PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

Prefeito Zeinha autoriza o início da construção da Barragem do Sítio Sabino. Obra será a realização de um sonho da comunidade.

O prefeito de Iguaracy, Zeinha Torres, autorizou nesta manhã, com a chegada das máquinas, o início da obra da Barragem da comunidade do Sabino.
O prefeito confirmou que para a execução do serviço, serão gastas 300 horas/máquinas, ressaltou que era uma reivindicação antigas dos moradores daquela comunidade e adjacências.
“Este é mais um pleito que o Governo do Estado de Pernambuco, através da Secretária Estadual de Agricultura, e do empenho do deputado estadual Waldemar Borges, conseguem para meu município, para atendermos toda população daquela área, fico muito grato”, finalizou Zeinha.
Assessoria de Comunicação - Governo de Iguaracy/PE
Governo Municipal "Um Novo Tempo, Uma Nova História".

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Bancada evangélica pede fim de ‘ideologia de gênero’ nas escolas

A Frente Parlamentar Evangélica divulgou um manifesto em que descreve propostas e prioridades de sua bancada para os próximos anos no Congresso. Entre os principais pontos, estão o combate ao “democratismo comunista” e à “ideologia de gênero” na escola, “punindo severamente todos que atentem contra a inocência infantil”.
Segundo o documento de 60 páginas, lançado no dia 24, “a instrumentalização das escolas e universidades públicas a serviço de ideologias totalitárias e ditaduras comunistas envenenou a alma e o espírito das últimas gerações, e destruiu a qualidade de ensino”.
Intitulado O Brasil para os Brasileiros, o manifesto traz propostas da frente evangélica para quatro grandes temas da administração pública: modernização do Estado, segurança jurídica, segurança fiscal e “revolução na educação”. A bancada, à qual pertencia o deputado federal e agora presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), é uma das mais influentes do Congresso e deve ter 180 membros a partir de 2019, diz o documento.
⏩    Mostrar matéria completa  
O manifesto condena o “uso político-partidário das escolas e universidades públicas”, que, segundo os parlamentares, “se tornaram instrumentos ideológicos que preparam os jovens para a Revolução Comunista, para a ditadura totalitária a exemplo da União Soviética e demais regimes sanguinários”. Para reverter isso, o documento propõe “valorizar e incentivar o mérito em todo o sistema educacional nacional”.
Em linha com o manifesto evangélico, o programa de Bolsonaro afirma que “um dos maiores males atuais (na Educação) é a forte doutrinação”.
“Estão falando de uma coisa que não existe”, diz o educador Carlos Cury, vice-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). “É um manifesto oco, cheio de afirmações que carecem de qualquer tipo de comprovação. Pintam as escolas como um antro de subversão comunista. De onde tiraram isso?”
“O documento tem uma coloração ideológica muito forte e evidente”, diz Nelio Bizzo, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). As propostas apresentadas, segundo ele, “destoam de tudo o que se tem discutido nas revistas especializadas sobre educação nos últimos 30 anos”.
O manifesto faz críticas pesadas à chamada “ideologia de gênero”, que “desvia a escola das suas atribuições normais e investe na subversão de todos os valores e princípios da civilização”. “Será necessária uma campanha ininterrupta de combate à sexualização e erotização das crianças e adolescentes em todo o Brasil, utilizando-se todos os meios possíveis, e punindo severamente todos que atentarem contra a inocência infantil”, diz o texto.
A defesa da Escola sem Partido e o combate às discussões de gênero também foram bandeiras de Bolsonaro. O líder da Frente Parlamentar Evangélica, deputado Hidezaku Takayama (PSC), foi procurado pela reportagem, mas não respondeu.
Ensino superior
O manifesto cita dados de estudo do Banco Mundial, segundo o qual um aluno de universidade pública custa até três vezes mais do que um aluno de instituição privada, e defende que seja feita uma “rigorosa auditoria independente” dos programas de apoio do Ministério da Educação (MEC) ao ensino superior e técnico – Prouni, Fies, Sisu e Pronatec.
Ainda há críticas à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do MEC, dizendo que ela faz “repressão aos professores” e fere a autonomia universitária. Procurado, o órgão disse que “não pode se manifestar sobre alegações subjetivas não fundamentadas em fatos”. (Via: Estadão)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Municípios propõem a Bolsonaro a volta da Educação Moral e Cívica aos currículos escolares

Proposta cara ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), a reincorporação da disciplina de Educação Moral e Cívica (EMC) aos currículos escolares já encontra defensores aguerridos nos legislativos municipais. Desde o fim do ano passado, vereadores de pelo menos seis cidades brasileiras e do Distrito Federal se adiantaram ao novo presidente e apresentaram projetos de lei (PLs) pedindo o retorno da disciplina ou cobrando maior ênfase no trabalho desses conteúdos em sala de aula.
O resgate da disciplina não é consenso entre especialistas em educação, que alegam que questões como cidadania e direitos humanos já são tratadas por outras matérias escolares. Há resistência também nas esferas administrativas, que questionamento se é atribuição de vereadores propor mudanças nos currículos escolares. Os PLs estão em diferentes estágios de tramitação e contam com justificativas semelhantes, como a defesa de ideias patrióticas e o estímulo à busca de uma identidade nacional.
— Não custa nada o professor de português ou de história, por exemplo, reservar meia hora da aula e dizer: ‘olha, agora nós vamos aprender os hinos do nosso país’, diz o vereador José Cuco (PSDB), da cidade de Mogi das Cruzes, interior de São Paulo.
⏩    Mostrar matéria completa  
Autor de um dos projetos dessa nova leva, Cuco se declara um defensor dos símbolos nacionais. Sua atividade legislativa (aos 77 anos, ele é vereador há sete mandatos) inclui um texto que torna obrigatória a execução do hino municipal em eventos oficiais. Seu projeto foi apresentado em outubro do ano passado, antes das declarações mais contundentes de Bolsonaro à respeito do tema. O texto fala da reincorporação do conteúdo à grade extracurricular do município, de modo que os professores tratem de símbolos patrióticos de maneira explícita. Segundo ele, a proposta foi uma espécie de reação ao que considera uma degradação dos valores morais:
— Na minha época, professor era respeitado em sala de aula. Hoje, eles são ameaçados pelos alunos. Outro dia, uma escola aqui da cidade amanheceu depredada, diz.
A ideia anima também os legisladores de São Paulo (SP), São Francisco do Sul e Brusque (SC), Satuba (AL), do Distrito Federal e de Passo Fundo (RS). As semelhanças com a proposta de Bolsonaro — que defende a disciplina como forma de estimular o civismo — são óbvias. Mas há quem faça ressalvas às intenções do presidente eleito:
— A gente ainda precisa entender se o objetivo dele, com essa disciplina, é estimular o nacionalismo exacerbado. Com isso, eu não concordo, diz o vereador Mateus Wesp (PSDB), de Passo Fundo.
Ainda em tramitação nas comissões da Câmara de Passo Fundo, o projeto de Wesp propõe que a educação Moral e Cívica seja ensinada como uma disciplina independente em todas as séries dos ensinos fundamental e médio. E que trate, prioritariamente, dos símbolos nacionais e do funcionamento do Estado:
— É importante que as pessoas aprendam como funciona a máquina do Estado. Saibam o que é atribuição do município e o que é da União, por exemplo, diz Wesp, que dá aulas de direito constitucional e já foi professor de ensino médio. — Esse desconhecimento sobre o poder público é responsável pelas altas taxas de abstenção nas eleições, e pela falta de legitimidade dos políticos.
Os projetos de lei, no entanto, são criticados por especialistas em educação. Ao longo dos anos, a Educação Moral e Cívica surgiu nos currículos das escolas brasileiras em diferentes momentos. Segundo Carlos Cury, professor emérito da Universidade Federal de Minas Gerais e membro do Conselho Nacional de Educação entre 1996 e 2004, seus primórdios remontam à primeira república (o período entre 1889 e 1930). Mas a disciplina ganharia especial destaque durante os anos da ditadura militar. Ela se tornou obrigatória em 1969, quando passou a tratar de temas caros ao governo em anos de Guerra Fria, como o combate ao comunismo e à “subversão”:
— Ela carrega um ranço autoritário. Ressuscitá-la é uma ideia no mínimo anacrônica, afirma o professor — Hoje, sabemos que questões como cidadania e o respeito aos direitos humanos devem ser trabalhadas de forma transversal, por todas as disciplinas.
Para Priscila Cruz, presidente-executiva do Movimento Todos pela Educação, essas propostas são embaladas por certo saudosismo:
— As pessoas costumam dizer que, na sua época, a educação era melhor. Mas elas se esquecem que, na sua época, a educação no Brasil era para poucos, diz ela. — Se a educação era melhor, era porque é mais fácil ensinar um número restrito de pessoas. E não por causa dessa disciplina. Com informações de O Globo.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

HUMOR: AS 3 MELHORES CHARGES DO DIA


Esta charge do Ronaldo foi publicada em

Esta charge do Sinovaldo foi publicada em

Esta charge do Clayton foi publicada em
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

"E disse Sansão: Morra eu com os filisteus. E inclinou-se com força, e a casa caiu sobre os príncipes e sobre todo o povo que nela havia; e foram mais os mortos que matou na sua morte do que os que matara em sua vida." Juízes 16:30

Pensamento: Sansão foi educado seguindo orientação divina, para ser um grande juiz em Israel. Por causa de sua desobediência, foi preso e humilhado pelos inimigos, em pleno templo de Dagom. Arrependido, pediu outra vez suas forças e, com elas, destruiu o templo e os filisteus. Muitos de nós somos parecidos com Sansão. Recebemos, do Senhor, recursos, capacidades, oportunidades e poder. Todavia, ao invés de usar tudo isso para o serviço do Senhor, desperdiçamos os talentos que nos foram dados, usando-os para alimentar nossos caprichos pessoais.

Oração: Pai querido, Te agradeço porque o Senhor me deu talentos, habilidades, e capacidade para que eu possa adorar e servir ao Senhor. Perdoa se ainda não tenho usado totalmente meus talentos para glorificar o Seu nome. Ajuda-me a encontrar minha verdadeira vocação e discernir qual a minha função no corpo de Cristo. Eu oro em nome de Jesus. Amém.
....................................................................................
Ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, sejam glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora, e para todo o sempre. Amém.
Que a Paz de DEUS esteja sempre com você!

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Deputado Zé Maurício destaca lei que torna a capoeira patrimônio imaterial do Estado

A Lei Estadual n° 16.445/2018, que institui a capoeira como Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco, foi tema do pronunciamento do deputado Zé Maurício (PP) na Reunião Plenária desta terça (6). Autor do projeto que deu origem à norma, ele destacou o potencial educativo e o papel social da manifestação popular.
“É uma prática pluriétnica que desequilibra a balança da desigualdade social e nos faz pensar criticamente outros paradigmas sociais”, afirmou o progressista, que aproveitou a oportunidade para agradecer a “sensibilidade do governador Paulo Câmara”. O chefe do Executivo sancionou a lei, na última semana, em cerimônia no Palácio Campos das Princesas.
O parlamentar ressaltou, também, a “íntima relação” da capoeira com o surgimento de outro bem imaterial de Pernambuco, o frevo. “Nosso sonho é que a capoeira possa ter o mesmo reconhecimento, do Estado e da sociedade, que outros bens imateriais já possuem. O próprio frevo conta com um espaço público de promoção cultural”, afirmou, citando o Paço do Frevo, espaço cultural instalado no Recife.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Iguaracy: Câmara de Vereadores apresenta Moção de Aplauso à Rádio Pajeú

Por André Luis
Em Sessão na Câmara de Vereadores de Iguaracy na manhã desta terça-feira (6), foi apresentada uma Moção de Aplauso em honra e nome da Rádio Pajeú FM 104,9, seus dirigentes e funcionários pelos 59 anos de existência e por terem ampliado os serviços, se tonando uma rádio FM.
O radialista Celso Brandão, foi o responsável por representar a equipe da rádio e receber o certificado das mãos do vereador Fábio Torres, responsável por apresentar a moção.
Além da Mesa diretora da Casa, formada pelo presidente, Francisco de Sales Galindo Filho, o primeiro secretário, Fábio Alves Torres e a segunda Secretária Odete Soares Pereira, os vereadores Everaldo Pereira de Queiroz, Francisco Torres Martins, José Jorge da Silva, Leonardo Lopes Magalhães, Manoel Olimpo de Siqueira e Simão Rafael de Vasconcelos, se fizeram presentes.
O vereador Fábio Torres, destacou ser uma honra ter apresentado a Moção. Ele lembrou o bispo dom Francisco e parabenizou a rádio e toda a equipe por ainda hoje manter os princípios de lutar pelos mais necessitados da região.
⏩    Mostrar matéria completa  
Fábio Torres, ainda agradeceu aos colegas parlamentares, por terem aprovado a Moção de forma unânime e destacou: “tenho certeza que esse é o sentimento de toda a população de Iguaracy”.
O radialista Celso Brandão, falando em nome de toda a equipe da Rádio Pajeú, agradeceu a homenagem.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Testemunhas desmentem versão de suspeitos de matar Jogador do SP Daniel

Foram divulgadas na mídia fotos do ex-jogador do São Paulo, Daniel Corrêa, com a suposta mulher do empresário, Edison Brittes Júnior, participante do crime, que afirmou ter pego a vítima “montado” em cima da esposa, enquanto ela dormia.
A versão apresentada pelo casal Edison e Cristiana Brittes à polícia sobre o assassinato do jogador Daniel Corrêa foi desmentida em depoimentos de testemunhas prestados nesta terça-feira (6) na Delegacia Regional de São José dos Pinhais (PR), cidade onde o jogador de futebol foi morto no dia 27 do mês passado.
Os responsáveis pela investigação ouviram quatro jovens que estavam na festa de aniversário de Allana Brittes, que completava 18 anos, na casa dos Brittes.
O grupo de aproximadamente dez pessoas havia sido convidado para uma continuação das comemorações que tiveram início na boate Shed Bar, em Curitiba. O jogador do São Paulo, emprestado ao São Bento, estava no grupo e foi espancado por Edison — preso junto com a esposa e a filha — ao ser flagrado no quarto junto com a mulher dele.
De acordo com as testemunhas, a porta do quarto do casal não foi arrombada pelo empresário ao ver a esposa supostamente sendo estuprada por Daniel, conforme o suspeito afirmou na confissão que fez na semana passada.
Os relatos divergem do depoimento de Cristiana, que disse ter sido violentada e gritado por socorro. Segundo a versão de pessoas que estavam na festa, a porta estava intacta. O arrombamento ocorreu depois de Daniel ser assassinado e ter o corpo deixado em um matagal na área rural do município com o objetivo de assegurar um álibi.
⏩    Mostrar matéria completa  
Filha de suspeito de matar Daniel Corrêa diz que foi com pai ao IML
Outra atitude tomada com o objetivo de esconder a participação no crime, segundo as testemunhas ouvidas nesta terça, foi o telefonema dado por Edison à mãe do jogador, dois dias depois da morte do atleta.
Ameaças
As testemunhas demonstraram muito medo de represálias e revelaram que foram ameaçadas por Edison Brittes Junior. As identidades delas são mantidas em sigilo e todas estão sob proteção da polícia.
“Em prints de WhatsApp anexados ao processo, aos quais a reportagem teve acesso, o jogador Daniel comenta com um amigo que estava na casa da família e pretendia “comer a mãe da aniversariante” e “o pai está junto”.
“Dezessete minutos depois, o meia manda outra mensagem: “Comi ela, moleque”, seguida de risadas e fotos ao lado de uma mulher, aparentemente dormindo”
“De acordo com a testemunha, quem estava na casa ouviu do quarto gritos de uma mulher pedindo socorro para que “se evitasse uma tragédia”. Quando a testemunha chegou, já encontrou Daniel sendo enforcado e espancado por Juninho”
Conclusão do inquérito
A investigação deve ser concluída nesta semana. O Ministério Público, que acompanha os trabalhos da Polícia Civil, deverá denunciar à Justiça os três suspeitos por homicídio doloso: meio cruel, recurso que impossibilitou a defesa da vítima e fraude processual.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Prefeitos falam em dificuldade para pagar o 13º salário em Pernambuco

Assim como nos Estados, as prefeituras de Pernambuco também terão dificuldade para pagar os benefícios de seus funcionários.
O prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Associação dos Municipalista de Pernambuco, José Patriota (PSB), disse que 2018 deve ser um ano ainda mais duro para que os prefeitos cumpram com a obrigação do 13º salário.
“Eu acho que será mais difícil, está horrível a situação, mas teremos um balanço após a reunião do dia 26 de novembro. Houve queda (de arrecadação) recente, a pressão de demandas da sociedade aumenta a cada ano e o dinheiro não. Tudo isso deságua no município, os programas são sub-financiados e o recurso não chega nas cidades”, disse Patriota em referência ao Pacto Federativo. Os prefeitos defendem uma revisão do pacto alegando que os recursos ficam concentrados em Brasília e não chegam para Estados e municípios.
As prefeituras do Recife, Jaboatão e Olinda, no Grande Recife, e Caruaru e Petrolina, no Interior do Estado, confirmaram o pagamento do décimo. “A Prefeitura do Recife informa que o 13º salário de 2018 será pago normalmente, como acontece desde 2013. O calendário de pagamento será informado aos servidores em momento oportuno”, diz a PCR.
⏩    Mostrar matéria completa  
Jaboatão confirmou que os 13.200 servidores receberão a segunda parcela do décimo em 20 de dezembro. O valor corresponde a cerca de R$ 16,5 milhões. A primeira foi paga em 29 de junho. Já a prefeitura de Olinda afirma que apenas 564 servidores optaram por receber a primeira parcela do 13º no meio do ano, que somou cerca de R$ 1 milhão. A segunda parcela para quem já recebeu 50% e o valor total para quem não quis adiantamento sai no dia 14 de dezembro.
A Prefeitura de Petrolina disse que a 2ª parcela está estipulada em R$ 12,8 milhões para 1.285 segurados e 6.405 servidores ativos, mas não definiu data. Caruaru confirma o pagamento para 20 de dezembro, mas não declarou valores nem o total de servidores do município. (Nill Júnior)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Petrobras reajusta preço do gás de cozinha na refinaria em 8,5%

Os preços do gás liquefeito de petróleo de uso residencial (GLP-P13) - gás de cozinha de 13 quilogramas - estarão 8,5% mais caros a partir de desta terça-feira (06).
De acordo com a Petrobras, na média nacional, o preço de venda nas refinarias da companhia, sem tributos, será equivalente a R$ 25,07. Desde janeiro, quando passou a ter reajustes trimestrais, a alta acumulada do produto é de R$ 0,69 ou 2,8%.
Para seguir a metodologia atual, a Petrobras aplicou, este ano, reduções nos preços em janeiro e abril e uma elevação em julho. O preço representa um ajuste de R$ 1,97 em relação aos R$ 23,10 em vigor desde julho.
Segundo a companhia, os motivos para a alteração dos preços foi a desvalorização do real frente ao dólar e as elevações nas cotações internacionais do GLP.
“A referência continua a ser a média dos preços do propano e butano comercializados no mercado europeu, acrescida da margem de 5%”, apontou.
Conforme a Petrobras, “o objetivo da metodologia é suavizar os impactos derivados da transferência da volatilidade externa para os preços domésticos”. A estatal informou que o mecanismo leva em consideração a necessidade de praticar preços para o produto com referência no mercado internacional e a Resolução 4/2005 do Conselho Nacional de Política Energética.
⏩    Mostrar matéria completa  
A resolução “reconhece como de interesse para a política energética nacional a comercialização, por produtor ou importador, de gás liquefeito de petróleo (GLP), destinado exclusivamente a uso doméstico em recipientes transportáveis de capacidade de até 13kg, a preços diferenciados e inferiores aos praticados para os demais usos ou acondicionados em recipientes de outras capacidades”. (Via: Agência Brasil)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Petrobras reduz preço da gasolina a R$ 1,71 nas refinarias a partir desta quarta

A Petrobras anunciou corte de 0,74% no preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, a partir desta quarta-feira (07). Com isso, litro do combustível passa a ser vendida a R$: 1,71.
Além disso, a estatal manteve sem alteração o preço do diesel, em R$ 2,12, conforme tabela disponível no site da empresa.
Em 6 de setembro, de acordo com o Estadão Conteúdo, a diretoria da companhia anunciou que além dos reajustes diários da gasolina, terá a opção de utilizar um mecanismo de proteção (hedge) complementar. (Via: Agência Brasil)
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Pagamento da segunda parcela do 13º pelo INSS começa no dia 26

Aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vão receber a segunda parcela do 13º salário a partir do próximo dia 26. A primeira foi paga com antecipação, entre o dia 27 de agosto e 10 de setembro.
O depósito do abono de Natal, de acordo com informações da Folha de S. Paulo, segue o calendário de pagamento dos benefícios e vai até o dia 7 de dezembro.
Tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Benefício de Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia, não têm direito ao abono anual.
Na primeira parcela, quem já era aposentado ou pensionista em janeiro deste ano recebeu exatamente metade do valor de seu benefício. Portanto, o valor final do pagamento feito a partir deste mês será o benefício menos o Imposto de Renda, se houver, e o que já foi pago pelo INSS na primeira parcela.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Fachin envia para 2ª Turma pedido de soltura de Lula após Moro aceitar convite de Bolsonaro

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou para a 2ª Turma da Corte o recurso apresentado pela defesa do ex-presidente Lula que pede a soltura do petista.
Os advogados pedem a anulação do processo do tríplex em que Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro na Lava Jato. A ida do magistrado para o governo de Jair Bolsonaro motivou questionamentos sobre a atuação dele nos processos envolvendo o ex-presidente.
O recurso foi protocolado na manhã desta segunda-feira (5).
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

“Moralismo” não leva ninguém à salvação, adverte pastor

"Essa é a geração do reavivamento", garante líder de movimento focado em jovens cristãos.
Matt Chandler, pastor da Village Church, no Texas (EUA), está advertindo os cristãos sobre a crença no “moralismo” como caminho para a salvação. Ele participou do grande evento Together [Juntos], focado no público jovem, que aconteceu nos final de outubro e reuniu cerca de 90 mil pessoas.
Atualmente, muitos jovens cristãos estão se tornando “escravos de um tipo de retidão baseado em obras, mas que não muda suas vidas”. A advertência do pastor vem de sua análise do moralismo desses dias. “É uma mentira do inferno”, disparou. Matt ressaltou que Jesus ama seus filhos exatamente como eles são e não importa o quanto estejam “despedaçados”.
Autor de livros de sucesso, como “O Evangelho Explícito”, Matt alerta para que os jovens não caiam na ideia equivocada de que Jesus só pode amar “uma versão aperfeiçoada” deles. Eles perdem de vista o centro do Evangelho, que é baseado na fé em Jesus e na graça de Deus.
“Cara, você começa a dizer ‘se eu conseguisse parar de fazer isso, ou começar a fazer aquilo, então Ele me amaria’. Mas não é assim que funciona”, disse. “A Bíblia diz que Jesus ama quando você está na sua pior fase. Não ama somente quando você acredita nas promessas de vida e ressurreição. Jesus é amor o tempo todo.”
A graça de Jesus é suficiente
“Quando nos esquecemos dessa verdade importante (o amor), expulsamos a alegria e começamos a viver uma vida secreta e duvidosa”, explicou.
⏩    Mostrar matéria completa  
Jesus morreu para trazer alegria e vida às pessoas e o Evangelho está baseado nisso, na vida em Cristo. “O Evangelho não é mero moralismo. Ele nos acolhe enquanto pecadores. Cristo morreu por nós e sua graça é suficiente”, disse.
Não adianta tentar surpreender Jesus Cristo com nossas lutas humanas. “Ele sabia o que estava comprando na cruz e foi crucificado publicamente, pois sabia que você e eu éramos fracos e precisávamos de um Salvador”, explica.
Enganos
Acreditar nesse tipo de mentira nos torna escravos das obras. Jesus já sabia que iríamos falhar e tropeçar pelo caminho. “Satanás e seus maus ensinamentos nos alimentam da mentira de que o que Jesus realmente quer é que nos comportemos e façamos boas ações”, complementa.
Matt concluiu sua mensagem pedindo aos participantes que não se sintam envergonhados quando errarem. “Você não é apenas perdoado, você é amado e feliz, independentemente da sua luta. Essa é a boa nova do Evangelho”, reforçou.
Geração do avivamento
Mais de 90 mil pessoas estavam presentes no Together 2018. Nick Hall, fundador do movimento, afirmou que a união de vários ministérios e lideranças para uma evangelização em massa é a melhor forma de equipar os jovens para que sejam discípulos. “Ide e fazei discípulos de todas as nações”, lembrou.
Ele reforçou ainda que a ideia do nome “Juntos” é uma estratégia para unir esta geração – millenials ou ‘geração Z’, que engloba os que nasceram no entre 1990 a 2010.
“Essa é a geração do reavivamento. E se o reavivamento vai acontecer, sentimos que agora é a hora de equipar essa geração com o melhor que temos disponível. Queremos reunir os jovens cristãos e orar por eles, para capacitar a Igreja e também despertar uma cultura que os encaminha para Jesus”, concluiu.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Facebook chega a 2,6 bilhões de usuários no mundo com suas plataformas

O império Facebook chegou a 2,6 bilhões de usuários em todo o mundo com suas plataformas (WhatsApp, Instagram e Messenger, além da rede social que dá nome à companhia). A informação foi divulgada pelo presidente da empresa, Mark Zuckerberg, após a divulgação dos resultados do terceiro trimestre de 2018.
Somente o Facebook tem 2,3 bilhões de usuários entrando na plataforma todo mês, sendo 1,5 bilhão todo dia. Com isso, a plataforma avança em sua liderança no ranking mundial de redes sociais e plataformas digitais. A empresa chega com seus produtos a 34% da população mundial, se considerados os 7,5 bilhões de pessoas, de acordo com dados do Banco Mundial.
Segundo o ranking de redes sociais divulgado pela consultoria internacional de levantamento de dados Statista, com informações atualizadas em outubro, seguindo a liderança do Facebook vêm YouTube (1,9 bilhão de usuários), WhatsApp (1,5 bilhão), Facebook Messenger, (1,3 bilhão), WeChat, (1,05 bilhão), Instagram (1 bilhão), QQ (803 milhões), Qzone (548 milhões), Tik Tok (500 milhões) e Sina Weibo (431 milhões).
⏩    Mostrar matéria completa  
A empresa é responsável por cinco das seis primeiras redes sociais. As exceções são o YouTube, pertencente à Google, e o WeChat, espécie de WhatsApp chinês. No ranking das 10 principais plataformas, outros aplicativos chineses estão bem colocados, como QQ, Qzone e Tik Took. Contudo, os números de usuários dessas redes são ancorados pela grande população chinesa residindo no país e imigrante em outras nações, com menor expressão em países de outras línguas.
Em seu comunicado, Mark Zuckerberg destacou o aumento das receitas no trimestre, que foi de 33% sobre o mesmo período no ano passado, atingindo US$ 13,7 bilhões (mais de R$ 50 bilhões). No ano passado, a empresa faturou cerca de US$ 40 bilhões (R$ 148 bilhões), em um aumento de quase 50% sobre o ano anterior, quando a companhia havia gerado receitas de US$ 27 bilhões (cerca de R$ 100 bilhões).
Tendências das redes
Zuckerberg aproveitou a divulgação dos resultados para comentar mudanças nas estratégias da empresa. Ele identificou três grandes tendências e desafios. O primeiro é a mudança das pessoas de redes sociais tradicionais (como o próprio Facebook) para mensagens privadas (como no WhatsApp) e para a linguagem de stories (bastante popular no Instagram).
O segundo é o crescimento do vídeo entre as plataformas do “ecossistema”. Ele reconheceu que o principal aplicativo para isso é o YouTube, mas afirmou que a companhia trabalha para fazer seus serviços de vídeo uma “experiência única centrada nas pessoas”. Ele projeta que as linhas do tempo devem se alterar para stories e vídeos, e que as formas de interação dos próximos 10 anos serão calcadas nos grupos, ou “comunidades”.
O terceiro desafio é o que chamou de “ameaças à segurança”. O FB vem sendo bastante questionado pela disseminação de notícias falsas desde 2016. Neste ano, já teve três grandes vazamentos de dados, sendo o último no mês passado e que comprometeu 30 milhões de usuários. O incidente motivou investigações do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios e questionamentos de organizações da sociedade civil e do Congresso Nacional.
Outros aplicativos também entraram na mira de autoridades e da atenção mundial. O WhatsApp foi bastante questionado pela onda de linchamentos na Índia neste ano em razão de boatos difundidos pela rede. Como resposta, a empresa reduziu o número de destinatários dos encaminhamentos.
Nas eleições brasileiras encerradas no último domingo (28), o aplicativo também foi criticado pelo seu papel na difusão de desinformação sobre candidatos e apoiadores. Investigações sobre esquemas de disparo em massa foram denunciados pela imprensa e viraram alvo de apuração pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e pela Polícia Federal.
“Ao longo dos últimos anos, nós fizemos um monte de trabalho e muito progresso. Nós ainda temos pelo menos um ano antes dos nossos sistemas estarem no nível que queremos, mas eles estão ficando melhor a cada dia – e isso é por conta tanto da tecnologia quanto das pessoas. Nossos sistemas para identificação proativa de conteúdo prejudicial estão melhorando. Nossos sistemas para detecção de interferências nas eleições estão mais maduros agora”, garantiu Zuckerberg.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Moro diz que usará modelo da Lava Jato para combater crime organizado. Veja texto e vídeo da entrevista:

O juiz federal Sergio Moro disse nesta terça-feira (6) que atuará no comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública, a partir de 2019, utilizando o modelo da Operação Lava Jato para combater o crime organizado e que vai trabalhar sem “perseguição política”. Moro afirmou ainda que recebeu a sondagem para participar do governo Bolsonaro em 23 de outubro, antes do segundo turno.
O que Moro disse na entrevista:
Lava Jato será modelo contra corrupção e crime organizado
Integrantes da Lava Jato são considerados para equipe
Quer aprovar parte das ‘dez medidas contra a corrupção’ do Ministério Público
Recebeu sondagem para ser ministro em 23 de outubro
Reiterou que atuará como ministro em uma “função técnica”
Disse que não pode se pautar por ‘álibi falso’ de perseguição
Caso Marielle tem que ser solucionado
Não pretende criminalizar manifestações sociais
Disse ser a favor de reduzir a maioridade penal para crimes graves
Quer investir em tecnologia para elucidar crimes
Discutir possível ida ao STF só no futuro, quando houver vagas
Não vê riscos à democracia e ao Estado de direito
Durante mais de uma hora e trinta minutos, em Curitiba, Moro concedeu a primeira entrevista coletiva desde 2014, quando assumiu operação. Antes de os repórteres começarem as perguntas, o juiz fez um histórico da operação e disse ter aceitado o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para implantar no governo federal uma “forte agenda anticorrupção” e “contra o crime organizado”.
⏩    Mostrar matéria completa  
Atuação no ministério seguindo a Lava Jato
Moro afirmou ter aceitado o ministério para implantar “uma forte agenda anticorrupção” e “contra o crime organizado”. Segundo ele, a ideia é replicar no ministério as forças-tarefas adotadas na Operação Lava Jato. Ele cita como exemplo a atuação do FBI no combate às máfias em Nova York.
Sem dar detalhes, Moro afirmou que apresentará uma série de propostas de combate ao crime organizado. A ideia, diz, é resgatar parte das “dez medidas contra a corrupção”, proposta encabeçada pelo Ministério Público Federal.
Entre as propostas está a possibilidade de os procuradores negociarem a pena (“plea bargain”), o que, afirma Moro, ajudaria a aliviar a Justiça, e aumentar a proteção de denunciantes anônimos.
“A ideia é que essas reformas sejam propostas simples e que possam ser aprovadas em um breve tempo. Sem prejuízo de que propostas mais complexas – e existem várias propostas um pouco mais complexas dentro dessas novas medidas – sejam apresentadas no momento um pouco posterior ou paralelamente. Mas a ideia é apresentar alguma coisa simples e de fácil aprovação no âmbito do Congresso.”
Convite de Paulo Guedes
O juiz afirmou ter sido procurado em 23 de outubro por Paulo Guedes (futuro ministro da Fazenda). Segundo o relato, o encontro ocorreu depois da retirada do sigilo da delação de Palocci.
No encontro, antes do segundo turno das eleições presidenciais, ele foi sondado sobre uma participação no governo. Moro contou que em 1º de novembro se encontrou com Bolsonaro. Segundo Moro, não foram estabelecidas condições para aceitação do convite.
Atuação como técnico, não como político
Questionado sobre assumir uma função política, Moro reiterou que se vê como um juiz atuando em uma função técnica à frente do Ministério da Justiça e da Segurança Pública. “Eu não creio que contrariei uma afirmação que fiz há anos, ao ‘Estado de S. Paulo’, de que jamais entraria na política”, responde ele.
“Na minha perspectiva, na minha visão, eu sigo para atuar em uma função técnica, pra fazer um trabalho técnico de um juiz a cargo desse ministério específico. Não tenho nenhuma pretensão de concorrer em qualquer momento da minha vida a cargos eleitorais, a subir em palanque”, disse Moro.
“Eu, como disse, tomei a decisão que me pareceu melhor para buscar a consolidação desses avanços dos últimos anos em relação à corrupção. E nós não corrermos um risco de retrocesso.”
Integrantes do ministério
Moro disse que pretende chamar nomes que trabalham ou trabalharam na Operação Lava Jato e substituir cargos de comissão por cargos concursados.
“Pretendo chamar ao ministério pessoas absolutamente qualificadas e, sim, nomes que trabalharam na Operação Lava Jato, tanto por terem sido testados por sua eficiência, quanto por sua integridade. As indicações virão a seu tempo.”
Perseguição política
“Não existe a menor chance de utilização do ministério ou da polícia para perseguição política. Não foi feito isso durante a Operação Lava Jato. As pessoas foram condenadas com base em crime de corrupção, de lavagem de dinheiro e associação criminosa. Com base em provas robustas e não por suas opiniões políticas. Não vai ser no ministério que eu vou começar a realizar isso”, afirmou Moro.
Sobre o processo contra o ex-presidente Lula, ele disse que a condenação à prisão não teve nenhuma relação com as eleições. “O que existe é um crime que foi descoberto, investigado e provado e as cortes apenas cumpriram a lei. Não posso pautar minha vida num álibi falso de perseguição política.”
Caso Marielle
O futuro ministro também mencionou o assassinato da vereadora Marielle Franco, do Rio de Janeiro, e seu motorista Anderson Gomes, em 15 de março. “Não desconheço o problema que envolve o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco e do senhor Anderson Gomes”, disse ele.
“Eu acho que é um crime que tem que ser solucionado. Eu, assumindo o ministério, pretendo me inteirar melhor dessas questões e ver o que é possível fazer no âmbito do ministério.”
Redução da maioridade penal
Moro entende ser “razoável” e se disse favorável à redução da maioridade penal para 16 anos em casos de crimes de graves contra a vida, que resultem grave lesão corporal ou crime de estupro.
“Pra esse tipo de crime, um adolescente de 16 anos tem plenas condições de responder pelos seus atos”, disse Moro.
Flexibilização da legislação de armas
O futuro ministro foi questionado sobre a flexibilização do uso de armas, e sinalizou ser favorável à flexibilização da legislação, bandeira defendida na campanha por Bolsonaro. Mas ponderou que “uma flexibilização excessiva pode ser utilizada como armamento para organizações criminosas”. “Tem que pensar quantas armas o indivíduo poderá ter em sua casa”, disse Moro.
“Conversei a respeito com o presidente eleito e existe uma plataforma na qual ele se elegeu que prega a flexibilização da posse de armas. Então, dentro dessa plataforma eleitoral, parece que seria inconsistente agir de maneira contrária”, afirmou o juiz.
Confrontos policiais
Para Moro, a estratégia tem que ser evitar qualquer espécie de confronto policial e “danos colaterais”. “A nossa legislação, ao meu ver, já contempla essas situações de legítima defesa, estrito cumprimento de dever legal. Tem que ser avaliado, no entanto, será necessária uma regulação melhor”. O futuro ministro disse acreditar que confrontos são situações limites.
“Por exemplo, é necessário que o policial espere que um traficante armado atire contra ele de fuzil, pra que ele possa reagir? Me parece que exigir isso de um agente policial é demais. O risco de ele morrer é muito grande”, disse Moro.
Progressão de pena
Moro afirmou que o regime penal tem de ser mais rigoroso em alguns casos, e que o tema requer discussão. “Acho que se barateia a vida quando se tem progressão [de pena] muito generosa”, diz Moro.
Ele defendeu a medida como forma de ressocializar o preso. “Isso é muito importante, mas se existem provas de que o preso mantém vínculos com organizações criminosas, isso significa que ele não está pronto para a ressocialização. A ideia aqui é servir de incentivo para que os presos se abstenham de se afiliar a organizações criminosas, e também enfraquecer essas organizações e proteger a comunidade da soltura de um preso que não está pronto para a ressocialização.”
Movimentos sociais x terrorismo
Moro apontou que os movimentos sociais não são inimputáveis, devem responder por danos causados a terceiros, mas qualificá-los como terroristas “não é consistente” e “não se tem intenção de criminalizar manifestações sociais”.
Policiais disfarçados
Outro ponto levantado pelo futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública é esclarecer a lei brasileira sobre a atuação de policiais disfarçados, para que a polícia possa atuar de forma semelhante ao modelo americano. “Isso se faz muito nos Estados Unidos com grande eficácia contra organizações criminosas: a utilização de policiais disfarçados para descobrir esses crimes”, disse ele citando o exemplo de “policiais disfarçados comprando grandes carregamentos de drogas e armas”.
“A nossa legislação, embora na minha opinião permita este tipo de comportamento, ela não é assim totalmente clara. E é importante deixar isso de uma maneira mais clara.”
Investimento em tecnologia
O futuro ministro defendeu “investir consideravelmente em tecnologia” para melhorar os índices de elucidação de crimes e as técnicas de combater o crime organizado, inclusive dentro da prisão.
Segundo Moro, é necessário incrementar o controle das comunicações dos presos em presídios de segurança máxima. “Como no exterior, a prisão tem que realmente limitar a possibilidade de essas pessoas comandarem o crime de dentro. Precisa investir consideravelmente em tecnologia”, disse ele.
O DNA também é uma aposta dele. “Nós temos uma lei hoje no Brasil que autoriza a colheita do perfil genético do preso, que é como se fosse uma moderna impressão digital, o DNA. Essa é uma prova revolucionária pra identificação de crimes praticados com grave ameaça à pessoa. Em países que desenvolveram esse banco de dados, isso serve não só para elucidar crimes, mas pra exonerar inocentes às vezes condenados por crimes judiciários. Nós temos, no entanto, apesar da lei, uma colheita muito tímida deste tipo de material. Então eu quero desenvolver uma política agressiva – agressiva não quer dizer violenta, evidentemente –, mas pra aumentar essa base de dados, que certamente vai resultar em melhores estatísticas para a elucidação de crimes no Brasil, que são muito baixas.”
Mudanças no Coaf
Moro afirmou que o Ministério da Justiça é o local adequado para se discutir mudanças no Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), atualmente vinculado ao Ministério da Fazenda. “É preciso reestruturar o Coaf e fortalecer o Coaf”.
Na avaliação dele, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, estará muito ocupado com as questões ligadas à economia e o Coaf não deve ser um foco de preocupação dele. Por isso, de acordo com Moro, o local mais adequado para se discutir o Coaf seria o Ministério da Justiça.
Ele mencionou que não haverá interferência política no ministério e que esta também é uma posição de Jair Bolsonaro, que jamais aceitaria, segundo Moro, proteção a ninguém.
Indicação ao STF
Perguntado se impôs ao presidente eleito, como condição para assumir o ministério, a indicação a uma vaga no Supremo Tribunal Federal, Moro negou a condicionante, mas disse que a discussão sobre vagas que eventualmente surgirem no futuro deve ser feita em outro contexto.
“A pergunta é bastante pertinente, mas eu não estabeleci condições. Eu fui conversar com o presidente eleito com uma pauta para nós sabermos onde teríamos convergências e onde teríamos divergências superáveis, certo? Eu jamais procuraria o presidente eleito e estabeleceria condições pra assumir cargo público”, respondeu Sergio Moro.
Ele disse que, atualmente, não acha apropriado discutir sobre vagas no STF, já que não existe nenhuma aberta. “No que se refere ao Supremo Tribunal Federal, não existe uma vaga no momento e não faço aqui nenhum juízo de censura à sua pergunta, mas não acho aqui apropriado a discussão a respeito de uma vaga no Supremo Tribunal Federal atualmente”, disse.
Possíveis divergências com Bolsonaro
Moro afirmou que podem ocorrer divergências entre ele o presidente eleito e que isso é normal. “Vejo com absoluta naturalidade”. Segundo ele, a conversa que teve com Bolsonaro “foi bastante produtiva” e que houve “algumas divergências razoáveis”. “É possível que cheguemos a um meio termo”, disse.
O juiz também apontou que não tem dúvida de que a decisão final é do presidente. “Eventualmente, a melhor decisão pode ser a dele”, afirmou.
Sobre sua avaliação pessoal do novo presidente, Moro disse que o considera moderado. “A minha avaliação que eu tenho do presidente eleito é que é uma pessoa moderada. Inclusive essa própria conversa pessoal me mostrou mais claramente isso. O presidente eleito inclusive moderou o discurso durante as eleições e tem as suas manifestações recentes apresentado esse discurso mais moderado.”
Democracia e Estado de direito
O futuro ministro disse, ainda, que não vê risco à democracia e ao Estado de direito. “Eu não vejo em nenhum momento um risco a democracia e ao Estado de direito”, reiterou Moro.
“No entanto, a afirmação que fiz é que existem alguns receios a meu ver infundados, e a minha presença no governo também pode ter um efeito salutar de afastar esses receios infundados, porque afinal de contas eu sou um juiz, sou um homem de lei, então eu jamais admitiria qualquer solução que fosse fora da lei, como também o presidente eleito. Mas às vezes para convencer as pessoas é preciso reformar o momento.”
Juíza substituta
Ao comentar sobre a juíza Gabriela Hardt, que o substitui provisoriamente na Operação Lava Jato, Moro disse que ela é “absolutamente preparada”.
“É uma pessoa competente, íntegra. Ela não é uma juíza que surge agora. Ela já tem um longo histórico na justiça federal, com casos processuais relevantes”, afirmou. Ele disse ainda que não se sentiria confortável de deixar a operação se os processos não ficassem “em boas mãos”.
Entenda a nomeação
Moro abandonou a carreira de juiz federal para ser ministro da Justiça do governo do presidente eleito. Na segunda-feira (5), ele comentou a decisão de deixar a magistratura e disse que não se vê “ainda como um político verdadeiro”. Na avaliação dele, o cargo é predominantemente técnico.
Moro se afastou das atividades de juiz federal e da Lava Jato logo após aceitar o convite para ser ministro. Em ofício, ele comunicou que vai sair de férias por 17 dias a partir desta segunda e que vai pedir a exoneração da magistratura em janeiro.
Com a saída de Moro, a juíza Gabriela Hardt, substituta da 13ª Vara Federal de Curitiba, fica à frente dos processos da Lava Jato interinamente, até que seja escolhido um novo responsável.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Invasão de residência com tentativa de roubo em Solidão. Veja estas e outras ocorrências no Boletim da PM desta terça-feira (07).

Ocorrências registradas na área desta OME, no dia 06 de novembro de 2018 pela 23º BPM
C-99 (TENTATIVA DE ROUBO À RESIDÊNCIA)
Município : Solidão PE
Local : Centro, Solidão PE
Data/Hora : 062000NOV2018
Vítima-1 : C V B, 83 anos, Separada, Agricultora
Endereço : Centro, Solidão PE
Resumo : A GT de Tabira foi solicitada pela permanência da 2ª CPM a comparecer no local mencionado, para atender a uma ocorrência de tentativa de roubo à residência. O policiamento se deslocou até o endereço, e constatou o fato através da vítima, que relatou que dois elementos invadiram sua residência e vasculharam o interior da casa, enquanto uma terceira pessoa, dava cobertura ao ato delituoso na esquina. Na ocasião, a vítima nervosa, começou a gritar pedindo socorro, e os elementos evadiram-se, tomando destino ignorado. Foram realizadas incursões no intuito de localizar os elementos, porém não obtiveram êxito. Diante do exposto, a ocorrência foi passada à DP local, para adoção das medidas legais cabíveis.
⏩    Mostrar matéria completa  
------------------------------------------------------------
B - 02 (AMEAÇA)
Município : Afogados da Ingazeira, PE
Local : São Francisco, Afogados da Ingazeira, PE
Data/Hora : 060140NOV2018
Imputado : E L de L, 37 anos, divorciado
Endereço : São Francisco, Afogados da Ingazeira, PE
Vítima : L L M, 23 anos,
Endereço : São Francisco, Afogados da Ingazeira, PE
Vítima-1 : R dos S L, 22 anos
Endereço : São Francisco, Afogados da Ingazeira, PE
Vítima-2 : S M de M A, 23 anos
Endereço : São Francisco, Afogados da Ingazeira, PE
Resumo : A equipe da Patrulha Rural foi acionada pela central do 23º BPM, para que seguisse até endereço supracitado, pois, os moradores daquela localidade queixavam-se de um homem que usava tornozeleira eletrônica e que andava ameaçando a vizinhança. Segundo informações passadas pelas vítimas, o imputado às ameaçava de morte dizendo: " que se fosse preso, encheria a cara da gente de bala". Também foi dito ao policiamento, que ele havia adentrado em uma casa abandonada e se escondido. Sendo assim, o efetivo se deslocou até a casa apontada pelas vítimas, local onde o imputado foi localizado e capturado. Diante do que foi exposto, o acusado foi conduzido juntamente com as partes envolvidas até a delegacia de polícia civil, para que fossem adotadas as medidas legais cabíveis.
------------------------------------------------------------
B-99 (PORTE ILEGAL DE ARMA BRANCA)
Município : Tabira-PE
Local : Fátima II, Tabira PE
Data/Hora : 061300NOV2018
Imputado-1 : J E de L, 52 anos, Casado, Agricultor
Endereço : Fátima II, Tabira PE
Vítima-1 : E M de L, 54 anos, Casada, Recepcionista.
Endereço : Fátima II, Tabira PE
Resumo : A GT foi solicitada pela guarda municipal para atender a uma ocorrência envolvendo uma briga entre dois irmãos. A GT se deslocou ao local do fato, onde o imputado em tela estava portando uma faca de doze polegadas de marca e modelo ilegível. Diante do exposto, as partes foram conduzidas à DP local, para adoção das medidas legais cabíveis.
------------------------------------------------------------
B-99 (VIOLÊNCIA DOMÉSTICA)
Município : Afogados da Ingazeira - PE
Local : Centro, Afogados da Ingazeira- PE
Data/Hora : 061400NOV2018
Imputado-1 : R M de C, 29 anos, amasiado, promotor de vendas
Endereço : Ingazeira-PE
Vítima-1 : K G da S dos S, 28 anos, solteira, profissão não informada
Endereço : Centro, Afogados da Ingazeira- PE
Resumo : A GT-2 foi acionada pela Central de Rádio do 23º BPM, para averiguar uma ocorrência de cárcere privado. Chegando ao local, a vítima informou que teria se trancado no quarto de sua casa com medo das agressões que já haviam ocorrido, pois, seu ex-namorado teria adentrado na sua residência com cópias feitas por ele sem seu consentimento. O imputado alegou ao policiamento que ele era locatário da casa e por este motivo teria as chaves, e que teria ido à residência pedir para sua ex desocupar a casa que ele pagava. Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas à DP local, para serem tomadas as medidas legais cabíveis, tendo em vista que o imputado ficou recolhido até o momento do fechamento do presente boletim de ocorrência.
------------------------------------------------------------
D-04 (PERTURBAÇÃO DO SOSSEGO)
Município : Carnaíba - PE
Local : Bela Vista, Carnaíba-PE
Data/Hora : 061930NOV2018
Imputado-1 : J V dos S, 49 anos, solteiro, agricultor.
Endereço : Bela Vista, Carnaíba-PE
Vítima-1 : J E P dos S,45 anos, casado, agricultor
Endereço : Bela Vista, Carnaíba-PE
Resumo : A GT Local ao realizar rondas, foi acionada pela testemunha, a qual informou que o imputado estava dentro de casa, após ter ingerido bebida alcoólica, causando desordem. Chegando no local, o policiamento constatou o fato, onde o mesmo agrediu o pai, a vítima, quando este tentou conter o filho, vindo a ser lesionado na orelha direita e nos braços, ficando com algumas escoriações. Sendo assim, o policiamento precisou usar a força necessária para conter o agressor. Diante dos fatos, as partes foram encaminhadas à DP local, para que fossem adotadas as medidas legais cabíveis.
Reproduzido por Blog Tv Web Sertão
...............................................................
ANÚNCIOS WEB SERTÃO - Veja os anúncios comerciais em nosso Blog (CLICK AQUI)
ELITE DIGITAL FESTAS E EVENTOS - Vai fazer festa? (CLICK AQUI) 
AFOGADOS VEÍCULOS.COM - Lojas, Peças e Serviços em Afogados (CLICK AQUI)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...