Mostrando postagens de Setembro 13, 2016Mostrar tudo

Polícia apreende dinamites, fuzil e munições de assaltantes do Sertão

Nesta segunda-feira dia (12), por volta das 06:00, a Agência Setorial de Inteligência do NIS-3 e efetivo do GATI do 8ºBPM em ação conjunta com Policiais Federais de Salgueiro, dando continuidade as investigações sobre uma Quadrilha Interestadual especializada em assaltos a bancos e carros forte, apreenderam no Distrito de Monte Alegre em Salgueiro, 01 FUZIL MOSQUEFAL CAL. .7mm, 15 BANANAS DE DINAMITES EM GEL (distribuídas em três grupos com cordel detonador); 93 MUNIÇÕES CAL. 7mm; 02 COLETES BALÍSTICO (Com nomenclaturas da Empresa de Valores PROSSEGUIR); 01 (uma) CAPA PARA COLETE BALÍSTICO (Com nomenclatura da Empresa de Valores INTERFORT); 01 CAPUZ; 01 PAR DE LUVAS e 01 CHAPÉU CAMUFLADO, que estavam encobertos dentro de um saco de nylon, entre galhos secos de árvores de um terreno baldio na estrada carroçável de acesso àquele Distrito.
Todo o material apreendido, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Salgueiro para que fossem adotadas as medidas legais cabíveis. (Via: Ascom - Fotos: Clodualdo Sousa – Da Redação Giro Sertão)

Governo de PE abre curso para promoção de 1.232 Policiais e Bombeiros Estaduais

Com o objetivo de atender as metas preconizadas no Pacto pela Vida – PPV, o Governo do Estado e a Secretaria de Defesa Social, através da Academia Integrada de Defesa Social – ACIDES, realizará neste segundo semestre de 2016 os Cursos de Formação de Sargentos e o de Habilitação de Cabos para os militares estaduais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco.
Os cursos terão início a partir de 19 de setembro e vão até a terceira semana de outubro. A ação de capacitação profissional vai permitir a ascensão na carreira militar, almejada pelos militares do Estado, principalmente daqueles com mais de 10 anos de efetivo serviço.
Além de formar sargentos nas corporações militares estaduais, para compreenderem os elementos básicos da gestão administrativa no setor público e sua função de elo entre os gestores e colaboradores de sua organização, o curso capacitará os profissionais como agentes pró-ativos e pacificadores no âmbito da defesa da sociedade.
Entre as disciplinas abordadas estão: Policiamento Ostensivo, com respeito aos Direitos Humanos; Uso Diferencial da Força e as Legislações Específicas, bem como as exigências para o exercício de comandamento das Atividades Aéreas de Salvamento, Combate a Incêndio, Atendimento Pré-Hospitalar e Produtos Perigosos, entre outras.
Para a promoção de soldados a cabo das corporações, o curso visa habilitá-los para o desempenho das funções inerentes a graduação de cabo, atuando como comandantes de fração de tropa a nível operacional e administrativo, tornando-os aptos a executar tarefas laborais referentes às suas diversas atividades, respeitando a legislação em vigor.
O Curso de Formação de Sargentos PM e BM 2016 será realizado no Campus de Ensino Metropolitano I e II, da ACIDES, no período de 03 a 19 de outubro de 2016, contemplando 449 (quatrocentos e quarenta e nove) militares, sendo 249 cabos da Polícia Militar e 200 cabos do Corpo de Bombeiros Militar, distribuídos em 11 turmas. O curso terá uma carga horária de 120h/a.
Já o curso de Habilitação de cabos PM e BM 2016 funcionará na modalidade de Ensino à Distância – EAD, com o controle e supervisão do Campus de Ensino Metropolitano I e II, da ACIDES. Acontecendo no período de 19 de setembro a 19 de outubro de 2016, contemplando 783 militares, sendo 400 policiais militares e 383 bombeiros militares, distribuídos em 16 turmas. A carga horária será de 30h/a.
PPV – O Pacto pela Vida – Plano Estadual de Segurança Pública prevê a realização de cursos para promover qualificação e valorização profissional. “A educação e qualificação sempre serão os melhores instrumentos de transformação da sociedade. E um dos aspectos a ser considerado nas ações de melhoria de uma organização é a valorização do profissional”, destaca o gerente geral de Articulação e Integração Institucional e Comunitária da SDS, Manoel Caetano. (Via CICOM/SDS)

Estrangeiros querem produzir queijo com leite de jumenta no Nordeste

Um grupo de investidores estrangeiros pretendem produzir, no interior do Rio Grande do Norte, queijo à base de leite de jumenta. A ideia é dar uma finalidade ao grande número de jumentos na região Oeste, produzir o queijo, do tipo Pule, e vende-lo para o mercado europeu ao preço de R$ 3 mil o quilo.
O local escolhido para a criação dos animais foi o município de Felipe Guerra. Uma empresa potiguar comprou uma área de 475 hectares para a instalação do projeto.
Segundo representantes da prefeitura local, os investidores querem que os municípios da região, que já fazem o trabalho de captura dos jumentos, se responsabilizem pela entrega dos bichos.
A partir daí a empresa trata os jumentos e realiza o processo de ordenha e produção do queijo.
O queijo Pule é branco, quebradiço, tem sabor salgado e intenso. O principal motivo de ser tão especial e ter um valor alto é porque as jumentas não produzem muito leite e precisam ser ordenhadas a mão três vezes por dia.
O leite de jumenta tem 1% de gordura e só pode ser bebido fresco, porque muitos de seus nutrientes se perde na fervura. Sua concentração de vitamina C, por exemplo é 60 vezes maior do que a do leite de vaca.
A ideia já foi levada ao Governo do Estado, através do secretário de Agricultura Guilherme Saldanha, que declarou total apoio à abertura da nova atividade econômica.
A utilização dos jumentos para a produção queijo é vista como uma saída para a superpopulação da espécie na região Oeste. Em 2013, o promotor de Justiça Silvio Brito tentou usar a carne do animal como alimento para seres humanos, mas o projeto não foi aceito pela população.