Talibã pede "resolução pacífica" para conflito entre Rússia e Ucrânia

O grupo extremista islâmico Talibã pediu nesta sexta-feira (25) pedindo uma solução “pacífica” para o conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia.
No Twitter, Abdul Qahar Balkhi, o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, divulgou nota em que afirma que as lideranças acompanham a situação e manifestam preocupação sobre a morte de civis. Eles pedem que as nações desistam de posturas que possam “intensificar a violência”.
“O Emirado Islâmico do Afeganistão pede a contenção das duas partes. Todos os lados precisam desistir de defender posicionamentos que podem intensificar a violência”, disse o comunicado.
Conhecido por um regime repressor e pela autoria de ataques violentos à população Afegã, o Talibã retomou o controle do país em agosto de 2021, quando invadiu a cidade de Cabul, capital do país.

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232