Queiroga pede 50 milhões de doses de vacinas à Pfizer

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, pediu à Pfizer que tente adiantar “o quanto antes” a entrega de 50 milhões de doses de vacina contra covid-19, das 100 milhões previstas para 2021 no contrato do Governo Federal com o laboratório. O pedido foi feito durante reunião com a presidente da farmacêutica no Brasil, Marta Díez, na tarde de ontem.
“Precisamos ampliar a nossa capacidade vacinal agora. Convido vocês para fazermos esforços conjuntos para garantir essas vacinas o quanto antes”, disse Queiroga.
Marta Díez afirmou que a previsão é de que o primeiro lote de vacinas contra covid-19 da farmacêutica chegue ao Brasil entre os meses de abril e maio. Segundo ela, as entregas serão feitas semanalmente e de forma escalonada.
O cronograma presente no contrato prevê a entrega de 13,5 milhões de doses da vacina da Pfizer no segundo trimestre e outros 86,5 milhões no terceiro.
Além da entrega do imunizante, o ministro também debateu com a farmacêutica questões ligadas à logística e distribuição da vacina para todo o território nacional.
Fonte: UOL