Praias e parques serão fechados em Pernambuco nos próximos dois finais de semana

A ampliação das restrições de atividades para tentar combater a expansão da pandemia vai atingir o lazer dos pernambucanos. As praias e parques serão fechados em Pernambuco nos próximos dois finais de semana, no Grande Recife e em alguns Municípios da Zona da Mata.
Toda a situação nova será detalhada no Diário Oficial desta terça, com um decreto do governo estadual.
A ampliação das restrições afetas as igrejas. Pelas novas restrições, elas serão fechadas para celebrações presenciais no fim de semana, na macrorregião 1. A macrorregião 1 contempla a Região Metropolitana do Recife e cidades da Zona da Mata.
Na macrorregião 2 fechadas do dia 26 a 6 de junho. Essa subdivisão engloba os 53 municípios que têm como cidades polo Caruaru e Garanhuns – no Agreste, e mais 12 cidades, com sede em Limoeiro, que entrarão em quarentena rígida também nos dias de semana.
Entenda a decisão
Mais cedo, o Governo de Pernambuco anunciou, nesta segunda-feira (24), novas medidas restritivas para diferentes regiões do Estado.
Conforme o comunicado, na Macrorregião 1, que contempla a Região Metropolitana do Recife e cidades da Zona da Mata, apenas atividades permitidas poderão funcionar nos finais de semana.
Atividades permitidas são: padarias, supermercados, farmácias, mercadinhos, postos de gasolina, hotéis, óticas e consultórios médicos. O resto fecha, como bares e restaurantes, shoppings, galerias comerciais, comércio de rua, restaurantes, bares, cabeleireiros, clínicas de estética. Durante a semana, permanece o esquema atual, com fechamento às 20h.
As igrejas vão ficar fechadas para celebrações presenciais no fim de semana, na macrorregião 1. Na macrorregião 2 fechadas do dia 26 a 6 de junho.