Em 2022, empreendedores da Região Nordeste terão R$ 26,6 bilhões em crédito por meio do FNE

O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, o FNE, vai financiar até 26 bilhões e seiscentos milhões de reais para empreendedores urbanos e produtores rurais da região em 2022.
O valor foi aprovado pelo Conselho Deliberativo, o Condel, da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste, a Sudene.
O general Carlos César Araújo Lima, superintendente da Sudene, destacou os principais desafios para que os recursos do FNE cheguem a quem mais precisa.
“Gerenciar esses recursos requer, entre outras coisas, planejamento e integração, que é o que nós estamos buscando para 2022. Precisamos levar esses investimentos para áreas menos assistidas. A única grande mudança para 2022, por conta desse papel planejador da Sudene, é levar para o local certo, para o momento certo e para o grupo mais adequado para ser apoiado”.
Os recursos do FNE são administrados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, o MDR, e pela Sudene e concedidos por meio do Banco do Nordeste, aquecendo a economia e gerando emprego e renda.
Os financiamentos podem ser usados em projetos para abertura do próprio negócio, investimentos na expansão das atividades, compra de estoque e até para custeio de despesas relacionadas à administração do empreendimento.
Para saber mais sobre esta e outras ações do Ministério do Desenvolvimento Regional, acesse mdr.gov.br.