Reforma da previdência assusta candidatos de Temer

Ao sugerir que o governo envie ao Congresso proposta de reforma da Previdência somente após o primeiro turno das eleições municipais, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vocaliza o desejo de diversos partidos da base de apoio de Michel Temer. Esses partidos temem que o PT e partidos de esquerda usem a reforma da Previdência, um tema impopular, para desgatar os candidatos do campo governista nas disputas municipais.
O envio da reforma da Previdência antes do primeiro turno não terá influência para acelerar a votação, porque os congressistas só voltarão a trabalhar em ritmo normal mesmo depois de 2 de outubro.
No entanto, remeter logo a proposta ao Congresso seria um sinal de austeridade importante do presidente Michel Temer para os investidores e os empresários. Temer retorna da China com a missão de enfrentar resistências na sua própria base de apoio a uma medida prioritária de sua administração.

Share/Bookmark

0 comentários: