Ciro Gomes diz que comprará todas as ações da Petrobras


Pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes disse nesta terça-feira (15) que, se for eleito, irá comprar todas as ações da Petrobras vendidas “aos estrangeiros”. Segundo o ex-governador do Ceará, a medida será publicada no 1º dia de seu governo, junto com o anúncio do fim da política de paridade de preços da estatal.
“Compraremos todas as ações da Petrobras que foram vendidas aos estrangeiros pelo Lula, pelo Fernando Henrique. Venderam a Petrobras para acionistas minoritários e eu vou comprar de volta. Na hora que acabar a PPI, os preços das ações cai, e eu não quero que essas ações caiam dando prejuízo para um acionista de boa fé”, afirmou durante live em seu canal no YouTube.
O pedetista também criticou a proposta que unifica e padroniza o ICMS sobre os combustíveis. De acordo com ele, a nova regra irá impactar de forma significativa a arrecadação da União e dos Estados.
Ciro Gomes disse que o conflito entre a Ucrânia e a Rússia não é o único fator que está provocando o aumento no preço dos combustíveis. A guerra está influenciando a cotação do petróleo. Depois da invasão russa, o barril de petróleo ultrapassou os US$ 100.
“Estão tentando apagar o incêndio com gasolina. Jogar tudo isso na conta da guerra da Ucrânia é a típica meia verdade que é pior das mentiras porque deixa mais cômodo para os responsáveis por esse desastre”, disse Ciro Gomes.
O Congresso aprovou na última sexta-feira (10) um projeto que determina que seja pago um valor fixo por unidade de medida, como litro, do combustível. Antes, cada Estado estipulava uma alíquota para o imposto, o que incidia sobre os preços cobrados localmente. Com a nova regra, o preço do litro do diesel, por exemplo, pode ser reduzido em R$ 0,60.

Poder360

Betano: Apostas Esportivas - Faça seu Jogo Online

ANÚNCIOS WEB SERTÃO - (87) 98821-5232