PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Guerra matou mais de mil crianças na Síria em 2018

Segundo a Unicef, uma morte infantil ocorreu a cada hora no país desde que o ano começou
Homem resgata uma criança ferida após ataque aéreo das forças do governo sírio no reduto rebelde de Hamouria, na região sitiada de Ghouta Oriental nos arredores da capital, Damasco - 21/02/2018 (Abdulmonam Eassa/AFP)
Fumaça sobe dos edifícios após o bombardeio na aldeia de Mesraba, na região de Ghouta ocupada por rebeldes e sitiada nos subúrbios da capital Damasco - 19/02/2018 (Hamza Al-Ajweh/AFP)
A guerra na Síria já deixou mais de 1.000 crianças mortas ou gravemente feridas desde que 2018 começou, afirmou um porta-voz do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira, em Genebra, na Suíça. A estimativa é que uma criança morra a cada hora no país.
O diretor regional do Unicef para o Oriente Médio e o Norte da África, Geert Cappelaere, fez um apelo para os países acatarem a resolução tomada pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) no último sábado, que defendeu uma pausa humanitária de pelo menos 30 dias no país.
“Muitas mães e pais na Síria imediatamente pensaram que isso representaria a sobrevivência para seus filhos, pensando que suas crianças gravemente desnutridas e aqueles que precisavam de assistência médica urgente poderiam obter exatamente isso: tratamento e ajuda, um direito muito básico”, disse. “Mas, com o passar dos dias, essas esperanças se transformaram em ilusões, as janelas se fecharam abruptamente em nossos rostos. Porque, para crianças na Síria, nada mudou.”
Ele afirma que a violência continua em várias partes do país, o que faz da Síria um dos lugares mais perigosos para uma criança viver no mundo e obriga as equipes de ajuda humanitária a trabalhar “contra o relógio”. “Nós já estamos prontos com suprimentos capazes de salvar vidas, incluindo remédios, suplementos alimentares para crianças desnutridas, kits pediátricos e para fazer partos, roupas de inverno para crianças, kits de higiene e outros itens básicos”, afirma o representante.
“Esses suprimentos deveriam ser usados em Afrin, Idlib, Ghouta Oriental, Dera’a e outras áreas de difícil alcance – algumas das quais não conseguimos acessar há meses. São nesses lugares que vivem quase dois milhões de crianças.” Cappelaere estima que, ao todo, 5,3 milhões de crianças precisem de assistência humanitária na Síria.
“A Unicef chama – uma vez mais – aqueles que lutam dentro da Síria e aqueles que têm influência sobre eles para abaixar os braços e parar a guerra contra as crianças”, pede o diretor.
Na segunda-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou a instauração de uma trégua humanitária de cinco horas por dia em Ghouta Oriental, reduto dos rebeldes que são alvo de uma intensa ofensiva na Síria. O cessar-fogo iniciou na terça-feira e tem validade entre 9 horas e 14 horas [horário local], todos dias, durante 30 dias. Ainda assim, novos ataques durante o período estipulado têm ameaçado o acordo. (Veja)
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Jornal Nacional faz reportagem sobre a volta das chuvas ao Sertão nordestino

Nesse sábado (03), foi ao ar durante o Jornal Nacional uma reportagem sobre a volta das chuvas ao Sertão nordestino após seis longos anos de estiagem.
A repórter Beatriz Castro, esteve na região de Seridó da Paraíba, onde conversou com agricultores que comemoram a volta das chuvas e correm pra plantar.
A repórter também esteve em Afogados da Ingazeira, onde contou a história de seu Reginaldo, que aprendeu a usar as tecnologias para armazenar a água, o que lhe permitiu passar por esse período de estiagem sem grandes sofrimentos.
A reportagem conversou também com Afonso Cavalcanti, coordenador da ONG Diaconia, que falou sobre a importância do agricultor investir nas tecnologias sustentáveis de convivência com o semiárido, para captar e armazenar água e com a agricultora Nelci Martins, que falou sobre a persistência e o espírito guerreiro do sertanejo. Leia abaixo a reportagem na íntegra, ou se preferir assista ao vídeo:
Moradores do sertão nordestino comemoram a volta da chuva depois de seis anos seguidos de seca – a maior estiagem da história na região.
Céu cinzento, carregado de nuvens na região de Seridó da Paraíba. É prenúncio de chuva. Para quem vive no sertão, não tem imagem mais bonita nem dia mais esperado.
“A gente fica muito feliz porque a gente vê aquelas nuvens que vem tudo escura, a gente já fica com aquela alegria, com aquele brilho nos olhos, porque a gente já está vendo a chuva chegar, cair aqui na nossa terra, na nossa comunidade e é o que a gente espera e vê. São essas nuvens lindas que Deus manda pra gente em água”, afirma a agricultora Francisca Oliveira.
E quando a chuva cai, a natureza responde depressa. O verde tinge a paisagem. Folhas começam a brotar nos galhos secos. Rios que tinham evaporado voltam a correr. Açudes acumulam água. E, como por encanto, o cenário se enche de vida.
O sertanejo corre para aproveitar a terra molhada.
“Choveu, plantou”.
No campo, o barulho das ferramentas e do carro de boi mostram que a jornada dos sertanejos é acelerada.
É o primeiro ano em que os bois Garoto e Bem Feito puxam o arado comandados pelo seu Aloísio.
“A gente quando tem um boi desse jeito é bom demais. Ajuda muito. É porque tem um momento que a gente se emociona”, diz chorando Aloísio Braz de Souza.
A longa convivência com a seca não trouxe só sofrimento não. A experiência produziu conhecimento, sabedoria. E os sertanejos aprenderam que é preciso se preparar para os tempos mais difíceis de escassez. E é justamente no período chuvoso, de fartura, que eles têm que entrar em ação para assegurar o futuro.
Seu Reginaldo aprendeu a usar as tecnologias para armazenar e fazer a água render. O sítio dele, em Afogados da Ingazeira, no sertão de Pernambuco, parece um oásis com toda aridez ao redor. Mesmo na seca mais severa, não faltou comida para os animais.
Ele soube aproveitar a natureza para guardar água em quatro tanques de pedra. Também construiu uma cisterna para casa e outra para o plantio e perfurou um cacimbão, uma espécie de cisterna profunda que não deixou faltar água para seis famílias vizinhas.
E com o sítio produzindo, Reginaldo não precisou mais ir para São Paulo trabalhar como pedreiro e zelador.
“Ir embora para São Paulo nunca mais. Graças a Deus, não. Posso sonhar um dia ir a passeio. O sertão com chuva e verde é rico, é rico, graças a Deus só tem alegria. Quando você vê a natureza e esses tanques de pedra tudo cheio, cisternas e tudo, nós só tem a agradecer”, diz Reginaldo Batista da Silva.
“Para aquele agricultor que se preparou, que investiu nas tecnologias sustentáveis de convivência com o semiárido, esses ficam mais felizes ainda porque veem essas tecnologias captando água, armazenando água no solo, as plantas se reproduzindo, produzindo forragem para os animais então, principalmente para essas famílias, as chuvas são o resultado bem melhor do que para as outras que não se prepararam”, afirma Afonso Cavalcanti, coordenador da ONG Diaconia.
Quando chove, a esperança renasce para todos e o sertão se transforma no paraíso para a toda essa gente persistente.
“A gente não desiste não. Se morre um pé, a gente planta dois, três, porque a gente quer ter uma qualidade de vida. A gente não tem emprego. O emprego daqui é a gente cuidar dos animais, das plantações, plantar milho e feijão, e assim a gente vai vivendo”, diz a agricultora Nelci Martins.
g1.globo.com/jornal-nacional/ via Nill Júnior
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Chuva na região Nordeste permitirá a produção de 4 milhões de toneladas de grãos

Paraíba e Pernambuco ainda estão com cerca da metade de seus territórios em situação de seca excepcional
Imagem relacionada
Da Agência Brasil
A mancha vermelho-escura que tomava boa parte do mapa do Nordeste do Monitor de Secas em janeiro de 2017 reduziu de forma significativa em janeiro deste ano, resultado das primeiras chuvas da pré-estação e da estação chuvosa nos estados da região. A mudança do cenário ocorre após, pelo menos, seis anos consecutivos de estiagem no Nordeste. Paraíba e Pernambuco ainda estão com cerca da metade de seus territórios em situação de seca excepcional. As partes leste da Bahia, Alagoas e Sergipe já possuem áreas sem seca relativa.
O Piauí foi um dos estados em que a mancha de seca excepcional mais reduziu, embora permaneça com áreas com seca grave e extrema. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Rural do estado, essa situação atingiu 80% do território do estado, hoje está em 15%. O titular da secretaria de Desenvolvimento Rural do estado, Francisco Limma, explica que essa redução vem das primeiras chuvas no Centro Sul do Piauí, que começaram por volta de outubro, e na parte central, onde chove a partir de dezembro.
Essas precipitações, mesmo ocorrendo abaixo ou na média histórica, já resultaram na recarga em importantes açudes, como o Bocaina e o Piaus, localizados na região mais seca do estado, que estão com pouco mais de 17% de suas capacidades. No total, os reservatórios do Piauí já acumulam 54% do volume total.
O impacto dessas chuvas, segundo Limma, é a perspectiva de novo recorde de safra, cuja região conhecida como Matopiba (referência às divisas entre Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, considerada a nova fronteira agrícola do Brasil) tem importante impacto. A previsão para 2018 é atingir 4 milhões de toneladas de grãos. Em 2016, um dos anos de seca, a colheita ficou em apenas 1,5 milhão de toneladas.
“Com o restabelecimento da normalidade da chuva e a redução da mancha da seca, estamos animados e certamente teremos um novo recorde na produção agropecuária. Somos o terceiro maior produtor de grãos do Nordeste e o estado em que o PIB mais cresceu. Com a regularização das chuvas, teremos um incremento na safra,” disse.
Para o supervisor da unidade de Tempo e Clima da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), Raul Fritz, a diferença entre os mapas do Monitor de Secas é decorrente de chuvas em torno das médias históricas em 2017 em alguns estados do Nordeste, a exemplo do Ceará.
Em 2018, mesmo não apresentando precipitações significativas, o mês de janeiro trouxe certo alívio para a condição de seca extrema e excepcional sobretudo no norte e na parte leste do Nordeste, mas esse cenário permanece na parte central da região.
Segundo Fritz, a mudança mais perceptível na condição de seca na região será notada no mapa de fevereiro, que deverá refletir a boa posição da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), o principal sistema meteorológico dos regimes de chuvas do Nordeste.
“Esperamos uma recuperação mesmo agora em 2018. A Zona de Convergência Intertropical mostra condição favorável para isso. Se não houver uma reversão, é possível que tenhamos uma inversão dessa situação tão feia e grave,” explicou.
Fritz ressalta que a diminuição da área de seca excepcional ainda não alivia a crise hídrica na região. Segundo ele, a recarga dos reservatórios estaria condicionada a chuvas acima da média histórica durante todo o período chuvoso de 2018. Embora fevereiro tenha sido assim, ainda não é possível prever que essa tendência pode repetir ao longo do restante do período chuvoso.
https://www.facebook.com/BlogTvWebSertao/#

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Ocorrências registradas neste sábado, dia 03 de Março de 2018. Duas em Iguaracy.

(APREENSÃO DE ENTORPECENTE)
Município : Iguaracy-PE.
Local : Cohab Nova, Próximo a Quadra Poliesportiva, Iguaracy-PE.
Data/Hora : 030900MAR2018.
Resumo : A GT ordinária foi solicitada por populares, informando que no endereço supracitado havia pessoas consumindo bebida alcoólica e drogas. O policiamento realizou diligências e encontrou uma porção de Cannabis Sativa (maconha), pesando 1g; no entanto nenhum suspeito foi localizado. O entorpecente foi entregue na delegacia de Afogados da Ingazeira para as providências cabíveis.
---------------------------------------------------------------
(VEÍCULO ROUBADO/FURTADO RECUPERADO) / (RECEPTAÇÃO)
Município : Iguaracy-PE
Local : Zona rural, Iguaracy-PE
Data/Hora : 031500MAR2018
Imputado 1 : I C V, 29 anos, amasiado, agricultor
Endereço : Zona Rural, Tuparetama-PE
Envolvida : M R S L, 44 anos, casada, agricultora
Endereço : Zona Rural - Iguaracy-PE
Resumo : Após levantamentos, as equipes dos “Malhas da Lei”, NIS-I e GT de Iguaracy diligenciaram no intuito de localizar o imputado, pois o mesmo era suspeito de estar de posse de uma motocicleta com restrição de roubo. Ao se aproximar da residência do imputado, o mesmo percebeu a presença do policiamento em direção à sua casa, que estando de posse da moto suspeita de roubo, escondeu o veículo e foi de encontro às equipes de PMs. Ao se deparar com o suspeito, foi realizada a abordagem no mesmo, que nada de ilícito foi encontrado, que ao indagá-lo a respeito da motocicleta, informou ter "vendido na feira de Monteiro-PB a um desconhecido". Mediante algumas informações preliminares, notou-se que o imputado estaria faltando com a verdade, tendo o mesmo, posterior e espontaneamente, confessado ter de fato escondido a moto. Em ato contínuo realizou-se o deslocamento e a apreensão do veículo supra, o qual se encontrava escondido na propriedade da envolvida, que confirmou que o acusado ao perceber a presença de policiais nas mediações da localidade pediu para "guardar" a moto em sua residência. Ao abordar a moto ora apreendida, uma Honda/ CG 150 Titan, cor preta, constatou-se que a mesma estava sem placa e com a numeração do chassi adulterada, raspada e ilegível, porém, a numeração do motor encontrava-se intacta. Foi realizada uma consulta via sistema Inforseg pelos números do motor, constatando, então, que o veículo em tela possui uma restrição de roubo/furto, como também, foi possível identificar as características originais da moto, sendo uma Honda/ CG 150 Titan, cor azul, ano 2005, placa KJP-1387(Escada-PE). Ainda mediante a referida consulta, constatou-se que o veículo supra foi roubado no dia 19/02/2014 na cidade de Agrestina-PE. Segundo o acusado, ele adquiriu a moto pelo valor R$1.000,00 junto a pessoa de Valdemar, seu "concunhado", que reside no Sítio Ponta da Serra - zona rural - São José do Egito-PE. A ocorrência foi passada a disposição do plantão da Polícia Civil para adoção das medidas julgadas cabíveis.
---------------------------------------------------------------
(ACIDENTE DE TRÂNSITO COM LESÃO CORPORAL)
Município : Afogados da Ingazeira-PE.
Local : Bairro Pe. Pedro Pereira, Afogados da Ingazeira-PE.
Data/Hora : 030420MAR2018.
Vítima : E. de A. B., 21 anos.
Endereço : Não informado.
Resumo : A GT ordinária foi acionada pela Central de Operações para averiguar um acidente de trânsito. Chegando ao local a vítima se encontrava desacordada estava sendo socorrida pelos bombeiros. Segundo populares, a vítima conduzia uma motocicleta Honda CG Titan, azul, ano 2003, placa-3413 quando perdeu o controle do veículo e caiu, sofrendo algumas escoriações. Diante do fato, a ocorrência foi registrada na delegacia local e a referida moto foi passada a disposição daquele departamento policial para as devidas providências.
---------------------------------------------------------------
(TENTATIVA DE ARROMBAMENTO A CAIXA ELETRÔNICO/DANO)
Município : Quixaba-PE.
Local : Centro, Quixaba-PE.
Data/Hora : 030830MAR2018.
Vítima : Banco Bradesco S/A.
Resumo : A GT ordinária foi acionada pela Central de Operações para fazer deslocamento ao endereço citado a fim de averiguar uma tentativa de arrombamento ao caixa eletrônico do Banco Bradesco. Chegando ao local o policiamento encontrou o caixa eletrônico danificado e um artefato de fabricação caseira no chão, podendo verificar que o objeto falhou, não ocasionando a explosão, sendo constatado também que nenhum numerário havia sido levado, pois não conseguiram ter acesso ao cofre do caixa. O local foi isolado até a chegada de uma equipe do IC (Instituto de Criminalística) e da gerente da referida instituição financeira. Após os procedimentos legais a ocorrência foi passada a disposição do delegado de plantão da Polícia Civil.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

DEVOCIONAL DO DIA PARA SUA EDIFICAÇÃO ESPIRITUAL - UM DOMINGO ABENÇOADO E UM ÓTIMO DIA DE DESCANSO PARA TODOS


"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele." Provérbios 22:6

Reflexão: Crianças não precisam ser treinadas; precisam ser guiadas. A vida não é só sobre lições intelectuais e informação. É sobre integrar a verdade no tecido das nossas vidas diárias. Deus nos chama a colocar os nossos filhos e seu treinamento para o topo da lista das nossas prioridades porque nossos filhos são eternos, enquanto a maioria das coisas nas quais investimos o nosso tempo são temporárias.

Oração: Grande e Santo Conselheiro, me ajuda enquanto procuro saber o que é melhor fazer com meus filhos para compartilhar seu amor e sua verdade com eles. Quero que eles Te conheçam e Te amem mais do que a mim. Me dá a sabedoria e a coragem de fazer decisões sábias e que tenho o carinho necessário para implementá-las na vida da minha família. No poderoso nome do Senhor Jesus eu oro e agradeço por tudo. AMÉM!

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...