PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Dona Suely: nossa homenagem a uma grande e inesquecível amiga...

Faleceu na manhã desta última sexta, 17 de novembro de 2017, a senhora Maria Suely Barbosa, muito religiosa e sempre a frente dos grupos e pastorais da paróquia de São Sebastião, Dona Suely era muito conhecida, dona de uma personalidade carismática e de uma voz serena e inconfundível, auxiliadora, amiga e muito querida por toda a comunidade iguaraciense.
Dona Suely é mãe da conhecida cantora Margareth Barbosa, filha única que cuidou de sua pessoa com muito amor e esmero, até Deus lhe recolher no auge dos seus 88 anos de idade.
Na Foto acima, Margareth com a grande amiga de sua mãe, a senhora Rosa Coelho, que não pode estar presente em sua despedida, por se encontrar em Natal-RN, onde passa por cuidados médicos. Rosa é mãe do blogueiro que escreveu esta humilde homenagem e que também gostava muito de D. Suely e por ela tinha grande apreço.
Dona Suely não era muito dada a fotografias, o registro acima foi feito por minha pessoa em setembro do ano de 2007, onde na ocasião foi celebrado na Igreja de São Sebastião em Iguaracy, os 40 anos de profissão do médico Orisvaldo Inácio que pousa na foto com D. Suely em companhia de sua esposa Giza Simões. Saudosas personalidades que também já não se fazem presentes em nosso meio.
Dona Suely residia na avenida José Bezerra Câmara, no centro de Iguaracy, sua partida deixou familiares e amigos muitos entristecidos, porém, graças a sua fé e bondade, certamente se encontra em um lugar de honra preparado pelo Pai Eterno para um merecido e inefável descanso.
Nossa solidariedade a família e profundo pesar pela sua ausência física inestimável.
João 14:1-3
“Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.”

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

10% das verbas do FEM para segurança nos municípios de Pernambuco agora será lei

O quadro de insegurança que está instaurado em todo o país prova que o atual formato de ação em segurança está defasado. Segurança pública é responsabilidade de todos. Executivo Municipal, Executivo Estadual, União, Poder Judiciário, Ministério Público e Sociedade Civil, precisam atuar em conjunto contra a criminalidade. É pautado nesse ponto de vista que foi apresentado na Assembleia Legislativa de Pernambuco o PL 1550/2017, que visa destinar 10% das verbas do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) para ações de segurança pública por parte dos municípios, tem como propósito o auxílio das Prefeituras ao estado na área de segurança.
Com o Projeto de Lei, os gestores municipais poderão aplicar parte de recursos do FEM em iluminação para as ruas, instalação de câmeras de monitoramento, aprimoramento da Guarda Municipal, etc. Quando foi apresentado na Amupe, os prefeitos se mostraram favoráveis. Havia uma dúvida sobre a possibilidade de a medida gerar despesas aos municípios, algo que desconstruímos. O PL não retira dinheiro, apenas define um investimento em Segurança Pública. Esta medida apenas vem para assegurar que os 184 municípios tenham uma coparticipação no combate ao crime.
Além dos munícipes, o PL conta com a aprovação do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua; do secretário de Planejamento, Márcio Stefanni, que é o coordenador do Pacto Pela Vida; e do governador Paulo Câmara. O seu objetivo é aprimorar a infraestrutura em segurança nas cidades. Os recursos garantem, por exemplo, a aquisição de viaturas, carros e motos para auxiliar o transporte escolar na zona rural, que tem sido alvo de assaltos, e intermunicipal, que é para estudantes universitários. O projeto deixa claro que não se pode adquirir arma de fogo.
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Governador envia à Alepe projeto de lei para interiorizar a Polícia Científica

O governador Paulo Câmara envia à Assembleia Legislativa de Pernambuco, nesta sexta-feira (17), Projeto de Lei que cria seis novas unidades descentralizadas da Polícia Científica – além das três já existentes no Recife, em Caruaru e Petrolina. A interiorização tornará possível levar os serviços de perícia criminal, medicina legal e identificação criminal e civil para mais perto da população da Zona da Mata, do Agreste e do Sertão.
Após aprovação da Casa Legislativa, a lei permitirá implantar Unidades Regionais de Polícia Científica distribuídas por todas as regiões do Estado. Elas terão sede nos municípios de Palmares e Nazaré da Mata, na Zona da Mata; Caruaru e Garanhuns, no Agreste; Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Ouricuri, Petrolina, e Salgueiro, no Sertão. Todas contarão com profissionais do Instituto de Medicina Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC) e Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB).
A partir da interiorização das atividades da Polícia Científica, o Estado busca também reforçar o combate ao crime. Com maior celeridade nas perícias criminais e médico-legais, os inquéritos policiais serão otimizados, contribuindo para a redução da impunidade, especialmente em casos de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) e Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs).
O efetivo que atuará nas novas unidades será oriundo do último concurso público da Polícia Científica de Pernambuco, realizado em 2016. Serão 139 peritos criminais, 40 médicos legistas, 130 auxiliares de peritos, 73 auxiliares de legistas e 51 peritos papiloscopistas. Todos já estão participando do Curso de Formação da Polícia Científica, com término previsto para janeiro de 2018. (Via: Blog Alberto Alves)

https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Treze municípios ganham reforço na segurança pública; Afogados ganhará Unidade da Polícia Científica

A segurança pública em 13 municípios pernambucanos vai receber reforço a partir de 2018. Nesta sexta-feira, o governador Paulo Câmara assinou, em solenidade no Palácio do Campo das Princesas, projetos de lei para a criação de novos batalhões da Polícia Militar, novas Delegacias de Combate ao Narcotráfico e interiorização da Polícia Científica. As medidas integram o Plano de Segurança e reforçam o compromisso do governo no combate à violência e ao crime organizado em Pernambuco. O reforço das políticas de segurança é anunciado dois dias após a divulgação, realizada pela Secretaria de Defesa Social (SDS), do aumento no número de homicídios em Pernambuco.
As delegacias contra narcotráfico têm inauguração prevista em fevereiro de 2018 em nove municípios: Cabo de Santo Agostinho, Goiana, Vitória, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Serra Talhada, Ouricuri e Petrolina. “O aumento da violência tem relação direta com o aumento do tráfico de drogas”, aponta o governador. “Precisamos ter um olhar de proteção às nossas fronteiras. As drogas têm entrado facilmente em todo o estado. Essa combate vai de encontro às diretrizes do Pacto pela Vida”, complementa. Cada delegacia de Pernambuco deverá contar com pelo menos um delegado, dois agentes e um escrivão.
Nazaré da Mata, Palmares, Caruaru, Garanhuns, Salgueiro, Petrolina, Arcoverde, Ouricuri e Afogados da Ingazeira serão os municípios contemplados com as novas Unidades de Polícia Científica. Segundo Pádua, “é necessário que haja condições de termos Institutos de Medicina Legal (IML) em todas as cidades para que possam efetivamente atender as vítimas de violência sem precisar enfrentar um grande deslocamento”.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Há 40 anos, sanfoneiro contou que Lampião fez cidade dançar pelada

Folha de São Paulo
Lampião, o rei do cangaço está vivo e cego de um olho. Tem 86 anos e mora escondido em uma fazenda no interior de Minas Gerais. Quem garante é Zé Paraíba, famoso tocador de sanfona conhecido em todo o sertão paraibano e de Alagoas e amigo do cantor Waldick Soriano (1933-2008).
Zé Paraíba, nome artístico de José Salete, diz que nasceu no dia 7 de agosto de 1932 e que foi sanfoneiro de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião. Foi o próprio sanfoneiro quem contou a sua história, publicada no jornal “Notícias Populares” em 17 de novembro de 1977.
Lampião e seu bando costumavam se hospedar em fazendas durante suas viagens pelo sertão. O pai de Zé Paraíba, José Leite, era proprietário da fazenda Lage Vermelha, no alto sertão da Paraíba.
Lá o grupo de Lampião se hospedava frequentemente. “Meu pai, José Leite, tocava oito baixos (sanfona) na fazenda Lage Vermelha, e eu segui o seu caminho. Foi nela que o velho conheceu Lampião. O Virgulino costumava passar na fazenda do meu pai, que era uma das mais conhecidas do sertão paraibano e ali se ‘arranchava’, pedia pousada constantemente.”
“Com o tempo foi nascendo uma amizade entre meu pai e o rei do cangaço.” Zé Paraíba continua sua narrativa, contando a experiência de ter vivido com Lampião e seu lendário bando. Maria Bonita, Corisco, Dadá, Pilão, Gavião, Volta Seca. O bando todo se arranchava na fazenda.
Aos nove anos, o músico estava tocando uma pequena sanfona na fazenda Belo Jardim, vizinha da de seu pai. Foi quando ele viu a tropa de Lampião se aproximar.
“Os cabras gostaram das músicas de forró que eu tocava e me raptaram. No começo do rapto eles me maltrataram um pouco porque não sabiam que eu era filho de José Leite. Depois que Lampião ficou sabendo quem eu era ele recomendou aos cabras que não me maltratassem e mandou avisar o meu pai na fazenda”, disse Zé Paraíba.
Depois que Lampião soube quem era o menino as coisas começaram a melhorar. O sanfoneiro ficou mais tranquilo e passou a tocar músicas para Maria Bonita. Os homens do bando pediam a música da mulher de Lampião. Então ele tocava “Mulher Rendeira”. Todos gostavam e dançavam.
Zé Paraíba revelou porque o rei do cangaço se tornara um bandido e um contraventor das leis e da justiça: “O Lampião me falou que nunca teve ideia de sair por aí ‘cangaceando’ e fazendo mal para os outros até que viu o pai dele morrendo com 37 facadas. Ele ficou louco durante três dias e depois partiu para a vida do cangaço. Mesmo assim ele não atacava os coitados, ele só atacava quem não gostava dele”.
O músico se lembra de um episódio que aconteceu num povoado do sertão baiano chamado Queimados. O bando estava arranchado em uma fazenda próxima. Lampião mandou avisar que entraria na cidade às oito horas do dia seguinte e que era para os macacos (policiais) se prepararem.
Quando ele chegou à cidade só havia seis soldados. Então a tropa tomou conta do lugar e Lampião ordenou ao povo que dançasse nu na praça. Todo mundo tirou a roupa e dançou pelado na praça. O bando todo ficava olhando e com arma apontada. Quem desrespeitasse a moça que era seu par corria o risco de ser castrado. Zé Paraíba tocou forró para o povo dançar pelado durante três horas. Depois disso Lampião mandou todo mundo se vestir e ir para casa.
Homens mais próximos de Lampião, José Leite e seu compadre, estiveram com o rei do cangaço no começo de 1977 e disseram que ele estava vivendo em uma fazenda no interior de Minas Gerais e com o nome trocado.
“Aquele negócio das cabeças que andaram mostrando por aí eu não acredito porque meu pai e seu compadre foram ver e disseram que não era a dele”, disse Zé Paraíba. O sanfoneiro não concorda com o que muitos dizem que Lampião fosse um homem mal.
“Eu discordo de muita coisa que se diz por aí. Ele não era um cabra sanguinário. Antes de atacar uma fazenda, ele mandava alguém para sondar se o fazendeiro gostava ou não dele. Se o fazendeiro falasse que não gostava, aí ele atacava. Senão ele ficava ali mesmo e não agredia ninguém.”
“Ele tinha o coração bom e me salvou da morte. Logo que me raptaram, Volta Seca e mais alguns queriam me jogar pro alto e me aparar na ponta de um punhal porque eu não sabia tocar uma música. Aí chegaram ele e Maria Bonita e não deixaram”.
Zé Paraíba ficou com o bando durante seis meses. Ele se lembra do que Lampião disse ao lhe devolver para seu pai: “Zé Leite, vou lhe entregar seu filho, mas é com muita saudade que eu faço isso porque ele toca muito bem e faz tudo o que a gente pede.”
O sanfoneiro afirma que este foi seu primeiro contato com a vida musical no cangaço, o que fez dele o famoso tocador de forró, com discos vendidos em todo o Nordeste.
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Boletim na íntegra das ocorrências registradas no dia 18 de Novembro 2017.

(MENOR CONDUZINDO VEÍCULO)
Município : Afogados da Ingazeira – PE
Local : Centro, Afogados da Ingazeira – PE
Data/Hora : 180940NOV2017
Condutor : M V S L, 15 anos, solteiro, profissão não informada
Endereço : São Cristóvão, Afogados da Ingazeira – PE
Resumo : A equipe da ROCAM ao realizar Blitz/Bloqueio no endereço citado, flagrou o adolescente conduzindo a motocicleta Shineray/xy, cor preta, ano 2010 e placa PCA 0761 com irregularidade na documentação, bem como, por ser menor de idade, o condutor não possui CNH. Diante dos fatos, a motocicleta foi recolhida a 24ª CIRETRAN mediante A.R.V.C. e o menor conduzido à DP local para adoção das devidas providências.
-----------------------------------------------------------------------
(VIAS DE FATO) / (LESÃO CORPORAL)
Município : Santa Terezinha – PE
Local : Centro, Santa Terezinha – PE
Data/Hora : 181100NOV2017
Imputada 1 : G S, 29 anos, solteira, agricultora
Endereço : Centro, Santa Terezinha – PE
Imputada 2 : L M S O, 22 anos, amasiada, agricultora
Endereço : zona rural, Santa Terezinha – PE
Resumo : A GT local foi solicitada por populares via ligação telefônica, informando que as imputadas 01 e 02 entraram em vias de fato na residência da envolvida 01. O policiamento dirigiu-se ao local e constatou a veracidade da informação sendo que, a imputada 01 encontrava-se lesionada na cocha e na costela com perfurações em ambas as regiões do corpo, causadas por golpes de punhal usado pela confessa imputada 02. O desentendimento foi causado por uma dívida contraída pela imputada 02 com a imputada 01. Diante dos fatos a ocorrência foi passada para a Delegacia de plantão em Afogados da Ingazeira-PE.
-----------------------------------------------------------------------
(AMEAÇA) / (PORTE ILEGAL DE ENTORPECENTE)
Município : São José do Egito – PE
Local : Vila da COHAB, São José do Egito – PE
Data/Hora : 181600NOV2017
Imputado : S R S B, 23 anos, amasiado, desocupado
Endereço : Vila da COHAB, São José do Egito – PE
Vítima : J A S F, 66 anos, viúvo, agricultor
Endereço : Vila da COHAB, São José do Egito – PE
Resumo : A GT Ordinária foi solicitada pela vítima, a qual informou ter sido ameaçado pelo imputado com uma faca e com uma espingarda de chumbinho. A vítima afirmou ainda que o imputado vive constantemente com os bolsos cheios de maconha e que o mesmo não trabalha e esconde as drogas dentro de um matagal. Os policiais militares da 3ª CPM foram até a residência do imputado e ao ser realizada uma busca pessoal no mesmo foi encontrado no bolso do seu short 01 papelote de maconha prensada, 01 tablete de maconha prensada de 4 cm quadrado, 01 cigarro pronto para consumo, R$ 180,00 (cento e oitenta reais) em espécie, 01 espingarda de pressão (marca/modelo CBC 5.5 B12-5). O policiamento já havia recebido várias denúncias que na casa do imputado era praticado tráfico de drogas e que o mesmo já tem passagem por tráfico de entorpecente. A ocorrência foi passada à disposição da DP local para adoção das medias cabíveis. 
Veja mais em "continuar lendo" abaixo🔽

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

DEVOCIONAL DO DIA - PARA LER, MEDITAR E ORAR... UM DOMINGO ABENÇOADO PARA TODOS!

"Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te." Apocalipse 3:19

Pensamento: Quando passamos por aflições, temos a tendência de logo achar que, ou é o diabo que está nos afligindo ou é decorrente de alguma coisa errada que fizemos. Nunca pensamos que a tribulação pode estar vindo de Deus. Contudo, Deus tem preparado sua Noiva para as bodas e para isso nós, noiva de Cristo, precisamos ter nosso caráter provado, refinado no fogo. Por isso, Deus, muitas vezes, nos coloca sob aflições, para que, após termos sido aprovados, purificados no fogo, sejamos para honra e louvor da Sua glória. Sendo, verdadeiramente, manifestadores de Jesus. Tendo o caráter de Cristo neste mundo tão perverso. Que possamos sair aprovados das provações que Deus nos dá.

Oração: Pai, Te agradeço porque o teu amor é a causa de não sermos consumidos. Por causa do Teu amor, somos renovados dia após dia, somos feitos pessoas melhores a cada dia. Pai, molda-me conforme o teu caráter. Quero ser como o Senhor: Paciente, alegre, compreensivo, amável, bondoso, fiel, manso...quero ter teus atributos, Pai. Portanto, me ajude a passar pelas provações que o Senhor coloca diante de mim e me ajude a aprender o que o Senhor está querendo me ensinar. Que o Senhor se agrade de mim. No poderoso nome do Senhor Jesus eu oro e agradeço por tudo. Amém...
A Paz de Deus seja com todos...
Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...