Quatro estados concentram quase metade dos eleitores brasileiros

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que o estado de São Paulo continua a ser o maior colégio eleitoral brasileiro, com 22,16% de todos os votantes. Isso significa que, a cada cinco votantes no país, um reside em São Paulo. Junto a Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia, esses estados reúnem mais de 75 milhões ou 47,98% dos eleitores.
Depois de São Paulo, aparecem os estados de Minas Gerais, com 10,41% do total de eleitores, e Rio de Janeiro, com 8,2%. Ao todo, a região Sudeste concentra 42,64% de todo o eleitorado nacional. Fora da região, a Bahia aparece como o quarto estado com mais eleitores, com 7,2%.
Em contrapartida, os três estados com menor eleitorado estão na região Norte, que responde por apenas 8,03% dos eleitores. Roraima (0,23%), Amapá (0,35%) e Acre (0,38%) são as unidades da Federação com menos eleitores, respectivamente.
Ainda com relação às regiões, o Nordeste vem logo após o Sudeste, com 27,11% do eleitorado. Na sequência aparecem o Sul (14,42%), Norte (8,03%) e Centro-Oeste (7,38%).
Brasília é a terceira cidade
Entre os municípios brasileiros, São Paulo também detém o maior número de eleitoras e eleitores, com 9.314.259 de pessoas. Em seguida aparecem Rio de Janeiro (5.002.621), Brasília (2.203.045), Belo Horizonte (2.006.854) e Salvador (1.983.198).
Os menores colégios eleitorais, em contrapartida, estão nos municípios de Borá (SP), com 1.040 eleitores; Araguaína (MT), com 1.042; Serra da Saudade (MG), com 1.107; Engenho Velho (RS), com 1.213; e Anhanguera (GO), com 1.234.
Biometria
Nas eleições de 2022, três a cada quatro pessoas votarão com a identificação biométrica na Justiça Eleitoral.
Ao todo, 118.151.926 serão identificados por meio das impressões digitais, o que corresponde a 75,51% do total. Outros 38.320.884 de brasileiros, ou 24,48%, ainda estão sem biometria.
Em relação aos anos anteriores, o quantitativo subiu consideravelmente. Em 2018 eram 59,31% do eleitorado com a biometria completa; antes, em 2014, era apenas 16,7%.
Já no que diz respeito aos 5.570 municípios brasileiros, em 2022 são 4.510 cidades com biometria, um total de 80,97%.
Há ainda 998 municípios híbridos (17,92%) e outros 62 sem biometria (1,11%). Dezoito estados brasileiros contam com a biometria em todos os municípios.