Moro anuncia entrada na política com slogan igual ao que foi usado para defender inocência de Lula.

No próximo dia 10, em evento em Brasília, o ex-ministro da Justiça e ex-juiz da operação Lava Jato Sergio Moro vai se filiar ao partido Podemos. A divulgação de sua candidatura, no entanto, chama a atenção por ser idêntica a uma utilizada pelo PT (Partido dos Trabalhadores) em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2016.
A frase “Um Brasil justo para todos”, que está sendo usada no convite virtual para o ato de filiação, junto a uma foto de Moro em frente à bandeira do Brasil, foi usada pelo PT em campanha para defender a inocência de Lula frente às investigações da Operação Lava Jato, conduzida por Moro.
A campanha “Um Brasil Justo pra Todos e pra Lula” foi lançada em novembro de 2016 e, segundo o portal do PT, propunha um “esforço nacional e internacional de defesa da democracia, do Estado de Direito e do ex-presidente Lula”.
Cinco meses depois do lançamento desta campanha, Sergio Moro decretou a prisão do ex-presidente em primeira instância por corrupção e lavagem de dinheiro, a qual só viria a se concretizar em abril de 2018. Depois de 580 dias preso, Lula foi solto em 8 de novembro de 2019, após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a legalidade da prisão de condenados em segunda instância.
Em março de 2021, o relator da Lava-Jato, Edson Fachin, anulou todas as decisões tomadas pela 13ª Vara Federal de Curitiba, antes conduzida por Moro, em quatro processos contra Lula, por entender que a Justiça de Curitiba não tem competência em relação ao caso. Com a decisão, o petista recuperou seus direitos políticos e poderá se candidatar nas eleições presidenciais em 2022.
Fonte: Yahoo Notícias

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232