Gusttavo Lima revela que não foi ao velório da irmã por causa de show: “Do que adianta dinheiro, sucesso?”

Em entrevista ao jornalista Leo Dias, Gusttavo Lima relembrou o passado, com sua origem pobre, e os momentos difíceis que já enfrentou, como quando quebrou e quando sua irmã Luciana faleceu. “Eu fui criado no lixo. Comia abóbora com farinha até os 7 anos. Meu pai levava carne 1 vez por mês pra gente comer”, contou o cantor, que durante meses ficou desabrigado com a família após a casa onde moravam, em Minas Gerais, ter pegado fogo.
Gusttavo Lima falou também da vez em que quebrou financeiramente, quando a carreira já ia bem. “Depois de fazer sucesso no Brasil e fora, em 2014 eu quebrei. Morei de aluguel. Naquele momento, em 2014, eu pensei: ‘não tem problema, eu já estou acostumado a passar dificuldade’. Se eu tivesse que voltar a cantar em barzinho, tudo bem. Eu já passei muita dificuldade na minha vida e é marcante. Quem me olha hoje vê minha vida às mil maravilhas, mas não sabe um terço do que eu já passei.”
Em 2012, Gusttavo Lima perdeu a irmã Luciana. Ele revelou a Leo Dias que, diante da impossibilidade de ir ao velório, para cumprir agenda de shows, pensou em desistir de tudo. “Quando minha irmã morreu, eu estava fazendo 30 shows por mês. Eu me questionei: do que adianta isso aqui tudo? Dinheiro, sucesso… Eu perdi uma pessoa que eu amo, mas não consegui ir ao velório dela, porque eu tinha show pra fazer”.
“Eu pensei: ‘não é possível. Não adianta ter tudo se você não pode estar com as pessoas que você ama’. Voltei pra casa dos meus pais, queria abandonar tudo. E depois me convenceram [a continuar]. Mas, na época, a decepção era gigantesca porque eu não consegui dar atenção pra minha irmã por causa da música. A minha culpa era gigantesca”, falou Gusttavo Lima.