https://www.facebook.com/pg/saudeiguaracy/posts/?ref=page_internal

Do litoral ao Sertão a Lei Seca não vai dar trégua

As ações de fiscalização e conscientização da Operação Lei Seca começam amanhã (21), à noite, e se estenderão até a manhã da Quarta-feira de Cinzas, nos focos de folia do Recife, Olinda, interior de Pernambuco e no acesso às praias. Cerca de 60 blitzes estarão nas ruas durante o período de Momo para evitar a combinação de bebida alcoólica e direção. O anúncio foi feito ontem durante entrevista coletiva da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que divulgou também a estrutura da pasta montada para a festa.
Durante o Galo da Madrugada, no próximo sábado, a Lei Seca atuará com bloqueios durante 24 horas, das 6h (sábado) às 6h do dia seguinte. No
Do litoral ao Sertão a Lei Seca não vai dar trégua
As ações de fiscalização e conscientização da Operação Lei Seca começam amanhã (21), à noite, e se estenderão até a manhã da Quarta-feira de Cinzas, nos focos de folia do Recife, Olinda, interior de Pernambuco e no acesso às praias. Cerca de 60 blitzes estarão nas ruas durante o período de Momo para evitar a combinação de bebida alcoólica e direção. O anúncio foi feito ontem durante entrevista coletiva da Secretaria Estadual de Saúde (SES), que divulgou também a estrutura da pasta montada para a festa.
Durante o Galo da Madrugada, no próximo sábado, a Lei Seca atuará com bloqueios durante 24 horas, das 6h (sábado) às 6h do dia seguinte. No interior, as equipes vão agir nos focos dos Papangus, em Bezerros, no Agreste; e do maracatu rural, em Nazaré da Mata, na Mata Norte do Estado.
As blitzes contam com agentes da SES, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) e da Polícia Militar. “A Operação Lei Seca continua com a preocupação de evitar que os condutores combinem álcool e direção. Elaboramos estratégias para o reforço nas áreas de aglomeração de Recife e Olinda”, destaca o coordenador-executivo da operação, Felipe Gondim.
Durante o Carnaval, toda a rede de urgência ligada à SES funcionará 24 horas por dia. Mais de 4,4 mil plantões de profissionais vão reforçar a ação. Desse total, são 134 médicos, 1.124 analistas em saúde (enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas e assistentes sociais entre outros) e 3.237 assistentes em saúde (técnicos de enfermagem, radiologia, laboratório e farmácia).
“Entre 2019 e este início de ano, já convocamos para nossos serviços mais de 1,2 mil profissionais de saúde, metade deles médicos. Esses chamamentos foram essenciais para regularizar as escalas de plantão dos hospitais e já prepará-los para momentos como este. Mesmo assim, estamos ampliando a nossa capacidade com plantões extras”, assegura o secretário Estadual de Saúde, André Longo.interior, as equipes vão agir nos focos dos Papangus, em Bezerros, no Agreste; e do maracatu rural, em Nazaré da Mata, na Mata Norte do Estado.
As blitzes contam com agentes da SES, do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE) e da Polícia Militar. “A Operação Lei Seca continua com a preocupação de evitar que os condutores combinem álcool e direção. Elaboramos estratégias para o reforço nas áreas de aglomeração de Recife e Olinda”, destaca o coordenador-executivo da operação, Felipe Gondim.
Durante o Carnaval, toda a rede de urgência ligada à SES funcionará 24 horas por dia. Mais de 4,4 mil plantões de profissionais vão reforçar a ação. Desse total, são 134 médicos, 1.124 analistas em saúde (enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas e assistentes sociais entre outros) e 3.237 assistentes em saúde (técnicos de enfermagem, radiologia, laboratório e farmácia).
“Entre 2019 e este início de ano, já convocamos para nossos serviços mais de 1,2 mil profissionais de saúde, metade deles médicos. Esses chamamentos foram essenciais para regularizar as escalas de plantão dos hospitais e já prepará-los para momentos como este. Mesmo assim, estamos ampliando a nossa capacidade com plantões extras”, assegura o secretário Estadual de Saúde, André Longo.