Carro de montadora chinesa recebe certificado para voar nos EUA

A Federal Aviation Administration (FAA) emitiu um certificado de aeronavegabilidade para o carro voador Transition, da Terrafugia, que pertence à montadora chinesa Geely Technology. Com isso, o veículo está liberado para voar e a Terrafugia acredita que modelos do tipo possam trafegar pelas ruas e céus em 2022.
A liberação também pode significar que a Terrafugia possa desenvolver variantes específicas para voos. Essa é a primeira vez que o órgão norte americano emite um certificado do tipo para carros voadores modernos. Isso significa que ele foi aprovado em testes de design, desempenho e segurança, mas ainda não pode ser usado comercialmente.
O veículo em si traz uma hélice na parte traseira, motor Rotax 912iS de 101 cv e pode atingir velocidades de até 161 km/h. Para funcionar, o Transition pode utilizar gasolina premium ou combustível de avião.O Transition, apesar da autorização, só deve realizar voos tradicionais em 2022. Ele também conta com uma gaiola de segurança feita de fibra de carbono e um paraquedas embutido. As asas do modelo voador também podem ser dobradas, para que o veículo seja estacionado em uma vaga “comum” para carros.
Transition foi testado no meio da pandemia
“Esta é uma grande conquista que gera impulso na execução de nossa missão de entregar o primeiro carro voador prático do mundo”, disse Kevin Colburn, vice-presidente da Terrafugia.
Segundo Colburn, a equipe responsável pelo Transition melhorou o sistema de qualidade, completou aspectos críticos do projeto e realizou 80 dias de testes de voo. Ao todo, foram entregues 150 documentos técnicos “e [o veículo] passou com sucesso na auditoria da FAA”, ainda que a pandemia de coronavírus (Sars-Cov-2) tenha sido um fator limitante.
Via: UOL