Mostrando postagens de Setembro 23, 2016Mostrar tudo

NOVO ENSINO MÉDIO É APROVADO COM AUMENTO DA CARGA HORÁRIA E EXCLUSÃO DE DISCIPLINAS

Artes, Educação Física, Filosofia e Sociologia não farão mais parte do currículo obrigatório do ensino médio.
 
Em cerimônia realizada na tarde desta quinta-feira, 22 de setembro, o presidente Michel Temer assinou a Medida Provisória (MP) que reformula o ensino médio no Brasil. A cerimônia também contou com a participação do ministro da Educação, Mendonça Filho, e de governadores e representantes das unidades federativas.
O Novo Ensino Médio prevê a implantação da escola em tempo integral, com 7 horas diárias de aula em 200 dias letivas. Com isso, a carga horária anual vai passar de 800 para 1.400 horas. O aumento vai ser gradual e começará no primeiro semestre de 2017.
O ponto polêmica do Novo Ensino Médio é a flexibilização do currículo. A proposta define uma Base Nacional Comum no 1º ano e currículo vocacionado no 2º e 3º ano do ensino médio. Apenas o ensino da língua portuguesa e de matemática será obrigatório em todos os anos.
A partir do 2º ano do ensino médio o estudante terá autonomia para escolher uma área para aprofundar os estudos, entre cinco opções: Linguagens, Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Ensino Técnico Profissional. Até esse ano, o ensino médio tinha 13 disciplinas obrigatórias.
Exclusão de disciplinas
O texto da MP exclui as disciplinas de Artes, Educação Física, Filosofia e Sociologia da grade obrigatória do ensino médio. Essas disciplinas passam a ser opcionais no ensino médio. Artes e Educação Física continuam obrigatórias no ensino infantil e fundamental. Já a disciplina de Inglês passa a ser obrigatória a partir do sexto ano do ensino fundamental.
Justificativas
O ministro da Educação começou seu discurso afirmando que o ensino médio está falido. Segundo Mendonça Filho, as reformas no ensino médio são necessárias porque o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) está estagnado desde 2011 e conhecimento dos jovens em língua portuguesa e matemática piorou para o nível de 1997.
Recursos
O Governo Federal vai investir R$ 1,5 bilhão ao longo de dois anos para implantar as escolas em tempo integral nos estados e no Distrito Federal. A expectativa é matricular 500 mil jovens em tempo integral até 2018.
Ainda não é Lei
A MP entra em vigor a partir de sua assinatura, mas para virar Lei precisa ser analisada por uma comissão especial do Congresso e depois ser aprovada pela Câmara e pelo Senado. Isso precisa acontecer em um prazo de 120 dias para a MP não perder a validade.
Enem
Na cerimônia, nada foi falado sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). No entanto, caso a MP vire lei, o Enem terá que se adaptar ao novo ensino médio em 2017. A Matriz de Referência do Enem não muda desde 2009.
Por Adriano Lesme (http://brasilescola.uol.com.br/)
 

Luz no fim do túnel: mito ou prova da existência do "além"?

Uma pesquisa com pessoas que estiveram à beira da morte mostrou resultados surpreendentes, já que os participantes descreveram cenários parecidos para contar como foi a experiência.
Uma equipe de cientistas liderada pelo neurologista belga Steven Laureys coletou dados de mais de 400 pessoas que viveram experiências próximas da morte. Seu objetivo era comparar os relatos e tentar explicar biologicamente os estranhos fenômenos experimentados.
As informações obtidas com a pesquisa são surpreendentes, já que todos os participantes descrevem cenários parecidos: observam seu corpo de cima, um túnel escuro com uma luz muito poderosa no final e são visitados por entes queridos mortos.
O neurocientista acredita que essas experiências são causadas pelo aumento da atividade cerebral que ocorre quando o coração para de bater. Experimentos anteriores realizados com ratos moribundos já haviam indicado que o trabalho neuronal cresce consideravelmente nos instantes prévios à morte, especialmente no músculo temporoparietal. Durante esse tempo, foi verificado também um crescimento notável da frequência das ondas gama, as mesmas detectadas no mapeamento cerebral de um monge em estado de meditação.
Segundo Laureys, o cérebro humano é o responsável pelas visões impactantes e pelas sensações narradas pelas pessoas que estiverem à beira da morte. Isso explicaria as semelhanças encontradas em indivíduos de culturas completamente diversas na hora de descrever o contato com a morte.
Fonte: Super Curioso

Colégio no RJ libera o uso de saia para meninos

Deputado critica a decisão lembrando que a ideologia de gênero já foi rejeitada no Congresso Nacional
No Rio de Janeiro um colégio tradicional resolveu mudar suas regras referente ao uso do uniforme, liberando o uso de saia por meninos e de bermudas por meninas.
O informe divulgado no site do Colégio Pedro II diz que a instituição resolveu seguir os parâmetros do Conselho Nacional de Combate à Discriminação e Promoção dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais (CNCD/LGBT).
Na prática, fica estabelecido que não há mais uniformes masculino e feminino, como explicou o reitor Oscar Halac no comunicado oficial.
“Propositalmente, deixa-se à critério da identidade de gênero de cada um a escolha do uniforme que lhe couber. Estamos cumprindo a determinação de uma resolução vigente e procuramos de alguma maneira contribuir para que não haja sofrimento desnecessário entre aqueles que se colocam com uma identidade de gênero diferente daquela que a sociedade determina”.
Deputado critica a posição
Ao se pronunciar no Plenário da Câmara nesta terça-feira, o deputado federal Sóstenes Cavalcante (PSD-RJ) criticou o posicionamento da instituição de ensino lembrando que outra decisão do colégio foi trocar as letras O e A das palavras aluno e aluna pelo X, seguindo com a as regras da ideologia de gênero.
“Agora, mais absurdo ainda, toma a decisão amplamente noticiada, de que os meninos possam ir para a escola de saia”, disse o parlamentar.
Mostrando sua indignação, o deputado pediu ao Ministro da Educação, Mendonça Filho, para que providências sejam tomadas. “Isso é uma afronta às famílias dos alunos de bem do Colégio Pedro II. Se a moda pega, onde é que nós vamos parar?”, questiona.
O parlamentar aproveitou para lembrar que o Congresso Nacional rejeitou a ideologia de gênero.
“Nós derrotamos essa praga chamada ideologia de gênero na Câmara e no Senado, mas não satisfeitos, aqueles que defendem a causa de destruição da família, querem desqualificar através dos municípios levando essa ideologia falida e vergonhosa que é a ideologia de gênero”, completou.
Assista:

Camila Pitanga pede orações ao voltar a gravar “Velho Chico”

Na semana passada a atriz presenciou a morte do ator Domingos Montagner, com quem contracenava
Nesta quarta-feira (21) a atriz Camila Pitanga pediu aos seus seguidores do Twitter que orassem por ela, pois retornaria a gravar a novela “Velho Chico”.
Na quinta-feira passada (15) Camila estava em Sergipe com o ator Domingos Montagner gravando as cenas da novela. Quando o trabalho terminou, os dois amigos foram até a região conhecida como Prainha para dar um mergulho no Rio São Francisco.
Domingos se afogou e morreu, Camila presenciou tudo e ficou bastante abalada.
A equipe da novela retornou para Sergipe no sábado e a atriz voltou no dia de hoje. Um dia antes, ela escreveu uma mensagem agradecendo o apoio e o carinho dos fãs. “Obrigada a vocês que sempre me lembram que a vida pode ser linda”.
E hoje pela manhã, antes de viajar, ela pediu orações. “Bom dia a vocês! Hoje volto a gravar. Peço que orem por mim”, escreveu Camila Pitanga.

Por que uma ilha no Canadá está oferecendo terra e trabalho para quem quiser se mudar para lá

Cape Breton, na província litorânea de Nova Escócia, no extremo oriente do Canadá
Uma empresa localizada em uma ilha do leste do Canadá está oferecendo terra e trabalho a quem estiver disposto a se mudar para lá.
Trata-se de Cape Breton, na província litorânea de Nova Escócia, no extremo oriente do país, cuja população não chega a 150 mil moradores.
Diante disso, donos de um estabelecimento rural na aldeia de Whycocomag publicaram um anúncio que gerou interesse em todo o mundo.
Eles oferecem emprego na loja e a possibilidade de ocupar, sem custo, dois hectares contíguos de terra na ilha. Segundo o contrato, a área passa a ser de propriedade do funcionário após cinco anos de trabalho.
Oferta
A medida, considerada desesperada por muitos em Cape Breton, tenta frear o êxodo da população da ilha.
Segundo a imprensa canadense, mais de 3.100 pessoas do mundo todo se candidataram à vaga.
No entanto, os interessados têm de cumprir com os requisitos de imigração do governo canadense - a vaga só pode ser preenchida por quem tem permissão legal para viver no país.
'Felicidade'
Em uma mensagem compartilhada nas redes sociais, os donos do estabelecimento disseram que era difícil escolher entre tantos bons candidatos.
A empresa diz já ter contratado uma pessoa e assegura que planeja oferecer duas outras vagas com as mesmas condições.

A segurança dos bandidos na insegurança do Sertão. Mais um carro forte abatido

Mais um carro forte foi assaltado em Petrolina, por volta das 17 horas desta quinta-feira (22). Segundo informações, bandidos bem armados em dois carros, interceptaram um carro forte que estava a caminho de Petrolina, provavelmente vindo de Dormentes e Afrânio.
No trecho entre Pau Ferro e Rajada, onde já ocorreram outros assaltos, os bandidos usaram os mesmos meios de sempre: fecham os dois lados da rodovia e cometem o assalto.
Um dos vigilantes que estava no carro forte foi atingido por uma bala e socorrido para Rajada, os outros conseguiram fugir pela caatinga.
Os bandidos conseguiram levar todo o dinheiro do carro forte. A Policia foi chamada e conseguiu controlar o transito depois que os assaltantes fugiram.
A policia conseguiu também avisar a todas as delegacias próximas a Petrolina e algumas unidades móveis estão em busca dos ladrões. Não foi divulgado os valores roubados. As informações são do blog de Vinicius de Santana.
PE noticias

Banco do Brasil quer romper sociedade com os Correios

A parceria do Banco do Brasil com os Correios no Banco Postal corre o risco de acabar neste ano. Os dois sócios na prestação de serviços financeiros discordam, atualmente, do objetivo e, principalmente, do valor do negócio.
Com rombo nos últimos três anos, sendo o de 2015 de R$ 2,1 bilhões, os Correios veem a renovação do contrato com o BB como uma oportunidade de injetar dinheiro na estatal, que ainda opera no vermelho neste ano. O melhor resultado da história dos Correios foi justamente o de 2012, afetado pelo negócio com o banco público.
Já o BB, segundo fontes, não considera o negócio tão vantajoso, em meio ao cenário econômico adverso e às mudanças no comportamento dos clientes.
Investimentos em segurança e questões trabalhistas encarecem o Banco Postal para os Correios, diz Campos 
Sem o BB, os Correios precisariam leiloar novamente o serviço neste ano. Segundo a avaliação dos maiores bancos do País, há pouco apetite para explorar a rede de agências da estatal, presente em 95% das cidades brasileiras. Com o avanço dos canais digitais e os desafios de tornar a rede física rentável, a atratividade do canal diminuiu.
O Bradesco, que ficou com o Postal por dez anos, abriu mais de mil agências após deixar de operar o serviço e agora tem o desafio de integrar o HSBC. O Itaú não fez proposta no último leilão. A Caixa não tem capital para fechar a operação sem nova capitalização da União – está, inclusive, privatizando áreas. O Santander também não tem tanto apetite pelo canal, além de, assim como o Itaú, estar na negociação para a compra das operações de varejo do Citi no País.
“O negócio (Banco Postal) tem alto custo. O banco começa a ter problemas de assalto, numerário, eventos que são uma realidade que já vivemos. Antes de pensar em discutir a relação, é preciso pensar no papel dos Correios, como funciona hoje e como agregar valor”, diz o executivo de um grande banco. Outro afirma que a instituição até analisaria eventual oportunidade de parceria, mas também reforça que o canal perdeu parte de sua relevância.
O Banco Postal foi importante para aumentar o acesso aos serviços financeiros em municípios do interior. Segundo o Banco Central, 1.987 cidades não têm agência bancária, mas 1.633 delas possuem um ponto de atendimento, como os Correios, que prestam serviços bancários básicos, como transferências, abertura de contas, saques e recebimento do INSS.
O BB venceu o leilão em maio de 2011, num lance de R$ 2,3 bilhões, e começou a operar no ano seguinte nas mais de 6 mil agências próprias dos Correios que oferecem serviços do Banco Postal. O BB teve de desembolsar mais R$ 1 bilhão ao longo de cinco anos pelo pagamento de transações bancárias efetuadas nos Correios. Em 2.035 municípios, o BB só está presente por causa do Banco Postal. Em outros 3.223, o maior banco do País tem agência própria.
Segundo fontes, o entendimento do BB é de que a parceria com o Postal tem de passar por adaptação. Isso porque o cenário atual é diferente de quando o banco ganhou a concorrência para explorar a rede física dos Correios. De lá para cá, as transações digitais e remotas tiveram um salto, reduzindo a necessidade de agências, que passam a ter outro foco, mais voltado para negócios e assessoria.
“A parceria com os Correios vai passar obrigatoriamente por uma adaptação. No passado, fazia muito sentido (transformá-lo em instituição financeira). Hoje, não me parece que faz mais sentido”, diz uma fonte a par das negociações.
Custo. 
O presidente dos Correios, Guilherme Campos, diz que a atuação da estatal como correspondente bancário tem custo elevado por causa dos investimentos em segurança e questões trabalhistas. Os funcionários dos Correios que trabalham nas agências com Banco Postal exigem equiparação de salário e jornada aos bancários.
“Eles querem transferir para o correspondente bancário o que nenhum banco quer nas suas agências: gente e numerário”, explica Campos. “É muito bem-vindo o Banco Postal, só que esse custo tem de estar na negociação”, acrescenta.
Segundo Campos, as negociações entre os dois sócios voltaram após a formalização de seu cargo e de Paulo Caffarelli como presidente do BB. A renovação está em pauta desde maio de 2015, mas ficou em compasso de espera com a mudança nas empresas. Em dezembro, encerram-se os cinco anos do contrato, que podem ser renovados por mais cinco. Procurado, BB não se manifestou.

Governo Federal trabalha no edital para conclusão do Eixo Norte do Projeto São Francisco

 
O edital de licitação para a conclusão de trechos do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco está em elaboração pelo Ministério da Integração Nacional. Neste momento, a área técnica está em processo de levantamento dos itens que estão concluídos e dos que serão licitados nos lotes da empresa Mendes Júnior Trading S.A. e, a partir dessa finalização, num prazo de 30 dias, o edital será lançado.
A afirmação foi feita pelo ministro Helder Barbalho, nesta quinta-feira (22), durante reunião do Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), realizada em Recife. Segundo o ministro, a prioridade da Pasta é garantir abastecimento de água e desenvolvimento econômico para a região. Com esse objetivo, diversas medidas estão sendo tomadas – além do Projeto São Francisco – como a garantia de recursos para a execução das obras hídricas, a construção de adutoras de engate rápido e a operação carro-pipa.
O trecho do Projeto São Francisco que precisará ter nova licitação já estava contratado e sendo executado pela Mendes Jr., que não conseguiu atender as responsabilidades contratuais diante do comprometimento da sua capacidade técnica gerada por dificuldades na obtenção de créditos. “Estamos cruzando diversos itens que estavam nesse contrato para checarmos o que foi executado e o que ainda falta realizar.
Esperamos ter um novo prestador de serviços contratado o mais rápido possível e que tudo transcorra na normalidade para que as obras possam ser retomadas o quanto antes e, em 2017, nós tenhamos concluído a obra para passagem das águas no Eixo Norte. No Eixo Leste, que está tudo rodando dentro do planejado, a passagem das águas acontecerá em dezembro de 2016”, explicou.
A recuperação da Barragem Jucazinho, em Caruaru, também foi anunciada pelo ministro. Segundo ele, o edital está sendo elaborado pelo Ministério da Integração Nacional e deve ser lançado ainda em 2016. “A obra é preventiva, para evitar qualquer problema maior. Estamos concluindo o processo de verificação dos preços e avaliando se será necessário um processo emergencial para que possamos estabelecer prazos”. A barragem está sob responsabilidade do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

Polícia apreende homem com 16 cartões do Bolsa Família e R$ 51 mil, no Sertão de PE

A Polícia Militar (PM) apreendeu um agricultor, de 37 anos, com cartões de crédito, 16 cartões do Bolsa Família e mais de R$ 50 mil em espécie, nesta quarta-feira (21) em Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. O suspeito foi ouvido e em seguida liberado.
O mandado de busca e apreensão ocorreu na Rua Hermínia Florentina de Sá, nº 124, no bairro Subestação. Na casa, a PM encontrou 11 pacotes de cigarro, 16 cartões do Bolsa Família, 20 cartões de crédito e a quantia de R$ 51.136 em espécie.
O homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro, também no Sertão do Estado e em seguida encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil local, onde foi aberto um inquérito por portaria. O agricultor foi ouvido e liberado. (G1)

Farra nos banheiros: Projeto proíbe uso de banheiro público por sexos diferentes

Uma proposta em análise na Câmara dos Deputados (PL 5774/16) proíbe as pessoas de utilizarem banheiros públicos que não sejam destinados a seu sexo masculino ou feminino. Segundo o texto, em caso de mudança de gênero por tratamento hormonal, será preciso comprovar a mudança de nome por decisão judicial transitada em julgado para ter acesso ao banheiro conforme a nova condição.
Pelo projeto apresentado pelo deputado Professor Victório Galli (PSC-MT), o uso indevido do banheiro passará a ser enquadrado como contravenção penal referente à paz pública, na mesma categoria de quem perturba o trabalho ou o sossego de outra pessoa. A pena nesses casos é de prisão simples, de 15 dias a três meses, ou multa. A proposta altera a Lei das Contravenções Penais (Decreto-Lei 3.688/41).

Doações de beneficiários do Bolsa Família para partidos políticos chegam a quase R$ 16 milhões

Um cruzamento de dados entre o cadastro de beneficiários de programas sociais do Governo Federal e o sistema de prestação de contas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) identificou que R$ 15.970.436,50 foram doados a candidatos e partidos políticos nas eleições deste ano por beneficiários do Bolsa Família.
O valor total de arrecadação declarado à Justiça Eleitoral até o momento é de mais de R$ 1 bilhão e, de acordo com o cruzamento, pelo menos 16 mil beneficiários do programa social aparecem como doadores.
Uma parceria entre o TSE e o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) permitiu o cruzamento desses dados, possibilitando que o TSE investigue indícios de falta de capacidade econômica de doadores inscritos no cadastro e que realizaram doações para campanhas eleitorais.
De acordo com o presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, tudo indica que pode haver fraude: “ou essa pessoa não deveria estar recebendo Bolsa Família ou está ocorrendo o que chamamos de ‘caça CPF’, ou seja, a manipulação de CPF de alguém que está inocente nessa relação, então tudo isso será investigado”.
Segundo o ministro Gilmar Mendes, antes a análise das contas só era feita tempos depois da eleição e, agora, a Justiça Eleitoral está trocando informações com o Ministério Público, a Polícia Federal, o Tribunal de Contas da União (TCU), o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), a Receita Federal, além do Ministerio do Desenvolvimento Social e Agrário, para analisar irregularidades ainda durante a campanha. “Portanto, estamos em condições muito mais confortáveis para fazer o nosso papel e reafirmo que a prestação de contas vai deixar de ser um faz de conta”, enfatizou.

Ensino Médio de Pernambuco é destaque em cerimônia no Planalto

 
O governador Paulo Câmara foi o escolhido para falar em nome de todos os governadores do Brasil, hoje (22.09), na cerimônia no Palácio do Planalto em que foram anunciadas mudanças no Ensino Médio. A escolha se deu em face ao 1º lugar de Pernambuco no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica do País (Ideb). O estado lidera o ranking, relativo ao ano de 2015, junto com São Paulo, ambos com nota 3,9. Em seu discurso, Paulo destacou os avanços obtidos no Estado na Rede Pública Estadual de Ensino e a importância de investir na Educação Pública de qualidade.
“O Brasil ainda tem gargalos do século passado, desigualdades profundas, que precisam ser trabalhadas, que precisam ser discutidas, que precisam ser, cada vez mais, enfrentadas. E eu não vejo outro caminho para enfrentar o momento que o Brasil vive, e o futuro do Brasil, que não seja investir de maneira intensiva na Educação das futuras gerações deste país”, discursou Paulo, nas presenças do presidente da República, Michel Temer, do ministro da Educação, Mendonça Filho, e de vários governadores.
O governador lembrou que as escolas de tempo integral existem há mais de 10 anos em Pernambuco. “Existiam oito, em 2006 e, ao longo do Governo Eduardo, elas saltaram para 300. E, agora, são 335 no meu governo. É um trabalho de médio e longo prazo que enseja não apenas cuidar da Escola em Tempo Integral, mas, também, cuidar das escolas regulares. Isso é fundamental. Buscar melhorar permanentemente e ver formas de motivar o aluno e motivar o professor”, afirmou Paulo Câmara em entrevista após a cerimônia no Planalto.
Sobre as mudanças que serão implantadas pelo Governo Federal, o governador Paulo Câmara acredita que seja uma forma de “conectar” o Ensino Médio a uma flexibilização que hoje o mundo exige. “Um mundo globalizado, conectado e com muita velocidade. Portanto, precisamos também que a Educação esteja antenada com essa realidade”.