Instituto Lumiart esteve em Iguaracy apresentando projeto cultural e social que tem por objetivo ajudar jovens da região.

O Instituto Cultural e Social Lumiart, criado em 2010 pelos irmãos Núbia Santana e Chico Santana vem fazendo um trabalho de resgate e ressocialização de jovens que passaram pelas medidas socioeducativas e pelo sistema penitenciário, com projetos sociais e fazendo o trabalho de prevenção nas escolas.
Agora, além do Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais, o Instituto chega a Pernambuco dando oportunidade de trabalho aos jovens da região do Auto Pajeú com o projeto Plano Nota 10. O projeto atenderá mais especificamente nas cidades de Ingazeira, Iguaracy, Afogados de Ingazeira, Tuparetama e Tabira, se estendendo a dez escolas publicas dos referidos municípios.
O projeto que já foi apresentado nas cidades de Ingazeira e Tabira, esteve neste dia 24 e 25 de maio sendo apresentado na cidade de Iguaracy, na Escola Municipal Dr. Diomedes e na Escola Erem Professora Rosete. (Veja imagens na matéria).
O projeto Plano Nota 10 de enfrentamento a violência, consiste na exibição de um filme documentário produzido e dirigido pelos irmãos Núbia Santana e Chico Santana abordando temas como violência e drogas. O momento contou com a distribuição de camisetas personalizadas e uma palestra com um Policial Civil, bacharel em direito e especialista em ministrar conferências. 
O evento contou ainda com a participação de um dos integrantes do filme relatando suas vivencias na medida socioeducativa, no sistema penitenciário e como conseguiu se reintegrar a sociedade com o apoio do Instituto Lumiart se tornando um artista de múltiplas funções (rapper, compositor, artista plástico, grafiteiro, ator e palestrante).
Em conversa com Chico Santana, que é o produtor do filme e membro do Instituto Lumiart, este relatou que o principal objetivo do instituto é de ajudar os jovens que estão em situação de risco e carentes de uma atenção especial, disse que por ser ele e sua irmã, Núbia Santana, naturais da região do Alto Sertão do Pajeú, não medirão esforços para estarem atuando na região.