Policial acusado de matar George Floyd deve ganhar US$ 1 milhão mesmo na prisão

Derek Chauvin, ex-policial acusado de matar George Floyd, segundo informações da CNN americana, mesmo que seja condenado, pode receber mais de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5 milhões) em benefícios previdenciários durante seus anos de aposentadoria.
Desde o mês passado, Chauvin é alvo de fúria nacional após surgir imagens dele ajoelhado no pescoço de Floyd, que repetia: “não consigo respirar”.
Após o ocorrido, ele foi demitido e, em meio a protestos nacionais, acabou sendo acusado de assassinato em segundo grau. Três outros agentes envolvidos na abordagem a Floyd também foram demitidos e enfrentam acusações criminais.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO GOVERNO DE IGUARACY