Parceria com o SENAR foi um grande sucesso e centenas de moradores da zona rural foram beneficiados em Iguaracy.

Com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Iguaracy, através do Sindicato Patronal de Sertânia, o Governo Municipal de Iguaracy, conseguiu uma importante parceria com o SENAR Pernambuco, que é um programa nacional da administração central de Brasília, e trouxe para o município, a edição do Programa Especial: "Saúde do Homem e da Mulher Rural". As Secretarias de Saúde e de Assistência também deram importante contribuição para o sucesso do evento.
O evento que ocorreu na UBS e CAE de Jabitacá, nesta terça-feira (05), contou com a presença de centenas de moradores do campo que puderam comparecer ao importante evento graças a disponibilização de transportes por parte da prefeitura.
O programa disponibilizado pelo Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) em Iguaracy, teve por objetivo atender o trabalhador e o produtor rural no tocante a saúde do homem e da mulher rural. Os convites para participação do evento foram feitos através dos Agentes de Saúde do município.
Em conversa com Renata Rodrigues da Silva, que junto com Antônio Ricardo Pessoa Campos de Melo, são supervisores de treinamento do Senar, esta disse que o programa trouxe para Iguaracy uma unidade móvel de mamografia, onde foi disponibilizado 50 mamografias, um laboratório para coletar PSA e citologia, trouxe palestras educativas com vários temas como câncer de próstata, tumores femininos, câncer de pele, melanoma, DSTs, Aids, disse que foi feito também a entregas de kits de higiene pessoal para cada um dos moradores rurais que participaram dos cursos que foram oferecidos.
A supervisora do Senar disse que achou bastante positivo o evento que contou com uma quantidade expressiva de pessoas e na grande maioria formada por homens. "A gente fica feliz em ver uma grande quantidade de homens participando deste evento, fazendo exame de próstata e se cuidando. Atendimentos como estes são de grande importância para o homem e para a mulher rural que não tem acesso a estes tipos de serviços, que são obrigados a se deslocarem para os grandes centros no objetivo de fazer uma mamografia ou um exame médico mais diferenciado. Este é um programa exclusivo para a zona rural, então por isso foi escolhido Jabitacá, pela predominância rural que é o pré-requisito para que o programa seja realizado", disse Renata.
Sobre a equipe de atendimento, Renata disse que de Recife só vieram quatro pessoas, ela e Antônio Ricardo que são da regional do Senar Pernambuco e os dois instrutores que deram as palestras. A equipe de mamografia contratada veio da cidade de Arcoverde e o laboratório veio da cidade de Petrolina. Renata ressaltou que os urologistas contratados infelizmente não vieram para o evento.

































Veja todas as fotos do evento - CLIQUE AQUI