Mais de 2.000 voos são cancelados no mundo por expansão da ômicron

As companhias aéreas cancelaram mais de 2.000 voos em todo mundo, 25% deles nos Estados Unidos, devido à expansão da variante ômicron da covid-19.
De acordo com o site Flightaware, às 15h50 (horário de Brasília) desta sexta-feira (24), houve pelo menos 2.272 cancelamentos de voos. Deste total, 585 são viagens vinculadas aos Estados Unidos, entre internacionais e domésticas.
A maioria dos voos foi programada antes do surto de ômicron, variante que está se espalhando em grande velocidade e é mais contagiosa do que as anteriores.
Inúmeras empresas ouvidas pela AFP mencionaram como causa a nova onda da pandemia, que afeta, em especial, as tripulações.
Conforme a Flightaware, a United Airlines teve de cancelar mais de 180 voos nesta sexta-feira, o correspondente a 8% dos programados.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232