Novo sequenciamento genético do coronavírus não detecta variante Delta em Pernambuco

O Instituto Aggeu Magalhães (IAM/Fiocruz PE) emitiu, nesta sexta-feira (20), um novo relatório de circulação de linhagens de SARS-CoV-2 em Pernambuco.
Nesse novo estudo, entre as amostras biológicas analisadas de pacientes que tiveram a Covid-19, não foi detectada a linhagem Delta.
Das 157 amostras estudadas, 107 (68%) tinham a presença da variante Gama, também conhecida como P.1. Isso mostra a prevalência da variante no território pernambucano.
Ainda de acordo com informações repassadas ao Portal Folha PE, já o restante dos genomas analisados são das sublinhagens da original Gama: P.1.1 (21%); P.1.2 (1,3%) e P.1.7 (9%).
O sequenciamento genético é analisado por meio da coleta de amostras provenientes de pacientes de 53 municípios realizadas entre os meses de junho e julho deste ano.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232