PREFEITURA DE CARNAÍBA

Maciel Melo e Maciel Freitas fazem juntos uma das melhores aberturas de todos os tempos da Festa de Agosto em Jabitacá.

Na noite deste domingo (06), no pátio de eventos localizado ao lado da Igreja de Nossa Senhora da Conceição, deu-se inicio a tradicional FESTA DE AGOSTO DE JABITACÁ. O evento que tem o apoio do Governo Municipal de Iguaracy, iniciou-se com duas apresentações pra lá de especiais. A equipe de reportagem "Um Novo Tempo", formada pela repórter Michelle Amaral, com imagens de Sérgio Coelho, estiveram nos bastidores do grande show com Maciel Melo e Maciel Freitas e entrevistaram os dois artistas que fizeram grandes revelações. Assista no vídeo abaixo:
A primeira atração da noite ficou por conta do cantor iguaraciense MACIEL MELO, conhecido nacionalmente pelo forró de raízes sempre recheado de poesias e também pela participação com muito mérito na novela global Velho Chico.
A segunda atração, ficou por conta da prata da casa o cantor jabitacaense MACIEL FREITAS, apesar de não residir no distrito e fazer sucesso no sul do país, Maciel disse que para ele era um grande sonho poder se apresentar em sua terra natal, e isso só aconteceu graças ao apoio da nova gestão do prefeito Zeinha. Por falar no prefeito, o mesmo, na companhia da primeira dama Mary Delania, dos seus secretários e demais membros da equipe de governo, estiveram marcando presença e prestigiando o grande evento que vai ficar marcado na história de Jabitacá.
Veja algumas de nossas imagens:
O prefeito Zeinha participou da noite festiva ao lado dos conterrâneos de Jabitacá, e teve o prazer de receber o amigo e ex-prefeito de Iguaracy, Albérico Rocha e o Deputado Estadual Waldemar Borges, que prestigiaram o primeiro dia da Festa de Agosto do aconchegante e charmoso distrito.
Na saída do Recife para Iguaracy, Maciel Melo escreveu uma crônica falando sobre a sua vinda para a cidade de Iguaracy, seu berço, sua origem. O cantor relembrou com nostalgia um pouco do seu passado, veja abaixo:
Recife 06 de agosto de 2017
Maciel Melo
No útero da existência.
Quando a estrada é longa, eu desassossego na noite anterior, imaginando ter que acordar no romper da aurora pra rasgar o mundo e romper a linha do horizonte, rumo ao útero da minha existência. Pois bem, hoje, é um desses dias que viajo com o sorriso parecendo o teclado de uma sanfona, porquê estou indo cantar meu canto, no lugar onde quase tudo em mim foi a minha primeira vez. Iguaracy; lá, tenho que fazer sempre o melhor de mim. Lá, ganho sempre o melhor que guardei no coração da terra, a elegância. A primeira lágrima, o primeiro grito, o primeiro apito, o primeiro trem. Maria Fumaça, piuííí - piuííí... Corríamos todos descalços, camisas amarradas na cintura, chinelos enganchados nos pulsos, pra não apanhar se perdesse e, a algazarra irradiando no brilho dos olhos. A primeira dança, o primeiro beijo, a primeira transa, o primeiro sarro, o primeiro tudo, foi nos arredores desse tão singular canto, que eu amo tanto, que eu carrego tanto, que eu canto tanto e, que me deu a certeza do ser, do nascer e de está aqui. A primeira professora, Rosete; eu tinha uma paixão por ela. Foi com ela que aprendi o significado da palavra platônica. O primeiro porre, a primeira cana, a primeira aresta, o primeiro abraço, a primeira festa, o primeiro amor. Estou na estrada, parece até a primeira vez. O céu tá parecendo um espelho refletindo as larvas de um vulcão. Estou indo pra minha terra, vou cantar lá, bora gente? Lá tem carne assada na brasa, tem cuscuz, tem tapioca, tem xerém, tem mandioca e tem braços abertos pra abraçar, esperando de peito aberto, qualquer viajante que por ventura pegue um atalho e acabe esbarrando em seu terreiro, onde tem um placa dizendo: Seja bem vindo, aqui é a terra de Maciel Melo. Por isso eu digo: Se você for a Paris, não deixe de antes passar em Iguaracy.
PARA VER TODAS AS FOTOS DO EVENTO, CLICK AQUI! (aguarde)
Assessoria de Comunicação - Governo de Iguaracy/PE

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: