Pernambuco confirma mais duas mortes de pessoas com Influenza A H3N2 e 179 casos de gripe


Pernambuco confirmou, nesta quinta-feira (23), mais duas mortes de pessoas com Inflluenza A H3N2 e 179 casos de pacientes com o tipo A do vírus da gripe. Com isso, o estado passou a totalizar 222 infecções e três mortes, registrados em cinco dias. O governo também já confirmou transmissão comunitária da Influenza A H3N2.
As análises foram realizadas no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PE). De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), do total de casos, 217 são do vírus H3N2.
Uma variante desse vírus, chamada de Darwin, foi identificada em circulação no Brasil e pode ser a razão dos surtos de gripe em diversos estados. No entanto, ainda não há confirmação de que essa variante esteja presente no estado.
Um dos casos de influenza, que já havia sido registrado desde o sábado (18), foi diagnosticado por meio de critério clínico-epidemiológico, por meio do qual não é possível detectar o vírus causador. Além disso, há cinco casos de influenza não subtipada, também sem definição do agente causador.
As cinco ocorrências da influenza A não subtipada são da Ilha de Itamaracá (1), Recife (3) e São Lourenço da Mata (1). A SES informou que, dos 222 casos, 28 (12,6%) desenvolveram quadros de síndrome respiratória aguda grave (Srag).
A SES informou, ainda, que a maioria dos casos de Influenza A (H3N2) ocorre entre pessoas com idades de 20 a 49 anos, que concentram 65,8% das infecções. Além disso, 53,4% são homens e 46,6%, mulheres.
Fonte: G1

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232