Carga roubada em Serra Talhada é recuperada na BR-232 em Custódia, no Sertão de PE

Uma carga de 27 toneladas de carne avaliada em R$ 167 mil, que tinha sido roubada em Serra Talhada, foi recuperada na última quinta-feira (29) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Custódia, Sertão de Pernambuco. O motorista do caminhão foi abordado pelos assaltantes quando parou o veículo para verificar o equipamento que mantém a carga resfriada.
Após o assalto, o motorista foi até unidade operacional da PRF de Cruzeiro do Nordeste e comunicou o roubo. O serviço que rastreia o veículo informou que a carga poderia ser encontrada entre a BR-232 e a PE-280.
A mercadoria e o veículo estavam intactos, conforme informou a polícia. Não havia ninguém no veículo no momento da abordagem. O caminhão foi devolvido ao motorista, que foi orientado a registrar a ocorrência na Delegacia de Polícia Civil local. A ação integrada envolveu as Polícias Rodoviária Federal e Militar. (G1)

Share/Bookmark

Eleições 2016: saiba o que se torna proibido na propaganda eleitoral nesta reta final

Diana Câmara
Após 45 dias de campanha de rua, as eleições 2016 já estão na reta final. A partir desta quinta-feira, tem início os últimos preparativos para o dia 02 de outubro. Vale lembrar que nestes últimos dias a Justiça Eleitoral não permite mais o mesmo tipo de propaganda que foi permitido durante um mês e meio. Hoje terminam diversas atividades importantes da campanha eleitoral. É o último dia para a exibição da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, comícios, reuniões públicas e realização de debates, estando previsto para hoje diversos debates como em Recife e Caruaru.
A legislação eleitoral prevê ainda que hoje é o ultimo dia para os partidos políticos e as coligações indicarem aos Juízos Eleitorais o nome das pessoas autorizadas a expedir as credenciais dos fiscais e dos delegados habilitados a fiscalizar os trabalhos de votação durante o primeiro turno das eleições. Lembrando que não é necessário submeter à Justiça Eleitoral os nomes dos fiscais e locais onde irão atuar.
Nesta sexta-feira, ainda são permitidas as propagandas em carro de som, a realização de caminhadas, panfletagem e carreatas – todas até as 22h. Também é possível realizar a colocação de adesivos em automóveis, propagandas em jornais e fazer a campanha na internet.
No sábado, a publicidade paga em jornais não é mais permitida, mas a propaganda eleitoral mediante alto-falantes ou amplificadores de som, entre as 8h e às 22 horas, estão liberadas. Já no dia da eleição, os únicos tipos de propagandas permitidas são os adesivos em automóveis e a publicação na Internet – sites, Facebook e aplicativos em mensagens instantâneas, como o Whataspp.
A advogada eleitoral Diana Câmara destaca que essa reta final de campanha demanda ainda mais atenção para as regras eleitorais, em especial para o dia da eleição. “Não houve mudanças na legislação acerca dos prazos finais de campanha e nem para o dia da eleição. Contudo, deve o candidato atentar para o que prevê a lei a fim de não cometer irregularidades e sofrer sanções. No dia da eleição não é permitido fazer boca de urna, nem aglomeração de pessoas ou distribuição de material, como o santinho do candidato. Já na internet a propaganda continua, sendo um bom canal para mostrar o dia do candidato, demonstrações de apoio, inclusive com pedido expresso de voto. Assim, vale a pena investir nas redes sociais, mas sem o uso de link patrocinado”.

Share/Bookmark

Novo vírus pode controlar sua conta de Facebook; saiba como se proteger

Com (quase) todo mundo no Facebook --a própria rede social afirma que oito em cada dez brasileiros têm um perfil--, a plataforma atrai a atenção de hackers para espalhar vírus pela internet. E uma nova ameaça pode infectar seu computador e celular.
Em um link que aparece como notificação, o mais recente ataque solicita a instalação do plug-in malicioso chamado "The player".
O truque usado pelos hackers é o seguinte: o usuário recebe uma notificação, enviada por um amigo do Facebook, e assim que clica no link é redirecionado para uma página de download do "The player". Basta realizar o download para ficar infectado.
Assim todos os dados armazenados na rede social ficam vulneráveis e novas notificações com o link da contaminação são enviadas para os contatos do usuário.
No lugar do player prometido, o usuário acaba baixando e instalando um trojan (programa malicioso) como extensão no navegador Chrome. Ao acessar o Facebook utilizando o browser comprometido, o controle da conta é roubado e a propagação do vírus é iniciada.
Na versão mobile do vírus, o usuário é direcionado a páginas que solicitam a instalação de aplicativos fora da Google Play ou preenchimento de cadastros que futuramente geram prejuízo financeiro.
Se você quer ficar longe de problemas com vírus, especialistas da PSafe, empresa brasileira líder em segurança e performance mobile, fizeram uma lista de dicas:
Tenha sempre um antivírus instalado
O usuário deve sempre seguir as instruções básicas para proteção dos dados, mas o antivírus instalado no celular funcionará como uma barreira de segurança para garantir a privacidade dos seus arquivos.
Navegue com atenção
Às vezes, durante um dia corrido não prestamos atenção em algumas alterações nos sites. Por isso, é importante ficar atento a qualquer comportamento estranho. Desconfie de links recebidos por e-mails, Facebook Messenger, WhatsApp, SMS ou aqueles que pedem informações confidenciais ou até que se propagam entre grupos de amigos.
Além disso, fique alerta aos links que solicitam instalações de plug-ins, mesmo que seja um site que normalmente acessa.
Para evitar cair nesse golpe, suspeite também de downloads sugeridos para melhorar ferramentas que já funcionam bem, como o próprio Facebook ou YouTube. Evite baixar arquivos de fontes desconhecidas. Se você recebeu mensagens de um amigo infectado, evite a proliferação e informe sobre o vírus para que ele possa remover o problema.
Exclua o programa
No celular, o usuário deve desinstalar o aplicativo malicioso e instalar um antivírus. Caso você tenha se cadastrado em algum programa pago de SMS, entre em contato com a operadora para cancelar o falso serviço.
Já no computador, o processo é similar ao de remoção de uma extensão do navegador Chrome. Clique no botão de "menu", no canto superior direito, e depois em "configurações". Em seguida, clique no item "Extensões", no menu lateral, e identifique a extensão maliciosa. Clique na lixeira da extensão instalada e delete. (UOL)

Share/Bookmark

Pernambuco não vai proibir consumo e venda de bebida alcóolica nas eleições

Pela segunda vez nas eleições, Pernambuco não vai proibir a venda e o consumo de bebida alcoólica no dia da votação no pleito municipal, no próximo domingo (2). A decisão, anunciada hoje (29) em entrevista coletiva sobre o esquema de segurança planejado para as eleições, foi tomada para que as forças policiais sejam direcionadas a outros serviços.
“Muito efetivo era empenhado para coibir o consumo da bebida e prejudicava até o policiamento das eleições”, argumentou o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho. A decisão já foi tomada nas eleições de 2014 em Pernambuco. Segundo o Carvalho, a liberação foi acordada entre a Secretaria de Defesa Social, o Tribunal Regional Eleitoral e a Procuradoria Regional Eleitoral. “Isso não impede que um juiz eleitoral entenda que é necessário decretar a Lei Seca na cidade, e, se isso ocorrer, nós iremos cumprir a determinação.”
Este ano, o efetivo das polícias estaduais para as eleições é 11% menor que o empregado em 2014, ano do último pleito. De acordo com o secretário, a mudança na logística de distribuição das urnas foi o principal fator para a redução. Entre as atribuições da Polícia Militar (PM) está a segurança das urnas. Alessandro Carvalho explicou que antes os equipamentos era instalados nos locais de votação no dia anterior, o que demandava um grande efetivo.
“Por exemplo: você tem um centro regional com 200 urnas. Eu só preciso de dois policiais militares para tomar conta delas. Se essas urnas forem para 100 locais distintos de votação com uma antecedência que não é necessária, eu precisaria de 200 policiais militares para tomar conta disso. Então foi um ajuste feito em comum acordo com o Tribunal Regional Eleitoral para otimizar”, detalhou o secretário.
Agora, apenas os locais mais distantes recebem a urna um dia antes. A distribuição aos pontos mais próximos dos subcentros, onde os aparelhos são armazenados no interior do estado, será feita no domingo de votação. “Menos policiais empregados nas eleições são mais policiais nas ruas para tomar conta da segurança como um todo”, destacou Carvalho. Ao todo, existem 3.302 locais de votação no estado.
Também foi planejada uma distribuição de efetivo com base no histórico de ocorrências nos dois últimos pleitos, de 2014 e 2012. Municípios com menos risco de conflitos terão um menor efetivo empregado.
Ao todo, 12.111 policiais militares participam do esquema de segurança das eleições – segundo a Secretaria de Defesa Social, cerca de 80% da tropa. Parte do efetivo já começou a trabalhar hoje. Trezentos PMs viajaram para o sertão a fim de tomar conta das urnas que saíram da capital e estão guardadas nos subcentros no interior do estado. Amanhã (30) mais 700 militares seguem para o Agreste e Zona da Mata.
A Polícia Civil atuará com 945 profissionais, dos quais 171 são delegados, 136 escrivães e o restante é agente. Um total de 124 delegacias, sendo 102 no interior e 22 na região metropolitana do Recife, funcionarão em regime de plantão.
A Polícia Federal (PF) também vai atuar no pleito. A corporação é responsável por investigar todos os casos de crime eleitoral quando a Justiça Eleitoral determinar. “Estamos com várias equipes já fazendo levantamentos, sempre a pedido do juiz eleitoral e do Ministério Público Eleitoral, e agora, mais próximo da eleição, nós temos equipes que estão sendo deslocadas para pontos do interior que vão ficar à disposição da Justiça Eleitoral”, anunciou o superintendente da PF em Pernambuco, Marcello Diniz Cordeiro.
Este ano, não haverá emprego de tropas federais em municípios pernambucanos. “O presidente do tribunal recebeu alguns pedidos de tropas federais, mas juntamente com o coronel Gondim [assessor de segurança do TRE], foi analisado que no momento não seria necessário o envio de tropas federais, porque a Polícia Militar tem condições de dar garantias ao pleito, segundo nosso presidente”, explicou o assessor da presidência do TRE, Henrique Melo.

Share/Bookmark

Governo federal reconhece situação de emergência em 69 cidades de Pernambuco; não há municípios do Pajeú

O Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em 69 municípios de Pernambuco devido à estiagem. A portaria foi publicada nesta terça-feira (27) no Diário Oficial da União. De acordo com a assessoria do Ministério, a medida "permite que as cidades solicitem o apoio do Governo Federal para ações emergenciais de enfrentamento ao período de escassez hídrica".
A assessoria informou que o reconhecimento viabiliza o acesso a programas de fornecimento de água tratada, a exemplo da "Operação Carro-Pipa Federal", a renegociação de dívidas no setor de agricultura junto, a aquisição de cestas básicas com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e o apoio para a retomada da atividade econômica nas regiões afetadas.

Share/Bookmark

Cresce total de clientes que geram sua energia, em PE

Em PE, crescimento foi de 85%. De 2015 para 2016, número anual de projetos subiu de 48 para 89
Depois de tantas altas na conta de luz nos últimos anos, gerar a própria energia tem sido a solução adotada cada vez mais por consumidores. Prova dis­so é que, em um ano, o número de conexões saiu de 1.148 para 5.040 ligações registradas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), no País.
Solar panels on a tile roof
Em Pernam­buco, o crescimento foi de 85% entre 2015 e 2016, pulando de 48 projetos instalados para 89. Apesar de, em números absolutos, o resultado estadual ser tímido em comparação com o cenário nacional, nota-se que há interesse do mercado nessas mo­dalidades, motivado pela facilidade do crédito.
Especialista do setor elétrico, João Bosco de Almeida explicou que um dos fatores que impulsionam a geração própria é a linha de crédito da Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (Agefepe). “A maior dificuldade era conseguir financiamento em função das exigências. Hoje, já se aceita a compra do sistema como garantia, isso, sem dúvida, ajudou”, destacou, acrescentando que o fator preço também tem facilitado. “Há três anos, o preço do quilowatt instalado era de R$ 7 mil e, hoje, mesmo com alta da inflação, permanece o mesmo”, disse.
Além disso, a geração pelos consumidores tornou-se possível a partir da Re­solução Normativa Aneel nº 482/2012, que estabelece as condições gerais para o acesso de micro e minigeração e cria o sistema de compensação. A resolução foi revista em 2015 e, na época, estimou-se que em 2024 mais de 1,2 milhão de consumidores vai passar a produzir sua própria energia, o equivalente a 4,5 gigawatts (GW) de potência instalada.
Segundo o superintendente comercial da Celpe, Hélio Rafael, a aposta para isso é que haja uma melhora na economia. “Se isso acontecer, sem dúvida a procura deverá aumentar”, revelou. De 2012 para cá, 140 conexões foram efetivadas, sendo 98% para fonte solar. Alberto Galvão, diretor de planejamento da Agefepe, antecipou que a perspectiva é chegar a 1,8 milhão em financiamentos até o fim deste ano. Com prazo de dez anos para pagar e um ano de carência, a taxa de juros é de 11,18% ao ano.
Da Folha PE

Share/Bookmark

PM inicia nesta quinta-feira reforço para Interior

A Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) inicia, nesta quinta-feira (29), o envio de reforço a cidades do Interior para o primeiro turno das eleições municipais. A primeira leva é de 560 policiais, que partirão às 8h, da quadra de hóquei do Sport Clube do Recife, na Ilha do Retiro. Na sexta-feira (29), outros 700 policiais seguirão com destino ao Agreste e Zona da Mata Sul e Mata Norte do Estado.
Neste primeiro turno, em todo Estado, serão empregados 12.111 PMs para garantir a segurança em 3.302 locais de votações, bem como responsáveis pela guarda das urnas eletrônicas e seus dispositivos móveis.

Share/Bookmark

Churrasco, queijo e 'jegueterapia': como o Nordeste está tentando resolver o problema dos jegues soltos nas estradas

Dois anos após um promotor do Rio Grande do Norte ter feito um churrasco de jumento para incentivar o uso do animal como alimento, o Nordeste ainda tenta resolver o problema de jegues abandonados pelas estradas.
Doações, abate legal, produção de queijo nobre, transporte de bananas, atração turística e até "jegueterapia": não faltam alternativas, mas nenhuma emplacou até agora.
O lombo do jumento perdeu espaço no Nordeste para motos e máquinas agrícolas. A frota de duas rodas (?) no Brasil cresceu quase 600% desde 2003: 1,2 milhão para 6,9 milhões de veículos.
Sem utilidade, o bicho foi sendo abandonado. Passou a circular solto em estradas, agravando o problema dos acidentes na região, que concentra 90% dos asininos (que incluem ainda burros e mulas) do Brasil.
Não há estatísticas precisas sobre acidentes com jumentos no Nordeste. Os dados são organizados como "acidentes com animais", mas a Polícia Rodoviária Federal (PRF) assegura que a maioria envolve asininos.
Churrasco de jumento
Outra possibilidade ligada ao consumo envolve a própria carne do animal.
A solução ganhou fama em 2014, quando o promotor Silvio Brito, que atuava em Apodi (RN), organizou um churrasco com carne do animal para sensibilizar autoridades e imprensa para a alternativa.
A ideia revoltou alguns defensores dos animais, que chegaram a ameaçar o promotor nas redes sociais.
Houve também resistência na cidade - o prefeito teve que ir a uma rádio negar que a carne de jumento fosse ser incluída na merenda escolar.
"O jumento pode fornecer até 100 kg de carne de primeira qualidade, uma peça de couro de alto valor (cerca de R$ 120 a peça) e um leite que pode salvar a vida de milhões de pessoas que sofrem com intolerância à lactose ou deficiência nutricional", diz Brito.
Diretora da ONG Bicho Feliz, que atua no Nordeste, Gislaine Brandão critica o uso de jumentos para consumo da carne, couro ou leite.
"É um animal que vem sofrendo há décadas. Eles devem ser aposentados, livres, sem trabalho. O Estado brasileiro deveria cuidar melhor desses animais", afirma.

Share/Bookmark

Debate entre Dessoles e Zeinha na Pajeú acabou virando carreata

 
O Debate entre Dessoles (PTB) e Zeinha (PSB) ocorrido na manhã de hoje na Rádio Pajeú, acabou se transformando em uma carreata a favor do petebista que chegou a subir na caçamba de uma camionete, onde ao lado de sua vice Luciene Rocha, acenou para os moradores de Iguaracy durante o percurso realizado pelas ruas do centro da cidade.
Durante a realização do debate, a militância de Dessoles aguardou ansiosa a saída do seu líder dos estúdios da Rádio Pajeú.
  
No retorno a Iguaracy, como não poderia deixar de ser, o grupo fez uma parada na fazenda de Dona Edileusa Santana que recepcionou a todos com a gentileza, carinho e presteza de sempre. 
 
Luciene Rocha, Francisco Dessoles e a Sra Edileusa Santana que é viúva do ex-prefeito de Iguaracy, o saudoso Geraldo Ferraz.
Após o breve descanso e o delicioso lanche oferecido pela gentil anfitriã, o grupo seguiu em direção a cidade de Iguaracy.
 
A alegria e a animação do público participante foi a maior demonstração de quem realmente venceu o debate promovido pela Rádio Pajeú. Na foto, destaque para o Médico João Veras que está dando total apoio a candidatura de Dessoles Prefeito.
A estátua de Frei Damião na nova Praça do Bairro que leva o seu nome, deu as boas vindas a todos que acreditam em um Iguaracy cada vez melhor.
A população assistiu de pé a passagem do prefeito Dessoles que muito já fez pelo município e  hoje é tido como o gestor que conseguiu colocar Iguaracy em um novo patamar de vida e se destacar entre outras cidades do Pajeú como uma das mais limpa, organizada, estruturada e com as suas contas em dia, algo pouco visto em se tratando de outras administrações passadas.
 
Resumo do Debate por Nill Júnior:
Os candidatos Dessoles e Zeinha Torres estiveram por pouco mais de uma hora debatendo temas ligados ao futuro de Iguaraci no Grande Debate, promovido elas Rádios Pajeú e Cidade FM.
O debate começou com candidato perguntado a candidato. Dessoles perguntou que projetos Zeinha havia defendido para a juventude. Ouviu o candidato afirmar que como vice prefeito de Albérico e vereador trouxe ações. Respondeu criticando. “Apoiamos principalmente os que estudam fora, como os que tinham ajuda até Monteiro. Havia Casa da Juventude que não funciona mais” .
Dessoles disse que o Transporte para Monteiro continua . “Fizemos praça, quadra , campos de futebol, escola de música. Patrocinamos o transporte e lutamos pelo Pátio de Eventos, onde o candidato incentiva invasões”. Esse tema, da área ocupada próximo ao local onde haverá um pátio de eventos, dominou parte do debate. “Não incentivei ninguém a invadir nada. O senhor botou trator de esteira e não incentivou a construção de casas, onde não tiveram direito”.
Zeinha, quando respondeu pergunta de ouvinte, disse que nunca incentivou invasão. “Estou ao lado do certo, mas defendo quem quer ter direito ao lar. Invadiram terra que dizem ser do governo federal, não vou tomar conta de terra de governo federal. São mais de 60 famílias na justiça e o terreno ninguém sabe de quem é”.
Dessoles retrucou. “A terra é do Governo Federal e o senhor ficou ao lado da invasão. É obrigatório cumprir a constituição. Incitou a invasão, o que não fez no seu mandato. O senhor combateu a cessão das terras do Estado para mesma finalidade. Quando é do Estado, é contra”.
“Nunca vai ter um Secretário dizendo que vai passar por cima das casas”, acusou Zeinha.
Na sua pergunta, Zeinha perguntou porque Dessoles descumpria o piso dos professores. “O piso é absolutamente pago. Quem não paga é o governo do Estado que apoia sua candidatura. Fundeb é recurso sagrado e temos cumprido”.
Na pauta temática, Dessoles elencou obras feitas no município, destacando várias ações. Zeinha disse que o gestor não podia criticar a sua gestão com Albérico. “O senhor fazia o governo conosco, era assessor jurídico”.
“Temos doze anos como vocês também tem doze, estou pronto para comparar”, retrucou o prefeito. “Espere meus quatro anos que vou dar nos seus”, ironizou Zeinha. “Quando vocês estão por cima não fazem. Em baixo sabem fazer tudo”, rebateu Dessoles.
Os dois ainda se revezaram em réplicas e tréplicas falando sobre saúde e agricultura. Os dois se acusaram de oferecer empregos sem ter de onde tirar ou obrigar contratados a ir a atos políticos. Ao final, em gesto de civilidade, Dessoles e Zeinha se deram as mãos.
Veja todas as fotos acessando o Facebook do partido: https://www.facebook.com/dessoles14/posts/653446998150291
Fonte: ASCOM Dessoles 14 - http://www.dessoles14.com.br/

Share/Bookmark

Sem acordo com a FENABAN, bancários decidem manter greve

A reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) desta terça-feira (27) terminou sem acordo, e os bancários decidiram manter a greve. Uma nova rodada de negociações foir marcada para quarta-feira (28). A greve dos bancários completou três semanas e já fechou quase 14 mil agências no país, segundo o último balanço da Contraf-CUT.
Com 22 dias de greve forte da categoria bancária, a Fenaban voltou à mesa de negociação, nesta terça-feira (27), em São Paulo, com uma proposta de novo modelo de acordo, com validade de dois anos (2016 e 2017). O Comando Nacional dos Bancários reafirmou que a proposta deverá contemplar emprego, saúde, vales, creche, piso, igualdade de oportunidades e segurança. A Fenaban vai se reunir com os bancos nesta quarta-feira (28), pela manhã e as negociações com o Comando Nacional serão retomadas às 15h. O Comando Nacional cobra que a proposta deve ter ganhos para categoria. “ Nossa orientação é que a greve continue forte em todo o País. Somente com a nossa mobilização vamos conquistar um acordo que atenda às demandas da categoria”, ressalta Roberto von der Osten, presidente da Contraf-CUT e um dos coordenadores do Comando Nacional dos Bancários

Share/Bookmark

Governo federal reconhece situação de emergência em 69 cidades de PE

Barragem de Jucazinho, em Surubim, entrou em colapso na segunda-feira (26), segundo Compesa (Foto: Anderson Melo/TV Asa Branca) 
O Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em 69 municípios de Pernambuco devido à estiagem. A portaria foi publicada nesta terça-feira (27) no Diário Oficial da União. De acordo com a assessoria do Ministério, a medida "permite que as cidades solicitem o apoio do Governo Federal para ações emergenciais de enfrentamento ao período de escassez hídrica".
A assessoria informou que o reconhecimento viabiliza o acesso a programas de fornecimento de água tratada, a exemplo da "Operação Carro-Pipa Federal", a renegociação de dívidas no setor de agricultura junto, a aquisição de cestas básicas com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário e o apoio para a retomada da atividade econômica nas regiões afetadas.
Os municípios que estão em situação de emergência são os seguintes: Agrestina, Águas Belas, Alagoinha, Altinho, Angelim, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Cachoeirinha, Caetés, Calçado, Camocim de São Félix, Canhotinho, Capoeiras, Caruaru, Casinhas, Cumaru, Cupira, Feira Nova, Frei Miguelinho, Garanhuns, Gravatá, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jataúba, João Alfredo, Jucati, Jupi, Jurema, Lagoa do Ouro, Lagoa dos Gatos, Lajedo, Limoeiro, Machados, Orobó, Palmeirina, Panelas, Paranatama, Passira, Pedra, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Salgadinho, Saloá, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caetano, São João, São Joaquim do Monte, São Vicente Férrer, Surubim, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Terezinha, Toritama, Tupanatinga, Vertente do Lério, Vertentes e Venturosa.
Do G1 Caruaru

Share/Bookmark

Justiça Eleitoral disponibiliza programas para acompanhar apuração das Eleições 2016

O eleitor vai poder acompanhar em tempo real a apuração dos resultados das Eleições Municipais 2016 de quatro formas diferentes. A primeira delas pelo “Divulga”, sistema produzido pela Justiça Eleitoral para o acompanhamento dos resultados de votação de candidatos, partidos e coligações das eleições.
O “Divulga” permite a visualização dos dados por meio de várias consultas. Na versão desktop, o Divulga oferece maior gama de informações, permitindo ao usuário consultar os resultados de todos os municípios. “O Divulga é um softwareinstalável, que se encontra disponível para download gratuito na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em versões para Windows e Linux”, explica o chefe da Seção de Totalização e Divulgação de Resultados do TSE, Júlio Valente.
App Resultados: Outra forma de acompanhar a apuração dos resultados em tempo real é pelo aplicativo (App) “Resultados”. O App desenvolvido para tablets e smartphones pode ser baixado gratuitamente nas lojas Google Play (Android) e Apple Store (IOS). Por meio dele, é possível acompanhar os dados de cada município com a indicação dos eleitos ou dos que foram para o segundo turno (no caso dos municípios com mais de 200 mil habitantes). Os resultados do primeiro turno serão divulgados a partir das 17h (horário local) do dia 2 de outubro.
App Boletim na Mão: Outra possibilidade é via aplicativo “Boletim na Mão”, também disponível para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store. A ferramenta permite que o resultado do pleito municipal de 2016 seja conferido por meio do código QR – um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica.
“Assim que acaba a eleição, o resultado da votação já é público. A urna emite o Boletim de Urna (BU), que o eleitor pode conferir no próprio local de votação. Agora, com o QR-Code, ele vai poder escanear uma cópia do BU e levar para casa o resultado da sua seção eleitoral no seu aparelho celular. Com a cópia do BU em mãos, o eleitor pode conferir no site do TSE se aquele boletim foi totalizado pelo Tribunal”, esclarece o chefe da Seção de Voto Informatizado do TSE, Rodrigo Coimbra.
DivWeb: O DivWeb apresenta o mesmo conteúdo do aplicativo “Resultados”, mas permite ao usuário acompanhar a apuração do resultado das eleições pela internet, sem necessidade de instalação de qualquer software adicional em seu computador.
De acordo com Júlio Valente, “a divulgação de resultados acontece em tempo real durante o recebimento dos dados. Os resultados são recebidos por meio de arquivos que saem das urnas eletrônicas e são recebidos pelos Tribunais Regionais Eleitorais. Nesses tribunais, ocorrem as totalizações de tempos em tempos. Cada totalização é compartilhada por meio de conteúdo na internet”. (Via: TRE)

Share/Bookmark

Debate nesta quarta reúne Dessoles e Zeinha, candidatos a prefeito de Iguaraci

Debate na Pajeú será retransmitido por Cidade FM
Nesta quarta, às 10h, acontece o Grande Debate com candidatos a prefeito de Iguaraci. Foram convidados Dessoles Monteiro, candidato a reeleição e Zeinha Torres . A Rádio Cidade FM, parceira da série, também transmite o encontro, que acontecerá nos estúdios da Rádio Pajeú. Os dois candidatos confirmaram participação.
Debate propositivo: segundo informação da Rádio Pajeú, a abertura do debate trará um apelo para que o debate seja acima de tudo propositivo, sem agressões pessoais e sim com o enfoque político-administrativo.
As regras não fugirão muito do clássico modelo de debates da Pajeú. Candidato perguntando a candidato, sorteio de perguntas dos ouvintes e questões temáticas como saúde, educação e infra-estrutura. O debate acontecerá nos estúdios da Rádio Pajeú. Outras cidades da região também estão na pauta da série.
Segundo convite a candidatos, cada um poderá estar acompanhado de um assessor, “não haverá espaço interno para demais candidatos ou militância”.
“Em caso de comunicação de ausência de candidato (s), a emissora se reservará ao direito de divulgá-la no horário do debate às 10h, tendo como propósito não desmobilizar sua audiência”, conclui o convite.
Para dia 29, os convidados são os candidatos a prefeito de Afogados da Ingazeira, no último da série, com os convidados Emídio Vasconcelos, Itamar França e José Patriota. Será no Cine São José.

Como ouvir, participar e fazer perguntas: você acompanha o debate sintonizando AM 1500, 88,7 MHZ, pela internet no www.radiopajeu.com.br ou nos aplicativos para iPhone e smarthfones com acesso pelo Play Store ou Apple Store, procurando por Pajeu. Também pelas rádios Gazeta e Cultura que retransmitem. Perguntas aos candidatos podem ser feitas entre 9h e 10h da manhã pelos fones (87) 3838-1213, 9-9927-4443. No WhattsApp, pelo 87 9-9658-0554. (Nil Júnior)

Share/Bookmark

Multidão assiste show de obras durante comício de Dessoles e Luciene em Irajaí

Quem tem obras para mostrar não precisa tá falando das obras dos outros, disse Dessoles.
Com uma hora de duração, o público pôde ir acompanhando no decorrer do comício, um verdadeiro show de obras que foram realizadas nos quatro cantos do município durante a atual gestão de Dessoles.
Dessoles falou que o telão ao lado do palanque não o deixaria mentir sobre as obras que fez em Iguaracy, disse que era uma pena os adversários não andarem com o vídeo no bolso, para que não ficassem colocando mentiras na cabeça da polução dizendo que não foi feito nada. Nada fizeram eles, disse Dessoles, quem tem obras para mostrar não precisa falar das obras dos outros. Disse que durante os anos que foi prefeito de Iguaracy, sempre teve a coragem de mostrar ao povo o que fez, porque tem consciência que fez o que era possível fazer com os poucos recursos que administrou durante a sua gestão municipal.
Dessoles assiste uma onda azul com Luciene em seu primeiro comício. O espaço onde são realizados os eventos municipais no distrito ficou pequeno para conter a multidão que teve que se espalhar em sua grande maioria pela praça da comunidade.
Com o título “Iguaracy cada vez melhor”, vários iguaracienses se reuniram na noite deste sábado (24), no primeiro comício de Francisco Dessoles e sua vice Luciene.
A concentração teve início a partir das 17 horas em frente ao Estádio de Futebol Capitão Dionísio que foi conseguido por Dessoles em sua gestão passada, de onde saíram em carreata com destino ao distrito de Irajaí para a realização do primeiro comício da coligação que foi sucesso de público.
 
ASCOM 14
Fonte: http://www.dessoles14.com.br/

Share/Bookmark