Mostrando postagens de Maio 11, 2017Mostrar tudo

O BICHO PEGOU: aprovados em concursos fraudados na Paraíba já começaram a fugir do estado

A demora dos trâmites judiciais já começa a facilitar a vida dos suspeitos aprovados em concursos públicos mediante fraude, que estão sendo procurados pela polícia. Nesta última quarta-feira (10), a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF-JP), que investiga a ação de uma quadrilha paraibana que fraudava concursos em todo Brasil, confirmou que dois clientes do bando já fugiram da Paraíba. Enquanto isso, a 4ª Vara Criminal retém 21 pedidos de prisão, feitos na terça-feira pelo delegado Lucas Sá e impede que a polícia prenda os envolvidos.
Segundo o delegado Lucas Sá, os pedidos de prisão são das pessoas que contrataram os serviços da quadrilha, para serem aprovadas em concursos de várias cidades de forma fraudulenta. No último final de semana foram presos os líderes e demais operadores da quadrilha, além de alguns concursados que compraram o resultado das provas. A estimativa é que o total de envolvidos passe de 500. “Não poderíamos ficar apenas na prisão da quadrilha, porque as pessoas que compraram a aprovação também cometeram crime e precisam ser punidas. Iremos deflagrar várias outras fases da operação, com abertura de vários outros inquéritos”, disse.
Além dos presos no final de semana, 21 falsários aprovados já foram identificados e o delegado pediu a 4ª Vara Criminal que decretasse a prisão dos suspeitos. No entanto, com a divulgação da Operação Gabarito e do esquema criminoso investigado, Lucas Sá temia que essas pessoas fugissem para não ser presos. Ontem, a suspeita começou a se confirmar. “Já temos a confirmação de que dois deles colocaram atestado médico, no emprego público em que estão e já fugiram para outros estados. Isso é muito ruim para a investigação. Eu pedi a decretação das prisões em caráter de urgência, justamente para evitar essas fugas, mas a juíza disse que talvez só analisasse os pedidos na próxima semana”, contou.
A reportagem tentou ouvir a juíza Lua Yamaoka Mariz Maia, que está respondendo pela 4ª Vara Criminal, mas não conseguiu contato até o fechamento desta edição.
O serviço criminoso era divulgado em cursinhos e através de redes sociais. Mediante o pagamento de valores que iam de R$ 50 mil a R$ 150 mil, o candidato receberia, no dia da prova, através de um moderno sistema de ponto eletrônico, as respostas da prova.
Para isso, a quadrilha contratava professores de várias disciplinas, que se inscreviam como candidatos, respondiam a prova em pouco tempo. (Via: Correio da Paraíba)

Comerciante de Serra Talhada é vítima do golpe da moeda

Comerciantes de Serra Talhada, no Sertão do Pajeú, estão sendo vítimas de uma nova modalidade de golpe em nossa região, o famoso “golpe da moeda”. Homens não identificados, usando nome de outros comerciantes conhecidos da cidade, estão ligando para alguns estabelecimentos comerciais e dizendo que estão com muitas moedas em caixa, perguntando se o estabelecimento não desejaria trocar as moedas por cédulas. Como o bandido usa o nome de um comerciante conhecido, de pronto o comerciante aceita a proposta e manda um emissário realizar a troca do numerário.
O “golpe da moeda”, foi utilizado nessa quarta-feira (10), em nossa cidade. Uma vítima procurou o o blog parceiro do Nayn Neto e falou que caiu no famigerado “golpe da moeda” e perdeu R$ 3.000,00. O golpe acontece principalmente em supermercados, mercadinhos e outros estabelecimentos que precisam de muitas moedas para facilitar o troco. Segundo a vítima, o bandido manteve contato com seu estabelecimento, um supermercado famoso da Capital do Xaxado, e usou o nome de um outro comerciante, dono de posto de um combustível local, afirmando que estava com muita moeda no caixa e, caso se interessasse, poderiam fazer a troca das moedas por cédulas, para isso, bastava enviar um motoboy para levar a grana e pediu o número do telefone do motoboy para manter contato com o mesmo, caso necessitasse. Foi enviado o funcionário e no caminho o bandido ligou para o mesmo e pediu que realizasse um depósito de R$ 3.000,00 em uma conta bancária e posteriormente fosse pegar o valor em moedas no posto de combustível (local previamente acertado), assim o funcionário procedeu, realizou o depósito, e para surpresa dele, o dono do posto de combustível não sabia de nada, o proprietário do supermercado havia acabado de cair no “golpe da moeda”.
O comerciante prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil de Serra Talhada, que ficará a cargo das investigações.
Fica a dica e o exemplo da experiência negativa vivida pelo dono do supermercado. Que isso sirva de alerta para os demais comerciante de Serra Talhada e região, caso apareça esse tipo de proposta, coisa corriqueira no comércio local, o melhor é retornar a ligação para o comerciante e perguntar se realmente existem essas moedas para serem trocadas, e se tiver que ele as transporte até o seu estabelecimento comercial e a troca seja feita pessoalmente, “in loco”, sem interferência de terceiros.
De Nayn Neto

Estudantes de Betânia são assaltados em Serra Talhada, no Sertão do Pajeú

Na noite desta última quarta-feira dia (10), alunos da cidade de Betânia, que estudam na Faculdade de Integração do Sertão na cidade de Serra Talhada, foram assaltados em frente ao Posto 111, na entrada da Capital do Xaxado.
Segundo informações repassadas ao Blog O Povo com a Notícia, as vítimas aguardavam o ônibus que os transportam no momento do crime. Quatro assaltantes levaram de oito estudantes, celulares, dinheiro e pertences. Logo após a ação criminosa, os gatunos se evadiram em direção a um beco que fica ao lado de um paredão que da acesso ao Bairro do Ipsep. Os alunos prestaram queixa na DP local, e a Polícia Civil investiga mais um caso de assalto a mão armada em Serra Talhada.

Campanha de Lula teve dinheiro pago em caixas de sapato, diz Mônica Moura

A mulher do marqueteiro João Santana, Mônica Moura, contou em seu acordo de delação premiada que recebeu cerca de R$ 5 milhões em espécie em caixas de sapato e de roupas em uma loja de chá do Shopping Iguatemi, em São Paulo. Os pagamentos, segundo ela, eram referentes aos serviços prestados por Santana à campanha de reeleição do ex-presidente Lula, em 2006, e se estenderam pelo ano eleitoral e também por 2007. O teor da delação foi tornado público nesta quinta (11) pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal).
As entregas, segundo a delatora, foram operacionalizadas pelo ex-ministro Antonio Palocci e feitas por Juscelino Dourado, ex-chefe de gabinete do petista. Mônica contou que os repasses ocorriam na casa de chá Tee Gschwendner, no Shopping Iguatemi e que viajava para São Paulo especialmente para pegar o montante.
"Dourado entregava sacolas com valores em dinheiro acondicionados em caixas de roupas, de sapatos, etc. Foram pagos desta maneira, de forma parcelada, cerca de R$ 5 milhões", diz o anexo que contém o relato de Mônica.
O dinheiro fazia parte dos cerca de R$ 10 milhões pagos por fora a Santana. Os outros R$ 5 milhões repassados de maneira ilícita, segundo Mônica, foram pagos pela Odebrecht na conta da offshore Shellbill também entre 2006 e 2007.
A mulher de Santana contou que, ao todo, foram pagos aproximadamente R$ 24 milhões ao casal, incluindo a parte que foi declarada. (Via: Folhapress)

SUJOU: PF investiga fraude e desvio de recursos em Itapetim e Brejinho

Estão sendo cumpridos 20 mandados de busca e apreensão!
Segundo a PF, empresas ‘fantasmas’ estão vencendo licitações para execução de obras públicas com verbas federais nas duas cidades do Sertão
Do JC Online
A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou, nesta quinta-feira (11), a Operação Couraça em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), para combater fraude a licitação e desvio de recursos públicos nas cidades de Itapetim e Brejinho, no Sertão do Estado. A associação criminosa investigada, que vem atuando desde 2013, já movimentou mais de R$ 40 milhões.
Segundo a PF, empresas ‘fantasmas’ compostas de ‘sócios-laranjas’ vêm se sagrando vencedoras em licitações para execução de obras públicas com verbas federais, especialmente nas áreas de saúde e educação.
Oitenta policiais federais e quatro servidores da CGU estão cumprindo 20 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 5.ª Região nos dois municípios, no Recife e em São Jose do Egito, no Sertão, em locais como escritórios, residência e prefeituras.
O inquérito policial foi instaurado em 2016 com base em notícia-crime formulada por um vereador de Itapetim e confirmada após diligências de policiais federais, que concluíram que a fraude também alcançava a cidade vizinha de Brejinho.
Nome da operação – O nome da operação tem referência à couraça em alusão a se fazer justiça para se chegar a verdade conforme está escrito na Bíblia “Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça” – Efésios 6:14).

Veredicto de Moro sobre Lula não deve demorar

Guerra das gravatas: Juiz responsável pela Operação Lava Jato e o ex-presidente inverteram as cores dos adereços para o depoimento desta quarta-feira em Curitiba
A ação penal sobre o tríplex do Guarujá tornou-se para Lula uma corrida contra o relógio. Está em jogo sua candidatura presidencial, que pode ser enterrada caso sofra uma condenação na segunda instância do Judiciário antes das convenções partidárias de julho de 2018, quando serão formalmente escolhidos os candidatos.
Vencida a fase do interrogatório de Lula, Sergio Moro deve proferir rapidamente um veredicto. Principal réu desta ação penal, Lula a última audiência do processo. A menos que decida realizar alguma diligência imprevista, o juiz da Lava Jato deve encerrar o que os advogados chamam de “fase de instrução, abrindo prazo para as manifestações finais da Procuradoria (cinco dias) e da defesa de Lula (mais cinco dias).
Moro costuma agir com a rapidez de um raio. Em março, ao julgar processo envolvendo Eduardo Cunha, o magistrado de Curitiba divulgou a sentença apenas 48 horas depois de receber as “alegações finais” dos advogados. A defesa do ex-presidente da Câmara acusou-o de falta de isenção. “É irracional querer acreditar que essa sentença não estava pronta”, disse na ocasião o advogado Ticiano Figueiredo.
A defesa de Lula receia assistir a um repeteco. Por isso tenta há tempos, sem sucesso, retirar das mãos de Moro os processos que envoivem o pajé do PT. Na hipótese de condenação, Lula terá de recorrer ao Tribunal Regional Federal (TRF-4). Ali, o prazo médio de deliberação é de cerca de um ano. Se confirmar uma eventual sentença condenatória, o tribunal converterá Lula em ficha-suja, impedindo-o de pedir votos.
Quer dizer: não são negligenciáveis as chances de a candidatura de Lula ser barrada pela Lei da Ficha Limpa antes de julho de 2018, o mês das convenções partidárias. (Via: Blog do Josias de Souza - Foto Veja)

Depoimento de Lula a Moro durou quase 5 horas

Do G1
Terminou após quase 5 horas o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro, responsável pelas ações da operação Lava Jato na primeira instância. O interrogatório começou às 14h18 e terminou por volta das 19h10. O petista foi ouvido como réu pela primeira vez no processo sobre o triplex no Guarujá (SP).
Com o interrogatório, o processo chega à sua reta final. A partir de agora, o Ministério Público Federal (MPF) e as defesas poderão pedir as últimas diligências. Caso isso não ocorra, o juiz determinará os prazos para que as partes apresentem as alegações finais. Em seguida, os autos voltam para Moro, que vai definir a sentença, podendo condenar ou absolver os réus. Não há prazo para que a sentença seja publicada.
Lula desembarcou no aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, por volta das 10h, em um avião particular que partiu de São Paulo. Em seguida, ele foi para um escritório de advocacia, no bairro Boa Vista. De lá, saiu em direção à sede da Justiça Federal, onde chegou às 13h45 – 15 minutos antes do horário previsto para o início da audiência. Ele deixou o prédio logo após o interrogatório.
Atos pró e contra Lula - Curitiba foi palco de manifestações contra e a favor do ex-presidente ao logo do dia. Por questões de segurança, os grupos foram separados. Os contrários a Lula fizeram um ato perto do Museu Oscar Niemeyer, no Centro Cívico, que terminou por volta das 19h. Os apoiadores do petista ficaram na Praça Santos Andrade, para onde Lula se dirigiu logo após o interrogatório. A ex-presidente Dilma Rousseff também está no ato. Chegaram a Curitiba 128 ônibus com manifestantes – cerca de 6 mil.
Um forte esquema de segurança foi montado no entorno da Justiça Federal, no bairro Ahú. Cerca de 1,7 mil policiais militares atuam na segurança de toda a cidade nesta quarta, segundo a Secretaria da Segurança Pública do Paraná. Ao todo, são cerca de 3 mil profissionais de segurança pública (das esferas municipal, estadual e federal).
A Justiça do Paraná proibiu acampamentos na cidade e também restringiu a circulação de carros e pedestres na região do prédio.

Ministro-corregedor do TSE dá risada ao ouvir que todo político usa caixa 2

Corregedor do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), órgão máximo da Justiça Eleitoral no país, o ministro Herman Benjamin participou nesta quarta-feira (10) de uma situação inusitada momentos antes de entrar em uma audiência pública para discutir a reforma política na Câmara dos Deputados.
Ao se dirigir à sala da sessão, o ministro ouviu do deputado Marcelo Castro (PMDB-PI), em tom de piada, uma história que o parlamentar diz ouvir sempre de uma correligionário seu no Estado. A de que só existe dois tipos de político no Brasil, o que usa caixa dois e o mentiroso. Ambos, Castro e Benjamin, riram muito quando o deputado concluiu a frase.
O caixa dois é o dinheiro usado por candidatos sem conhecimento da Justiça Eleitoral. No caso da delação da empreiteira Odebrecht, a prática é enquadrada pelo Ministério Público Federal, quando não envolve suspeita de atos mais graves, no artigo 350 do Código Eleitoral (falsidade ideológica eleitoral), com pena de até cinco anos de prisão.
Durante a sessão houve outras saias justas. Ela foi comandada pelo presidente da comissão da reforma política, Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), e pelo relator, Vicente Cândido (PT-SP), ambos alvos da Lava Jato sob suspeita de receber dinheiro da Odebrecht, via caixa dois, em troca de favores à empreiteira.
Herman classificou na audiência o financiamento empresarial - vetado pelo Supremo Tribunal Federal em 2015 como a "mãe do desastre que vivemos hoje".
Benajmin foi questionado sobre o que achava da tentativa do Congresso de anistiar o crime de caixa dois eleitoral. Ele não respondeu diretamente, afirmando que o caso está judicializado, mas afirmou esperar que o Legislativo tome, se for o caso, uma decisão "republicana e justa".
Relator da ação que pede a cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer, ele também foi questionado por deputados se considera que pode haver divisão de responsabilidades nesse caso, ou seja, se é possível excluir Temer de eventual punição, como quer hoje a defesa do atual presidente da República. Também sob o argumento de que não iria se pronunciar sobre assuntos judicializados, o ministro também não respondeu. (Via: Folhapress)

Estradas são castigadas pelas chuvas na região

por Anchieta Santos
Se por um lado as chuvas que caem nos municípios do Pajeú são um prenuncio de boa colheita em 2017, por outro os prejuízos surgem nas estradas da região.
Na PE 320, entre Afogados da Ingazeira e Tabira o asfalto já apresenta os primeiros buracos nas proximidades de Nova Brasília, Carnaúba e Santa Clara.
Entre São José do Egito e Brejinho na PE-263, a pista começa a ceder nas proximidades do Serrote Redondo.
Entre o Ambó e Itapetim parte da estrada foi destruída onde motoristas são obrigados a usar meia pista. Por último, parte da PE-263 no Distrito de São Vicente cuja estrada foi levada pela força da água do açude que arrombou.
O Governo do Estado foi comunicado. A Secretaria de Transportes prometeu tomar providências. O DER através do Diretor regional Luiz de Castro ficou de enviar as máquinas e até o momento as providências não aconteceram.
Foto: Wallisson Nunes

Boletim na íntegra das ocorrências registradas no dia 10 de Maio 2017.

 (FURTO A ESTABELECIMENTO COMERCIAL)
Município : Afogados da Ingazeira – PE.
Local : Miguel Arraes, Afogados da Ingazeira – PE.
Data/Hora : 100800MAI2017
Vítima : A C S, 34 anos, casado, comerciante.
Endereço : Centro, Afogados da Ingazeira – PE.
Resumo : O policiamento foi solicitado pela vítima, a qual informou que na noite anterior, indivíduos arrombaram seu estabelecimento comercial e furtaram os seguintes produtos: 01(um) micro-ondas, 01(um) ventilador de parede, 03 (três) refletores, 04(quatro) vaporizadores, 01(uma) mangueira, 01(uma) bolsa de couro com ferramentas, 01(uma) rede de varanda, 05(cinco) duchas elétricas, 01(um) teclado de computador, 02(duas) maquitas e 01(uma) furadeira. A guarnição realizou rondas, porém não conseguiu identificar nenhum suspeito. A ocorrência foi passada a DP local para as providências legais cabíveis.
__________________________________________________________________________________
(ACIDENTE COM LESÃO CORPORAL)
Município : Afogados da Ingazeira – PE.
Local : Zona rural, Afogados da Ingazeira – PE.
Data/Hora : 100500MAI2017.
Envolvido-1 : F J S O, 20 anos, autônomo.
Endereço : Parque Verde, Belém – PA.
Envolvido-2 : F A L, 29 anos, agricultor, estado civil não informado
Endereço : Zona rural de Afogados da Ingazeira – PE.
Envolvido-3 : A A S, 39 anos, casado, agricultor.
Endereço : Zona rural de Carnaíba – PE.
Resumo : A GT ordinária fez deslocamento até as imediações do Sítio oitis , na PE-320, onde havia ocorrido um acidente de trânsito. Segundo as testemunhas, o veículo que era conduzido pelo envolvido-1, uma Toyota/Etios, de cor cinza, ano 2016, placa QDQ-0284, trafegava sentido Tabira-Afogados, quando o veículo conduzido pelo envolvido-2, uma Mercedes Benz/L, de cor vermelha, ano 1981, placa KGF-6997, trafegava no sentido Afogados/Tabira, invadiu a faixa contrária, causando a colisão, fazendo o veículo do envolvido-1 derrapar na via e colidir com o veículo do envolvido-3, que conduzia a motocicleta Honda Bros NX/R150, vermelha, placa PEY-6111. O envolvido-3 aparentava ter sofrido fratura em uma das pernas. O veículo do envolvido-1 parou de forma transversal na via e o veículo do envolvido-2, que transportava animais, capotou. A ocorrência foi passada à disposição da DP local para as providências cabíveis mediante Boletim de ocorrência.
__________________________________________________________________________________
(VEÍCULO ROUBADO/RECUPERADO)
Município : Afogados da Ingazeira – PE.
Local : Zona rural de Afogados da Ingazeira – PE.
Data/Hora : 100900MAI2017.
Envolvido 01 : G F, 69 anos, casado, profissão não informada.
Endereço : Zona rural de Afogados da Ingazeira – PE.
Envolvido 02 : R P S, 45 anos, casado, pedreiro.
Endereço : Borges, Afogados da Ingazeira – PE.
Resumo : Após levantamento do NIS, foi constatado que no Sítio Gangorra encontrava-se um veículo corsa, de cor vermelha, placa NBP-2195, com restrição de roubo. O policiamento fez deslocamento até o local e constatou a veracidade do fato. Segundo o envolvido 01, o veículo foi adquirido através de uma troca com outro veículo do envolvido 02. Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados à DP de Afogados da Ingazeira para as providências legais.
__________________________________________________________________________________
(IRREGULARIDADE NAS CONDIÇÕES DE TRÁFEGO DO VEÍCULO)
Município : Tabira – PE.
Local : Bairro Fátima II, Tabira – PE.
Data/Hora : 101030MAI2017.
Imputado : J A S S, 21 anos, amasiado, ajudante de pedreiro.
Endereço : COHAB, Tabira – PE.
Resumo : Durante a Operação Fecha Batalhão, a GT local e a equipe da ROCAM realizaram abordagem no imputado que estava de posse da motocicleta Honda/CG 125 Titan, cor verde, ano 2001, placa KJC 2718, sendo verificado que a numeração do chassi do veículo estava adulterado e que não possuía os documentos de porte obrigatório do referido veículo, nem documento pessoal, apresentando apenas uma nota de leilão. Diante do fato o envolvido foi conduzido juntamente com o veículo a DP local para serem tomadas as medidas legais.
__________________________________________________________________________________
(VEÍCULO ROUBADO RECUPERADO)
Município : Tabira – PE.
Local : Bairro Fátima II, Tabira – PE.
Data/Hora : 101030MAI2017.
Imputado : E L S S, 47 anos, amasiado, profissão n/i.
Endereço : Bairro Fátima II, Tabira – PE.
Resumo : Durante a Operação Fecha Batalhão a GT local realizou abordagem no imputado que estava em atitude suspeita e de posse da motocicleta Honda/CG 125 Titan, cor vermelha, ano 1998/1999, placa MUV 5520, onde após consulta no sistema SINESP foi verificado que o veículo era roubado. Diante do fato, o envolvido foi conduzido juntamente com o veículo a DP local onde confirmou a veracidade do fato, e nesta foi entregue para serem tomadas as medidas julgadas cabíveis.
__________________________________________________________________________________
(TRÁFICO DE ENTORPECENTE)
Município : São José do Egito – PE.
Local : São Borja, São José do Egito – PE.
Data/Hora : 101100MAI2017.
Imputado-1 : P B S J, 19 anos, solteiro, desocupado.
Endereço : São Borja, São José do Egito – PE.
Menor Infrator 1: R L L A F, 16 anos, solteiro, desocupado.
Endereço : Centro, São José do Egito – PE.
Menor Infrator 2: R M L A, 14 anos, solteiro, estudante.
Endereço : Centro, São José do Egito – PE.
Resumo : A equipe da ROCAM juntamente com a GT local ao realizar rondas e abordagens no endereço citado, flagrou o imputado na porta da sua residência com um pacote plástico enrolado, entregando aos menores infratores 1 e 2. Ao avistar o policiamento, o imputado tentou se desfazer do pacote jogando-o nos pés dos menores infratores, momento em que o policiamento aproximou-se e realizou uma busca pessoal nos envolvidos, ficando assim, constatado que o imputado jogou oitenta gramas (80g) da substância Cannabis Sativa (maconha). Adianto que o imputado declarou não ser o proprietário da substância ilícita. Vale ressaltar que há várias denúncias de que na residência do imputado ocorre constantemente a comercialização de drogas ilícitas. Foi também apreendido com os menores uma motocicleta YAMAHA, de cor vermelha, ano 2005, placa KJO 9987-PE com a numeração do chassi adulterado, raspado sem possibilidade de identificação, uma cédula de R$20,00 (vinte reais), um celular Samsung nº de série 09644130953 utilizado pelo menor infrator 2 e um celular Samsung nº de série 0627120953. Diante dos fatos, os envolvidos e o material apreendido, foram encaminhados a DP local para serem adotadas as medidas cabíveis.
__________________________________________________________________________________
(LESÃO CORPORAL) / (VIOLÊNCIA DOMÉSTICA)
Município : São José do Egito – PE.
Local : São João, São José Egito – PE.
Data/Hora : 101600MAI2017.
Imputado : G M F, 39 anos, amasiado, desocupado.
Endereço : São João, São José Egito – PE.
Vítima : E P B, 25 anos, amasiada, dona de casa.
Endereço : São João, São José Egito – PE.
Resumo : A GT local foi informada pela vítima de que o imputado, que é o seu companheiro, havia agredido a mesma no último dia 07.05.17 e vinha mantendo-a sob ameaça de morte e em cárcere privado até a presente data, quando conseguiu fugir, aproveitando-se da ocasião em que o imputado saiu para consumir droga na caatinga. A vítima apresentava vários hematomas pelo corpo decorrente, segundo a própria, de pauladas dadas pelo imputado. O policiamento realizou diligências para localizar o agressor, porém, sem êxito. A ocorrência foi passada à disposição da DP local para serem tomadas as medidas pertinentes ao caso.
__________________________________________________________________________________
(IRREGULARIDADES NA DOCUMENTAÇÃO DO VEÍCULO)
Município : Tabira – PE.
Local : Bairro Jureminha, Tabira – PE.
Data/Hora : 101739MAI2017.
Imputado : M S M, 27 anos, divorciado, autônomo.
Endereço : Zona rural, Solidão – PE.
Resumo : Durante a Operação Carrossel de Fogo, a GT local foi solicitada pela Central da 2ª CPM que recebeu informações de que o veículo KIA/Soul EX 1.6, cor branca, ano 2011/2012, placa EUS 8564, tratava-se de veículo clonado e estava circulando naquela cidade. Ao realizar diligências, a GT localizou o veículo em posse do citado envolvido. O policiamento constatou que a numeração do motor não correspondia ao registrado na documentação. O envolvido informou que teria comprado o veículo a pessoa de "A de F", o qual não foi localizado. Diante do fato, o envolvido foi conduzido juntamente com o veículo a DP de Afogados da Ingazeira para serem tomadas as medidas legais.
__________________________________________________________________________________
(AMEAÇA); (VIAS DE FATO)
Município : Santa Terezinha - PE.
Local : Centro, Santa Terezinha – PE.
Data/Hora : 102010MAI2017
Menor Infrator: G S B A, 17 anos, solteiro, estudante.
Endereço : Centro, Santa Terezinha – PE.
Vítima : W S F, 16 anos, solteiro, estudante.
Endereço : Bairro Batistão, Santa Terezinha – PE.
Resumo : Durante rondas a GT local foi solicitada pelo corpo docente da Escola José Paulino de Siqueira os quais informaram que havia uma discussão entre alunos em frente a escola. Ao chegar ao local o policiamento constatou que a discussão já havia encerrado. A vítima informou que o menor infrator citado estava de posse de uma faca e que teria lhe ameaçado. Ao realizar diligências o policiamento localizou o citado menor e ao abordá-lo foi encontrado consigo uma arma branca tipo punhal de 05 polegadas, aproximadamente. Diante do fato, o menor infrator, acompanhado do seu genitor, foi encaminhado a DP local para as medidas julgadas cabíveis.
_________________________________________________________________________________
(PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO) / (EMBRIAGUEZ)
Município : Iguaracy – PE.
Local : Centro, Iguaracy – PE.
Data/Hora : 102020MAI2017.
Imputado-1 : C C L, 36 anos, amasiado, padeiro.
Endereço : Centro, Iguaracy – PE.
Imputado-2 : E B L, amasiado, idade e profissão não foram informados.
Endereço : Centro, Iguaracy – PE.
Resumo : A GT local foi solicitada para comparecer ao endereço citado, pois segundo o solicitante, estava havendo uma confusão entre casal. Chegando ao local verificou-se que os imputados estavam visivelmente embriagados e causando transtornos à vizinhança, devido os mesmos estarem com algazarras e quebrando os moveis da residência, perturbando sossego dos vizinhos. Diante dos fatos, os envolvidos foram encaminhados a DP local para as providências legais cabíveis.