‘Prejuízo’ do Facebook chega a R$ 1,3 trilhão e atinge recorde

A empresa mãe do Facebook – Meta – registrou a maior queda em valor de mercado em um único dia. O prejuízo de Mark Zuckerberg chegou a US$ 252 bilhões – equivalente a mais de R$ 1,3 trilhão, conforme publicou o Link Estadão. Segundo balanço apresentado, o Facebook perdeu cerca de 500 mil usuários diários globalmente nos últimos três meses do ano passado – o número passou de 1,93 bilhão para 1,92 bilhão.
A Meta viu suas ações despencarem para o ponto mais baixo em mais de um ano na última quarta-feira (02), depois que a empresa reduziu sua previsão de receita para o trimestre atual. As ações caíram 22,5%, para cerca de US$ 250,45 no final do pregão. As ações da empresa não são negociadas tão baixas desde 2020, e a queda corresponde a cerca de US$ 200 bilhões (pouco mais de R$ 1 trilhão) sendo retirados da capitalização de mercado da Meta.
A queda dramática ocorreu depois que a Meta reduziu sua projeção de receita do primeiro trimestre de 2022 para a faixa de US$ 27 bilhões a US$ 29 bilhões (entre R$ 147 bi e R$ 153 bi), em comparação com as expectativas dos analistas de US$ 30,15 bilhões (cerca de R$ 160 bi), segundo dados da Refinitiv. As ações de outras empresas de tecnologia, incluindo Apple, Google e Microsoft, tiveram um início difícil em 2022, à medida que os investidores se preparam para o Federal Reserve aumentar as taxas de juros.
Fonte: Yahoo Notícias

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232