O homem que quer escavar aterro em busca de HD jogado no lixo com R$ 1,1 bilhão em bitcoins

Quase dez anos atrás, o britânico James Howells jogou fora um HD (hard drive, disco rígido que guarda a memória de um computador) durante uma limpeza de sua casa, se esquecendo de que havia uma carteira digital com criptomoedas gravada no aparelho.
Agora, os 8 mil bitcoins (moedas virtuais) que estavam no HD estão valendo 150 milhões de libras (R$ 1,1 bilhão). Por isso Howells quer gastar milhares de libras para escavar um aterro sanitário na cidade de Newport, no País de Gales, para tentar encontrar o dispositivo.
Howells diz que, se encontrar o objeto, ele vai doar 10% do valor para a cidade desenvolver uma série de projetos com foco em criptomoedas. Mas o Conselho da Cidade (equivalente à Câmara de Vereadores) diz que escavar o local é um risco ecológico.
Milhões no lixo
Howells, um engenheiro de TI, acidentalmente jogou fora o disco rígido em 2013, depois de minerar 8.000 bitcoins nos estágios iniciais do desenvolvimento da moeda.
O valor do Bitcoin flutua muito - em janeiro de 2021, 8 mil bitcoins valiam cerca de 210 milhões de libras (R$ 1,3 bilhão), mas com uma grande queda no início deste ano, o valor agora é significativamente menor.
O conselho de Newport negou repetidamente a Howells o acesso para escavar o local por questões ambientais e outras restrições - mesmo com a oferta da doação de 10%.