Prefeitura realiza reunião do PNAE que irá gerar renda para agricultores e merenda de qualidade nas escolas.

Com o encontro, o município deu o ponta pé inicial para fazer as aquisições dos produtos da agricultura familiar e que irá complementar a merenda escolar do município.
A reunião que contou com a presença do prefeito Zeinha Torres, do secretário de Administração Marcos Henrique e do técnico Agrícola Antônio Carlos, ocorreu pela manhã na sede do PAR, (Programa de Apoio Rural), localizado na Rua João Alves dos Passos, em frente ao prédio do IPA, e serviu para conversar com os agricultores, montar o plano de trabalho e definir a data de abertura da chamada pública. Também foi apresentado para os produtores o cardápio e quais serão os alimentos que serão adquiridos através do PNAE.
O prefeito Zeinha Torres vem incentivando muito a agricultura familiar no município, vem trabalhando para incentivar cada vez mais a produção e a geração de renda dos agricultores familiares.
O municipio convidou todos os agricultores que tem interesse em participar e fornecer os alimentos para complementar a merenda escolar do município, através do PNAE, que é o Programa Nacional de Alimentação Escolar, onde a lei determina que no mínimo 30% da merenda escolar do município tem que ser adquirida através da agricultura familiar.
Esse programa é muito importante porque além de gerar renda para os agricultores, faz com que eles tenham renda e uma melhor qualidade de vida estimulando para que permaneçam com a sua família nas unidades rurais.
Iguaracy desde 2017, quando o prefeito Zeinha assumiu a gestão, vem comprando os alimentos aos agricultores, gerando renda, gerando produção e colocando alimentos de qualidade na mesa dos alunos do município.
O programa é feito através de uma chamada pública, onde é lançado o edital com informações de quais são os alimentos que serão adquiridos através do PNAE, onde o cardápio é elaborado pela nutricionista da Secretaria de Educação juntamente com a equipe técnica que trabalha com os agricultores, e fazem um levantamento de quais os alimentos que podem ser servidos na merenda escolar do município.
Como critério, os agricultores tem que ter a DAP, que é a declaração de aptidão ao Pronaf, que é um documento que identifica que se trata de uma agricultura familiar e que está apto para poder participar do programa do Governo Federal que é executado pelo município.
Cada agricultor pode comercializar até 20.000 reais por ano, porém, estes alimentos tem que serem produzidos na sua unidade familiar. Sacolões, quitandas e atravessadores não são aceitos no programa.
A equipe técnica da Prefeitura faz todo o processo, desde a chamada pública, da publicação do edital, e todas as orientações e acompanhamentos.
Quando os agricultores estão aptos, é efeito também uma amostra, onde uma comissão que é formada pela Secretaria de Educação junto com a nutricionista, verificam se os produtos oferecidos se enquadram nos critérios exigidos para o consumo.
É um programa importante no município, que vem para gerar renda, que vem para incentivar o homem do campo com a produção e a comercialização e levando para as escolas alimentos de qualidade produzida dentro do próprio município de Iguaracy.
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO GOVERNO DE IGUARACY