Covid-19: Julho é o mês com mais mortes desde março

Com 27 mortes provocadas pela Covid-19 nas últimas 24 horas, julho chega ao fim com 7.097 vítimas fatais contabilizadas em 31 dias. Este é o maior saldo dos últimos quatro meses, uma vez que foram registrados 4.336; 3.179 e 3.740 óbitos, respectivamente, em junho, maio e abril.
O número de óbitos totalizado em julho é muito inferior, no entanto, à soma do pior mês da pandemia: no pico da segunda onda, em abril do ano passado, 82.266 brasileiros perderam a vida após serem infectados pelo coronavírus. No ápice da mortalidade, em 13 de abril de 2021, o número de óbitos chegou a 3.808 em 24 horas (número próximo ao total do último mês). Esta análise aponta a eficácia da campanha de vacinação no combate à potência letal do vírus.
Com variação de 11% na comparação com os dados registrados há 14 dias, a curva de mortes segue estável, neste domingo, e completa 12 dias sem registrar alta. A avaliação é feita por infectologistas, que fixam variação de 15% como ponto de inflexão para que se altere a tendência da pandemia.
Já a média móvel de casos de Covid-19 segue em queda há nove dias. De acordo com o levantamento feito por VEJA, a média móvel é de 34.618,1 casos, com índice de 40% de variação em comparação aos números registrados há duas semanas.
O saldo de diagnósticos de julho, entretanto, é o mais alto desde março. A quarta onda do coronavírus atingiu fortemente o Brasil e fez os índices de transmissão dispararem: ao todo, foram registrados 1.475.665 casos nos últimos 31 dias. Especialistas apontam, ainda, que o cenário epidemiológico pode ser maior uma vez que os autotestes dificultam a mensuração e geram subnotificação de resultados.
O cálculo de médias móveis feito para o levantamento de VEJA consiste em somar todos os registros dos últimos sete dias e dividir o total por sete. Assim, é possível ter uma visão ampla do atual momento da pandemia. Os gráficos ao final da matéria mostram a evolução diária das médias móveis no Brasil.
Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou 20.096 novos diagnósticos positivos e 27 novos óbitos por Covid-19. Em toda a pandemia, são 33.833.683 contaminados pelo vírus e 678.514 vítimas fatais em todo o território nacional.