O desdobramento dos smartphones

Surgiu uma nova categoria de smartphones que muda os rumos da tecnologia: o celular dobrável. Híbrido de celular com tablet, ele proporciona ao usuário tanto a experiência de carregar um aparelho pequeno, que cabe em uma mão e é de fácil manuseio, quanto poder transformá-lo em uma tela grande com até 8 polegadas, em que é possível abrir vários aplicativos ao mesmo tempo.
No domingo 24, a chinesa Huawei, segunda companhia que mais fabrica celulares do mundo, apresentou seu modelo Mate X, na Mobile World Congress (MWC), em Barcelona, o maior congresso mundial de telefonia móvel. Além de dobrar, o aparelho já vem com 5G, uma conexão tão rápida que, segundo a empresa, conseguiria fazer o download de um vídeo de 1 GB em três segundos.
A previsão é que chegará ao mercado internacional apenas no final de 2019, e o preço estimado é tão impressionante quanto o próprio aparelho: US$ 2.600, cerca de R$ 9.700.