Pernambuco espera concluir a vacinação dos maiores de 60 anos contra a Covid-19 até o início de maio

Após essa etapa, será iniciada a imunização das pessoas com comorbidades
Pernambuco recebe, na madruga desta sexta-feira (16), um novo lote de vacinas contra a Covid-19, com 255 mil doses, sendo 102.400 da CoronaVac, distribuída no Brasil pelo Instituto Butantan, e 152.750 do imunizante desenvolvido pela AstraZeneca/Universidade de Oxford, distribuído no País pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
A previsão com esse abastecimento é de estender a vacinação entre a população acima de 60 anos. Nesta quinta-feira (15), o titular da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE), André Longo, disse que a expectativa é concluir a imunização desse grupo até o final deste mês ou, no mais tardar, no início de maio.
A partir daí, serão dados novos passos, "com o início da vacinação de pessoas com comorbidades, além de profissionais da educação e trabalhadores de serviços essenciais”, disse André Longo, sem especificar, porém, quais seriam esses grupos de trabalhadores essenciais.
Algumas categorias, por sinal, se manifestaram nas últimas semanas pedindo a inclusão entre as prioridades, como os sindicatos dos bancários e dos jornalistas.
Segundo o gestor, essas determinações de prioridade são administradas, principalmente, pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.
Quanto à população com comorbidades, ele adiantou que estarão inseridas as pessoas com deficiência e também os portadores de HIV. As orientações sobre como ocorrerá a vacinação nesses grupos serão detalhadas futuramente.
As vacinas que chegarão durante a madrugada começarão a ser distribuídas para os municípios já na manhã da sexta-feira (16). Esse lote chegou a ser anunciado na última terça (13), mas sofreu um atraso na entrega.Com esse novo quantitativo de vacinas, sobe para para 2.276.080 o número de doses recebidas por Pernambuco, sendo 1.742.360 da Coronavac/Butantan e 533.720 da Astrazeneca/Fiocruz. (Folha PE)