos bastidores.