Jabitacá, tradição e devoção - O que mudou após a gestão do prefeito Zeinha Torres.

A religiosidade há muitos anos faz parte da história do distrito de Jabitacá, que fica localizada a cerca de dezoito quilômetros da sede Iguaracy. Há cento e dezesseis anos os fieis católicos comemoram com festa a devoção a “Senhora dos Remédios’, mesmo esta não sendo a santa oficial da igreja, e sim a Imaculada Conceição.
O fato se iniciou graças a uma tradição que remota aos anos de 1900, com a chegada de uma pequena imagem introduzida pela família Perazzo, e que acabou gerando um novenário que deu origem a festa que hoje conhecemos.
Vasto comércio ao entorno da igreja atraem a curiosidade 
de fieis, moradores e turistas
Porém, boa parte do turismo local está ligada as festividades de rua, denominada recentemente apenas por "Festa de Agosto de Jabitacá", a festa sempre foi muito bem frequentada por moradores de todo o Pajeú e inclusive por paraibanos, visto que o distrito faz divisa com a cidade de Monteiro-PB.
Interligação da Igreja com a Praça deu mais vida e modernizou o ambiente 
Um presente da administração do prefeito Zeinha Torres
Os moradores de Jabitacá nos últimos anos vinham se reclamando da desvalorização do evento que a cada ano perdia volume de público e isto enfraquecia até os eventos religiosos, roubando muito do seu brilho e animação, porém, graças a um grande investimento e revitalização por parte da atual administração do prefeito Zeinha Torres, a Festa de Agosto ganhou novo status e hoje é referência no Pajeú.
 Em Jabitacá ainda permanece a cultura interiorana de uma boa prosa 
na calçada reunindo familiares e amigos
Com o resgate das apresentações durante todas as noites, e também com a divulgação das atrações com certa antecedência, a Festa de Agosto, também vem atraindo um grande número de visitantes para o distrito, alguns destes filhos da terra que residem em outras cidades e que vem no intuito de rever os familiares e amigos, assistir as missas e claro, se divertir na festa de rua.
Até o parque de diversões já não é mais o mesmo, desde o ano passado, pela primeira vez na história de Jabitacá, a criançada do distrito está podendo desfrutar de brinquedos que geralmente só se encontram em cidades maiores.
A vasta programação e o sucesso da festa também estimulou o aumento de comerciantes de produtos diversos e também na oferta de lanches na área de alimentação, dando maior opção de compra ao público festeiro.
No quesito segurança, os eventos vem ocorrendo de maneira tranquila e pacifica, todos os dias está sendo registrado a forte presença da Polícia Militar.
Equipes de saúde também estão sempre de prontidão para qualquer eventualidade.
Em relação as atrações, todas estão sendo de muito bom gosto, sem conteúdo que estimule a violência, sem apelo sexual, sem palavras depreciativas ou que venha a denegrir a imagem das mulheres.
Para quem ainda não conhece e deseja conhecer Jabitacá, e também aproveitar estes últimos dias de festa que se encerra dia 14, o acesso se dá pela PE 282 que a liga com sua sede, Iguaracy, e seguindo a mesma PE, na outra extremidade, com o município de Monteiro-PB, porém, todo este trecho se encontra ainda em estrada de chão. Já pela PE 275, que a liga com as cidades de Sertânia e Tuparetama a malha é asfáltica.