Paulo Câmara revogou neste final de semana decreto que exigia comprovante de vacinação ou teste negativo da Covid-19 para entrada em igrejas


O governador de Pernambuco, Paulo Câmara, revogou recentemente um decreto que exigia comprovante de vacinação ou teste negativo da Covid-19 para que igrejas e templos recebessem público acima de 300 pessoas. O Decreto n° 51.749/2021 foi assinado sexta-feira, 29 de outubro, sem alarde por parte do governo.
Esse novo documento derrubou várias restrições de prevenção à Covid-19, incluindo o Decreto n° 51.460/2021, que provocou polêmica ao impor controle ao funcionamento de igrejas e tempos com mais de 300 fiéis por celebração/culto.
Além do polêmico decreto das igrejas, o governo estadual também revogou os decretos de números 50.052, 50.062, 50.077, 50.258, 50.377, 50.446, 50.924, 50.993, 51.030, 51.052, 51.100, 51.261 e 51.589.
Com as revogações o governador liberou, por exemplo, a realização de eventos culturais, shows e bailes, com ou sem comercialização de ingressos, em todos os municípios pernambucanos, sem restrição de horário.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232