Procura por teste de covid-19 em farmácia aumenta em duas semanas no Brasil


A procura por testes de covid-19 em farmácias em todo o Brasil teve aumento de 44% em um intervalo de duas semanas. A informação é da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma). A alta na testagem coincide com o surto de gripe provocado pelo vírus da influenza.
Entre 13 e 19 de dezembro, foram 137.618 atendimentos, que representam 9% a mais do que o verificado entre 6 e 12 do mesmo mês. Em relação ao intervalo de 29 de novembro a 5 de dezembro, no entanto, o aumento chega a 44%. A média de testagem em farmácias, segundo a associação, estava em queda desde junho, mas voltou a crescer nos últimos dois meses.
Em relação aos positivados, dos mais de 137 mil atendimentos feitos na terceira semana de dezembro, foram confirmados 10.982 casos de covid-19. Na semana anterior, eram 8.278. O percentual de diagnósticos de coronavírus em relação ao total de atendimentos passou de 6,56% para 7,98%. Mas, de acordo com o levantamento, “se considerada a média diária de casos, o índice segue em viés de baixa”.
A Abrafarma reúne as 26 maiores redes de farmácias do país, somando mais de 8,5 mil unidades em todos os estados e no Distrito Federal. A associação aponta que representa cerca de 45% das vendas de medicamentos no país.
Dados do dia 30 de dezembro do Ministério da Saúde apontam 13.405 novos casos registrados nas últimas 24 horas. Foram 167 mortes registradas no mesmo período.
Covid-19 na Bahia
Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 171 casos de Covid-19, o que representa uma taxa de crescimento de 0,01%. Além disso, 158 pessoas conseguiram vencer a doença. Uma pessoa morreu em decorrência as complicações causadas pela infecção.
De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), dos 1.271.029 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.241.692 já são considerados recuperados, 1.830 encontram-se ativos e 27.507 tiveram óbito confirmado.

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232