Com mais de 800 infectados, Brasil é o 7º país com maior número de casos de varíola do macaco


O Brasil já é o sétimo país do mundo com maior número de casos confirmados de varíola do macaco (monkeypox), segundo dados do Ministério da Saúde e de órgãos sanitários internacionais. O primeiro diagnóstico no país ocorreu em São Paulo no dia 8 de junho.
O boletim mais recente, divulgado no fim da tarde desta segunda-feira (25), mostra que são 813 infecções e 363 casos suspeitos. O número se aproxima do registrado pela Holanda, que tem 818 pacientes com a doença.
São Paulo tem 595 casos, número que dobrou nas últimas duas semanas. O Rio de Janeiro aparece em segundo lugar (109), seguido de Minas Gerais (42). Nesses estados já há transmissão local do vírus (sem ligação com viagens).
Até a tarde de ontem, o CDC (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) dos Estados Unidos contabilizava mais de 16,5 mil casos de varíola do macaco em 68 países onde a doença não é endêmica.
A Espanha lidera a lista, com 3.125 casos. Em seguida aparecem EUA (2.890), Alemanha (2.268) e Reino Unido (2.208). Até o momento, não houve mortes fora do continente africano.
Fonte: R7