“A partir de agora, vamos prender todo mundo”, diz secretário sobre pessoas aglomerando em Pernambuco

Após fiscais do Procon terem flagrado uma festa para mais de 100 pessoas em uma fazenda na Zona Rural de Moreno, no Grande Recife, o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, afirmou que, a partir de agora, quem for flagrado em festas clandestinas e aglomerações pode ser preso. Segundo ele, todos os que desobedecem às medidas restritivas em todo o Estado de Pernambuco, estão praticando crimes contra a saúde pública.
“Não vamos mais tolerar esse tipo de comportamento. Todos que participam estão praticando um crime contra a saúde pública, previsto no artigo 268 do código penal”, destacou o secretário.
Desde o início das fiscalizações, o governo havia conduzido às unidades policiais apenas os organizadores dos eventos. A partir de agora, o secretário afirma que todos os envolvidos deverão ser penalizados.
“A partir de agora, vamos prender todo mundo. Pode ser aglomeração festiva ou festa clandestina, vai todo mundo preso, não só o responsável. Todos os participantes serão conduzidos a uma delegacia e responderão a processo criminal”, alertou Eurico.