Preço do barril de petróleo supera US$ 100 pela 1ª vez em sete anos após invasão russa à Ucrânia


Os preços do barril de petróleo chegaram a US$ 100 pela primeira vez em mais de sete anos nesta quinta-feira (24), depois que o presidente russo, Vladimir Putin, anunciou uma “operação militar” na Ucrânia e prometeu retaliação contra aqueles que interferirem.
O barril de petróleo Brent atingiu US$ 100,04 após o anúncio, o que intensificou os temores de um conflito em grande escala na Europa Oriental. O petróleo WTI estava sendo negociado a US$ 95,54 por barril.
Horas antes, o Kremlin disse que líderes rebeldes no leste da Ucrânia pediram ajuda militar a Moscou para enfrentar as tropas de Kiev.
A ameaça de uma conflagração provocou temores sobre o fornecimento de commodities importantes, como trigo e metais, em meio à crescente demanda à medida que as economias reabrem após paralisações pandêmicas.
Nas últimas semanas, o preço do petróleo vinha subindo até esta quinta-feira o Brent ultrapassou a marca de US$ 100 pela primeira vez desde setembro de 2014.
“As tensões russo-ucranianas levam a um possível choque de demanda (na Europa) e a um choque de oferta maior para o resto do mundo, dada a importância da Rússia e da Ucrânia na energia”, disse Tamas Strickland, do National Australia Bank.
Fonte: R7

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232