PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

530 PUBLICAÇÕES em 12 MESES de parceria ente Prefeitura de Iguaracy e Blog Tv Web Sertão. Confira os links das matérias:

 
A parceria entre o Governo Municipal de Iguaracy com o Blog Tv Web Sertão, celebraram neste mês de maio de 2018, um ano de divulgações governamentais e prestação de contas de suas atividades para com a população iguaraciense.
Em 12 meses (10 de maio de 2017 a 10 de maio de 2018) foram registradas 530 PUBLICAÇÕES. Finalizando o mês, em 31 de maio, com 561 PUBLICAÇÕES contabilizadas.
É importante ressaltar, que pela impossibilidade de acompanharmos o ritmo acelerado da gestão, inúmeras outras ações foram realizadas sem divulgação, porém, as que aqui foram destacadas, mostra que a gestão UM NOVO TEMPO, UMA NOVA HISTÓRIA, tem procurado cumprir incansavelmente o compromisso que fez com a população do município de Iguaracy.
CLICK AQUI E VEJA TODAS AS PUBLICAÇÕES DO GOVERNO QUE FORAM LANÇADAS NO BLOG:

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

87% dos brasileiros apoiam a paralisação, mas não querem pagar a conta!

O brasileiro apoia maciçamente a paralisação dos caminhoneiros e defende sua continuidade, apesar de não estar disposto a pagar a conta que o governo federal aceitou receber dos manifestantes para tentar encerrá-la.
A conclusão é de pesquisa telefônica feita pelo Datafolha com 1.500 pessoas na terça (29). A margem de erro do levantamento é de três pontos para mais ou para menos.
Aprovam o movimento, que chega a esta quarta (30) ao décimo dia arrefecido mas ainda com bloqueios de estradas, 87% dos entrevistados. São contrários 10%, enquanto 2% se dizem indiferentes e 1% não souberam opinar.
Já 56% dos entrevistados acham que a paralisação deve seguir, contra 42% que são a favor de seu fim.
O apoio aos caminhoneiros é bastante homogêneo levando em conta as regiões do país, baixando um pouco entre os mais ricos e os mais velhos.
A origem da paralisação é o preço do diesel regulado pela Petrobras, que acompanha a variação internacional do combustível. Com o aumento recente do petróleo, aliado à alta do dólar, uma série de reajustes levou ao protesto.
Dando razão à análise de que há uma solidariedade difusa com o sentimento de injustiça tributária, consideram o pleito dos caminhoneiros justo 92%, índice que é de 57% mesmo entre aqueles que são contra o movimento.
Ainda assim, para 50% os caminhoneiros são mais beneficiados do que prejudicados pelo que eles chamam de greve -- o governo trabalha com a hipótese de parte do movimento ter sido estimulado por donos de transportadoras. Esses, por sua vez, têm mais prejuízos, na visão de 60% dos ouvidos.
Já o cidadão se vê mais prejudicado (43% a 33% dos que se acham mais beneficiados) pessoalmente. Acham que o "brasileiro em geral" é mais prejudicado 56% dos ouvidos.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Prefeitura de Iguaraci realiza pagamento dos servidores municipais. Pagamentos sempre em dia, dentro do mês trabalhado, mostra uma Gestão séria, organizada e equilibrada.

O Governo Municipal de Iguaracy, está realizando nesta terça-feira (29), o pagamento dos seus servidores públicos municipais na ativa, aposentados e pensionistas.
Mais uma vez a gestão do prefeito Zeinha realiza o pagamento dentro do mês trabalhado e isto irá representar uma injeção de R$ 748.195,00 (setecentos e quarenta e oito mil, cento e noventa e cinco reais), na economia da cidade.
A determinação de cumprir com a folha de pagamentos sempre em dia e na maioria das vezes com antecedência, mostra a preocupação com a atual situação do país e com os servidores de Iguaracy para que possam quitar seus vencimentos com tranquilidade, minimizando os efeitos da crise. Agindo assim, a prefeitura reforça uma gestão equilibrada através do compromisso com as datas de pagamento, que já é de costume.
Assessoria de Comunicação - Governo de Iguaracy/PE
CLICK AQUI e veja mais notícias sobre Iguaracy
Governo Municipal "Um Novo Tempo, Uma Nova História".

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

"Não interessa, acredito eu, o caos agora para quem quer a democracia", diz Bolsonaro

O deputado federal Jair Bolsonaro, pré-candidato a presidente da República pelo PSL, afirma que o movimento grevista dos caminhoneiros deve "refluir". Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o presidenciável disse que não interessa a ninguém o caos neste momento, se referindo a eventual derrubada do presidente Michel Temer.
O deputado afirmou que, se fosse ele o presidente, a greve não teria ocorrido. "Caso eu fosse presidente, isso não teria acontecido, pois há dois anos eu acompanho o movimento dos caminhoneiros. Estive com eles em Gramado, no Rio e em Brasília", contou.
"Se eu puder dar um recado para o movimento, a corda esticou, todos vão perder. Até o que o caminhoneiro vai ganhar com o diesel, vai perder com o empurrão na inflação. [...] A coisa chegou num ponto que precisa refluir. Aí entra o aspecto político. Não interessa, acredito eu, para mim, para o Brasil, para quem quer a democracia, o caos agora", disse o pré-candidato.
Bolsonaro ainda comentou o fato de alguns caminhoneiros levantarem a bandeira pró-intervenção militar."Isso vem de um grupo pequeno. No desespero, cara, você pede qualquer coisa. Na minha opinião, dos meus amigos generais, se tiver de voltar um dia, que volte pelo voto. Aí chega com legitimidade, não dá essa bandeira para o PT dizer “Abaixo a ditadura” ou “Foi golpe”, porque aí foi golpe mesmo. Não passa pela minha cabeça e eu não vi isso passar pela cabeça de nenhum general", minimizou.
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

No grito! O próprio Maia tem dito que “o caminhão [o Brasil] está atolado e não tem ninguém para desatolar”

O ambiente na Câmara dos Deputados é de apreensão em relação a uma eventual tentativa de derrubada de Michel Temer.
Há o temor de que qualquer movimento nesse sentido aumente os apelos por uma intervenção militar.
O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), por exemplo, estava disposto a barrar qualquer pedido de impedimento, como já fez com vários outros.
A falta de uma alternativa a Temer contribui para a cautela. O próprio Maia tem dito que “o caminhão [o Brasil] está atolado e não tem ninguém para desatolar”. (Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo))
http://www.afogadosveiculos.com/

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Cresce chance de Temer não terminar mandato

 
Aliados de Michel Temer no Congresso Nacional e ministros do Supremo Tribunal Federal afirmam que o governo atingiu um nível extremo de enfraquecimento político, não descartando, em caso de piora na situação, o risco de a gestão não conseguir se sustentar nos sete meses que lhe restam.
A avaliação ouvida pela Folha é a de que a crise com os caminhoneiros atingiu um dos últimos resquícios de credibilidade da administração, a área econômica.
Temer completou no último dia 12 dois anos de governo como o presidente, na média, mais impopular desde pelo menos a gestão de José Sarney (1985-1990).
Mas vinha batendo na tecla de que em sua administração a inflação foi reduzida e o país saiu da recessão, embora em ritmo mais lento do que o esperado.
Com a crise da greve dos caminhoneiros, o país passa por uma grave situação de desabastecimento, cenário não detectado pelo governo apesar de alertas nessa direção.
Emparedado, o Palácio do Planalto foi obrigado a ceder em vários pontos, em uma demonstração do enfraquecimento político que vive, mas mesmo assim não conseguiu até esta segunda-feira (28), oitavo dia da crise, encerrar a paralisação.
"Não é o caminhoneiro, é o brasileiro que não admite a Presidência do Temer. O PT insistiu na Dilma. Deu no deu", afirmou em nota o líder da bancada do aliado DEM, o senador Ronaldo Caiado (GO).
"A greve dos caminhoneiros detonou a popularidade do Temer e do governo, a população está revoltada. O governo tinha ainda certa credibilidade na equipe econômica. Era um alicerce importante", afirma o deputado Rogério Rosso (DF), do também aliado PSD.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Intervenção militar não é varinha mágica, diz general Mourão

Em Porto Alegre, general chamou campanha de caminhoneiros pela intervenção militar de “desserviço”
Por Paula Sperb (Veja)
O general Hamilton Mourão, na reserva desde fevereiro deste ano, disse na manhã desta terça-feira 29, em Porto Alegre, que é contra a intervenção militar desejada por parte dos caminhoneiros que estão em greve desde a semana passada. Em entrevista exclusiva a VEJA (leia abaixo), Mourão disse queintervenção militar não é “solução imediata” e que não é “varinha de condão” que faz “plim, plim” e “está tudo resolvido”. “O país não tem que ser tutelado pelas Forças Armadas”, afirmou.
Mourão participou de almoço de militares da reserva no Grêmio Sargento Expedicionário Geraldo Santana. O general, que já chefiou o Comando Militar Sul (CMS), foi recebido com leitura de uma poesia, aplausos, pedido de autógrafo e fotografias. Ele aproveitou a ocasião para angariar apoio ao pré-candidato a deputado estadual tenente-coronel Luciano Zucco [ainda sem partido porque militares têm prazo diferenciado para filiação].
Zucco é um dos cerca de oitenta militares espalhados pelo país que vão disputar cargos nas eleições de outubro em uma “frente militar”. A frente conta com o general como divulgador das candidaturas. Recentemente, Mourão se filiou ao PRTB e apoia Jair Bolsonaro (PSL-RJ) à Presidência. Sua participação na chapa de Bolsonaro como vice não está descartada. “Caso ele opte que seria melhor me ter como vice, a gente está aberto a essa possibilidade”, disse à reportagem.
Embora rejeite a ideia dos caminhoneiros para uma intervenção militar, o general já se envolveu em polêmicas defendendo a medida anteriormente. Mourão também criticou o atual ministro da Segurança, Raul Jungmann, (“é incapaz de saber como se faz um plano”) e o presidente Michel Temer (“se for passar a mão em cima da cabeça de uma criança, a criança começa a chorar”).
Abaixo, a entrevista:
Havia a expectativa de que o senhor saísse candidato à Presidência da República após sua filiação ao PRTB. Como o senhor decidiu essa questão?
Deixei claro que não seria candidato. Considero que a candidatura do deputado Bolsonaro (PSL-RJ) é a candidatura que representa as ideias das quais comungo e bato por elas. Se eu fosse candidato, iria dividir. A pior coisa nesse momento é dividir o público que nós temos. Poderiam dizer ‘ah, mas por que o senhor não vai concorrer ao Senado, como deputado federal?’. Porque considero que o quadro político-partidário é muito fragmentado e o capital que eu tenho é o capital moral e não posso desperdiçar uma eleição dessa natureza.
Mas o senhor pode sair candidato a vice-presidente em uma chapa com Bolsonaro?

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Homem é preso após matar vizinho de 19 anos por furto de wi-fi

Um homem de 52 anos foi preso, na tarde desta terça-feira (29), suspeito de assassinar um vizinho de 19 anos, em Petrolina, no Sertão Pernambucano. De acordo com a Polícia Civil, Rezielio Alves de Almeida teria matado Alison Danas com golpes de facão.
Crime
Ainda segundo a polícia, o crime que ocorreu em 2015 no bairro Quati I e teria sido motivado pelo furto do sinal da rede wi-fi, de internet. O suspeito foi preso, na casas de um dos seus familiares, na cidade de Ponta Grossa, Paraná, cerca de 2.617km do local do crime.
Na fuga, ele também teria passado pelo estado do Maranhão. Após a prisão, Rezielio Alves foi transferido para Pernambuco.
http://www.blogtvwebsertao.com.br/search/label/EVENTOS%20ELITE%20DIGITAL
http://www.afogadosveiculos.com/

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Ibope: durante greve, Bolsonaro cresce e tem empate técnico com Lula em SP

São Paulo, 28 - O deputado federal Jair Bolsonaro, pré-candidato pelo PSL à Presidência da República, foi o único que cresceu em pesquisa de intenção de voto realizada pelo Ibope só com eleitores do Estado de São Paulo. O levantamento foi encomendado pela TV Bandeirantes e realizado entre os dias 24 e 27 de maio, durante a greve dos caminhoneiros.
Bolsonaro aparece com 19% das intenções de voto, cinco pontos a mais do que em levantamento encomendado pela emissora no mês passado e realizado pelo mesmo instituto. Como a margem de erro é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos, ele empata tecnicamente com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que aparece com 23%. Na pesquisa anterior, Lula tinha 20%, mas, em razão da margem de erro, não é possível afirmar que ele avançou.
Embora tenha governado São Paulo por quatro mandatos, o pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, aparece apenas em terceiro lugar, com 13%, um ponto a menos que na pesquisa anterior. Na sequência estão a pré-candidata da Rede, Marina Silva, com 9%, e o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes, com 3%. Eles também estão estagnados - no levantamento anterior tiveram 9% e 4%, respectivamente.
O senador paranaense Álvaro Dias, pré-candidato pelo Podemos, aparece com 2%. O ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) e João Goulart Filho (PPL) têm 1%. Não pontuam Aldo Rebelo (Solidariedade), Flávio Rocha (PRB), Guilherme Boulos (PSOL), Manuela D'Ávila (PCdoB), João Amoêdo (Novo), Levy Fidélix (PRTB) e Paulo Rabello de Castro (PSC).
Os brancos e nulos somam 20%, e aqueles que não sabem ou não quiseram responder chegam a 5%, sem variação significativa em relação aos resultados do levantamento anterior, de 18% e 4%, respectivamente.
Em um cenário sem Lula como candidato do PT, mas com o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad no seu lugar, Bolsonaro e Alckmin empatam tecnicamente na liderança - o deputado tem 19% e o tucano tem 15%. Marina passa a ter 11% e Ciro registra 7%. Haddad e Dias têm 3% cada. Meirelles aparece com 2%.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL), João Goulart Filho (PPL), Aldo Rebelo (Solidariedade), Guilherme Boulos (PSOL), a deputada estadual gaúcha Manuela D'Ávila (PCdoB), João Amoêdo (Novo), Levy Fidélix (PRTB) e Paulo Rabello de Castro (PSC) aparecem com 1%. Flávio Rocha (PRB) não pontuou.
A pesquisa foi feita entre os dias 24 e 27 de maio, com 1008 pessoas em 60 municípios paulistas. O nível de confiança utilizado é de 95%. O número de registro no TSE é BR-06360/2018.
EC Estadão Conteúdo (André Ítalo Rocha)
http://www.afogadosveiculos.com/

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Tribunal restabelece direito a segurança, motorista e assessores ao ex-presidente Lula. Decisão do TRF-3 atendeu a recurso da defesa do petista

RIO — O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) decidiu, na tarde esta terça-feira, restabelecer os direitos que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tinha por ter ocupado a Presidência da República, como segurança, transporte e assessoria.
“A simples leitura dos dispositivos mencionados evidencia que aos ex- Presidentes da República são conferidos direitos e prerrogativas (e não benesses) decorrentes do exercício do mais alto cargo da República e que não encontram nenhuma limitação legal, o que obsta o seu afastamento pelo Poder Judiciário, sob pena de violação ao princípio da separação dos poderes, eis que haveria evidente invasão da competência legislativa”, decidiu.
A defesa do ex-presidente recorreu contra a decisão que suspendeu uma série de benefícios a que Lula tem direito como ex-presidente da República. Na quarta-feira, dia 23, o juiz federal Haroldo Nader, da 6ª Vara Federal de Campinas, concedeu uma liminar para que a União suspenda imediatamente direitos como segurança, transporte e assessoria para o petista, dada a sua reclusão, sob o argumento de que lesam o erário sem ter finalidade.
A decisão desta terça-feira suspendeu os efeitos da liminar que havia sido pedida em uma ação popular movida pelo coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) Rubens Nunes. Na liminar, o magistrado ressaltou que o autor da ação não questiona o direito em si, mas a manutenção dos auxílios em vista de prisão. O fundamento do pedido é a condenação em segunda instância do petista e o ínicio do cumprimento de pena de reclusão. O juiz argumentou a "evidência indiscutível" de não haver motivos para manter os serviços, custeados por dinheiro público, a um ex-presidente preso.
De acordo com a defesa de Lula, os benefícios são "prerrogativas e direitos assegurados em lei para todos os ex-presidentes da República" e que esses benefícios "não são privilégios, favores ou benesses, mas sim direitos que determinam um tratamento legal diferenciado em razão de uma situação jurídica também diferenciada".

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Boletim na íntegra das ocorrências registradas pela PM nesta terça, dia 29 de maio de 2018.

(OUTRAS OCORRÊNCIAS)
Município : Afogados da Ingazeira - PE
Local : Centro, Af da Ingazeira-PE
Data/Hora : 290930MAI2018
Imputado : C. A. S., 32 anos, solteiro, desocupado
Endereço : Bairro Borges, Afogados da Ingazeira - PE
Vítima : M. G. S. S., 65 anos, aposentada
Endereço : Bairro Borges, Afogados da Ingazeira - PE
Resumo : Durante a realização da Operação Duas Rodas, a ROCAM foi solicitada pela Central de Operações para deslocar-se até o endereço acima descrito. Chegando ao local, foram informados pela vítima, que como de costume, sua neta tinha ido fazer o saque de sua aposentadoria no Banco do Brasil, porém foi acompanhada pelo imputado (filho da vítima), que ao realizar o saque, o imputado tomou o dinheiro da mão de sua neta e tomou destino ignorado. O policiamento realizou diligências e conseguiu encontrar o imputado no estabelecimento denominado Bar de Neuza, localizado no bairro Padre Pedro Pereira, que ao ser abordado, foi encontrado em seu bolso o cartão salário da vítima e a quantia de 673,00 (seiscentos e setenta e três reais). Diante do fato, as partes foram conduzidas a DP local para adoção das medidas cabíveis
http://www.afogadosveiculos.com/

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

BOM DIA - DEVOCIONAL DE HOJE E UMA QUARTA-FEIRA ABENÇOADA PARA TODOS!

"Em ti, SENHOR, me refugio; não seja eu jamais envergonhado; livra-me por tua justiça." Salmos 31:1

Reflexão: Quando todo o excesso é retirado, qual é sua verdadeira esperança? Quando a sua saúde se esvai sem resultado da medicina, o que será de você? Quando você deixa de lado os diplomas, prêmios, honras, títulos, qual é a base da sua significância? Normalmente, sem estas coisas, não nos resta esperança, porém é nesse “vazio” de alma que o Senhor, nosso refugio, entra em ação e nos tira da condição de envergonhados, pois só Ele dura para sempre! Só Deus garante que nossa vida é importante. Só nosso Salvador pode nos dar um lugar onde o que é valioso para nós não se estragará, nem será roubado, nem apodrecerá. Então, não depositemos nossos tesouros ou esperanças em ninguém mais, a não ser no SENHOR.
Oração: SENHOR, Deus e Redentor, Guardador de muitas promessas, Te agradeço por permitir que eu deposite minha esperança, meu futuro, e meu significado nas suas mãos. Dê-me coragem e confiança em saber que o Senhor não permitirá que eu seja envergonhado, mas que deixará que eu participe da sua justiça naquele dia no qual eu estiver diante do Senhor. Em nome de meu Senhor Jesus eu oro e agradeço por tudo. Amém.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...