Temperaturas altas e umidade baixa deixam moradores em alerta no Sertão de Pernambuco

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) alertou que até a próxima quinta-feira (14) a umidade relativa do ar ficará abaixo de 20% no Sertão do Estado. A umidade baixa e as temperaturas altas – em torno de 37°C – podem trazer vários prejuízos à saúde.
Dicas – De acordo com o otorrinolaringologista José Netto, medidas podem ser tomadas em casa para combater a baixa umidade do ar. Algumas delas são: utilizar um vaporizador ou umidificador de ar; estender toalhas úmidas no quarto; não diminuir muito a temperatura do ar-condicionado, entre outras.
“Quem mais sofre nessas situações é o nariz e a laringe, a garganta, as cordas vocais. Diminui alguns mecanismos de defesa dessas estruturas e favorece o aparecimento de infecções, crostas, sangramentos. Até a pessoa tende a mexer mais no nariz. Tudo isso pode trazer desde riscos leves até situações mais graves como é o caso dos sangramentos nasais”, explica o médico.

Criança Feliz, CRAS, NASF e Mãe Coruja realizam encontro no Monte Alegre em atenção as gestantes e lactantes.

O Programa Criança Feliz juntamente com o CRAS, NASF e Mãe Coruja, realizaram no dia 08/11, Mais um encontro com o grupo operativo PAIF e Criança Feliz na Comunidade do Monte Alegre.
https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=153915342662134&id=101821181204884&__xts__%5B0%5D=68.ARCR_ZUh79yCmpx9LBIopNOdgqSVnRNXuoPc8_8nFy52UiqmBmuHq5VCj5bGoumKQViaD20EldSCRFDnVOAyw-slTUS9YXpOcqd8kTrcpADkZpV-Yh6JMXUv4olNNXydGxY2isUXHcgR2-whkzwm_5QnKwoB2ttVn3TNo79qGRPFxT0nX1AuRovTKusNcI1I-36mJ-3KxXIjgXTq3xnhW_g8xMu1CubOtEII2u-YpEFFC3QQeGKoCmgETR0YKQ0113B_ak_l06hGUHvffCUIw7JxN55ckLbAR9jZPmmlBgyQvQEyJ5Ji_sVPr6yEAOaXkhxU2EZ5H3WS46vYe-aqu0E&__tn__=-R
No momento foi abordado o tema "Alimenta e amamenta", que é uma temática que vem sendo trabalhada no município pelo Mãe Coruja em parceria com NASF, Criança Feliz e CRAS, que visa explicar para as gestantes e lactantes, sobre os dois hormônios "Ocitocina e prolactina", responsáveis pela fabricação do leite materno, bem como a importância da amamentação, dúvidas sobre a fissura e a introdução dos alimentos após os seis meses de idade.

Paulo Câmara quer aderir ao plano de Paulo Guedes para equilíbrio fiscal de estados e municípios

O governador Paulo Câmara (PSB) enviou à Assembleia Legislativa dois projetos de lei para que o Estado de Pernambuco esteja apto a aderir ao Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal, já proposto pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que está sendo analisado na Câmara dos Deputados.
Pelo Plano do Governo Bolsonaro, os estados e municípios terão acesso a novos empréstimos, desde que atendam aos pré-requisitos definidos em lei complementar federal.
Na mensagem enviada aos deputados (reprodução abaixo) o governador Paulo Câmara justificou o envio dos dois projetos de lei, pois, segundo o governador, o plano de Paulo Guedes está “em vias de aprovação no Congresso”.
“Encaminho para apreciação dessa Casa o anexo Projeto de Lei, cujo objetivo é construir a base normativa necessária ao atendimento, por parte do Estado de Pernambuco, dos pré-requisitos indispensáveis à sua adesão ao Plano de Promoção do Equilíbrio Fiscal – PEF, a ser implementado pelo Governo Federal através de lei complementar, em vias de aprovação no Congresso Nacional”, disse Paulo Câmara, na proposta.
O objetivo do governador é que Pernambuco já cumpra imediatamente os três principais requisitos do Governo Federal.

Carro Roubado no último sábado foi encontrado abandonado na zona rural de Iguaracy

A GT foi informada nessa terça-feira (12) que na zona rural de Iguaracy tinha um carro abandonado. De imediato, a guarnição fez deslocamento até o local indicado e encontrou um veículo Chevrolet Corsa Classic LS, que havia sido roubado no dia 09.11.2019. A Central de Operações entrou em contato com o agricultor [D. N. de L.] de 51 anos que reside na zona rural de Ingazeira, o qual compareceu ao local e reconheceu seu veículo. Nenhum suspeito foi localizado nas imediações.
Diante disso, a ocorrência foi passada à disposição da delegacia local para dar continuidade às investigações.

A namorada que sonhei

A socióloga e namorada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Rosângela da Silva – conhecida como Janja –, publicou uma foto ao lado do amado, nesta segunda-feira (11/11/2019), celebrando o amor. Na legenda, ela diz: “De volta pro meu aconchego”.
Janja ainda afirmou que “o amor venceu” e “fortalece” o casal. Na última sexta-feira (08/11/2019), quando o ex-presidente Lula deixou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), a socióloga o esperava na saída.
Na ocasião, Lula deu um beijo na namorada, em frente à multidão que esperava o discurso do ex-presidente. O político está em busca de uma residência para morar com a socióloga.

Governo Federal sanciona lei que altera LDO para garantir repasse da cessão onerosa a municípios ainda em 2019

No link, veja quanto seu município vai receber
Do site da CNM
A Lei 13.897/2019, que prorroga de 15 de outubro para 14 de novembro o prazo para envio de propostas de alteração do orçamento, foi sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca que a medida, aprovada pelo Congresso em outubro na forma do Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) 27/2019, vai permitir o repasse dos recursos dos leilões de petróleo para Estados e Municípios ainda em 2019, conforme rateio já aprovado. A norma altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019.
A CNM lembra que no leilão da última quarta-feira, 6, o governo esperava arrecadar R$ 106,5 bilhões. Mas, como apenas dois dos quatro blocos oferecidos foram arrematados, o bônus de assinatura alcançou R$ 69,96 bilhões. Assim, os Municípios vão dividir R$ 5,3 bilhões. Veja como ficou o valor por Município.
Valor do repasse para Iguaracy
O presidente da entidade, Glademir Aroldi, reforça aos gestores locais que a ação é mais uma importante conquista e demonstração da força do movimento. O critério para distribuição, o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), foi conquistado após intensa luta dos Municípios junto aos parlamentares.
“Só conseguimos vencer essa batalha porque nos unimos e mostramos a força do movimento municipalista. Durante toda a tramitação, contamos com o apoio dos presidentes das entidades estaduais e de centenas de gestores, que alertaram deputados e senadores para os impactos que a medida representa aos Municípios. São os gestores municipais que ofertam o serviço lá na ponta. São eles que podem realmente melhorar a vida da população. Isso é uma vitória de todo o movimento municipalista. E é uma importante conquista da nossa Marcha [a Brasília em Defesa dos Municípios] deste ano”, disse Aroldi.

Governo dará R$ 2 bi a cidades com bom desempenho em saúde

Estratégia é destinar mais recursos a municípios onde equipes do Saúde da Família alcançarem metas. Objetivo é incluir 50 milhões no atendimento.
O governo brasileiro vai distribuir R$ 2 bilhões a mais de recursos a partir do próximo ano para os municípios com bons indicadores em atenção primária, prestada por equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), que cuida dos questão de saúde mais frequentes como diabetes, hipertensão, vacinação etc.
A medida faz parte do Programa Previne Brasil, lançado nesta terça-feira (12) pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.
A expectativa do governo é aumentar a capacidade de atendimento das equipes, aumentando em cerca de 50 milhões de pessoas o número de atendidos. Atualmente, as 44 mil equipes do programa Estratégia Saúde da Família (ESF) cobrem 90 milhões de pessoas.
Com a verba adicional, os repasses para os municípios devem passar dos atuais R$ 18,3 bilhões para mais de R$ 20 bilhões. O antigo modelo era baseado apenas no tamanho da população local e na quantidade de equipes. Já o novo modelo vai focar nas metas de atendimento.
O ministro Luiz Henrique Mandetta afirmou que o governo cruzou os dados do atendimento prestado pelo Saúde da Família com cadastro de outros programas, como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC), e foi encontrado um grande contingente fora da lista.
"São mais de 40 milhões de pessoas esquecidas, as pessoas mais frágeis, que mais necessitam do cuidado de saúde da família e da atenção básica", disse.
De acordo com o Ministério da Saúde, os recursos serão distribuídos com base em três critérios: o número de pessoas acompanhadas nos serviços de saúde, em especial as pessoas que recebem benefícios sociais, crianças e idosos; foco no tratamento de doenças crônicas como diabetes e redução de mortes de crianças e mães; e a adesão a programas estratégicos, como Saúde Bucal e Saúde na Hora, que ampliou o horário de atendimento.
O Previne Brasil é uma de seis estratégias do governo para melhorar a atenção primária. O Ministério da Saúde tenta paralelamente mudar o cadastramento dos usuários do SUS. A ideia é que a população seja atendida pelo CPF e não apenas pelo Cartão Nacional de Saúde (Cartão SUS).
Indicadores
A busca por melhores resultados em saúde será feita a partir da avaliação de 21 indicadores. Para 2020, serão sete indicadores no âmbito da saúde da mulher, saúde das crianças, doenças crônicas e gestantes. Serão avaliados, por exemplo, número de consultas de pré-natal e vacinação. A cada quatro meses, a partir de setembro de 2020, as equipes serão avaliadas para mensuração dos valores de repasse aos municípios.
Notícias R7

Governo libera mais R$ 359,3 milhões para obras de moradias populares no País

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) destinou mais R$ 359,3 milhões às obras de habitação popular. O valor é resultado do esforço do Governo Federal para garantir a continuidade de empreendimentos importantes e a manutenção de empregos nas cidades. Neste ano, mais de R$ 3,7 bilhões já foram aplicados pela Pasta no Programa de Habitação de Interesse Social.
“O governo do presidente Jair Bolsonaro tem priorizado os pagamentos para as obras em execução. Os repasses de recursos são realizados da forma mais transparente e isenta possível, que é uma das premissas da atual gestão. Adotamos a ordem cronológica das faturas”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.
Dos R$ 359,3 milhões autorizados à habitação, R$ 278 milhões foram para o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR); R$ 42 milhões para o Fundo de Desenvolvimento Social (FDS); R$ 28,2 milhões para o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) e R$ 10,6 milhões para as demais ações da Secretaria Nacional de Habitação. Os pagamentos liquidaram as faturas em aberto até o dia 18 de setembro.
A metodologia utilizada pelo órgão faz parte de uma recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) para evitar judicialização dos processos - o que poderia acarretar prejuízo à Administração Pública. Por esse motivo, são respeitados os prazos de 30, 60 e 90 dias em atraso.

Governo federal investe R$ 1,4 bilhão na transposição do São Francisco

Além de viabilizar o fornecimento de água, a execução das obras gera emprego na região 
O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) informou, em nota divulgada nesta terça-feira (12), que o governo federal está destinando R$ 144 milhões para assegurar a execução de serviços do Projeto de Integração do Rio São Francisco e outras obras que garantirão o abastecimento da população nos estados de Pernambuco, do Ceará, da Paraíba e de Alagoas. Com esses recursos, os investimentos em projetos para reforçar o abastecimento de água no Nordeste somam R$ 1,4 bilhão em 2019.
O montante contabiliza investimentos para operação e manutenção da transposição do Rio São Francisco nos dois eixos do projeto (Norte e Leste), a recuperação de reservatórios considerados estratégicos e outras obras para ampliar a oferta de água na região. As primeiras obras da transposição foram iniciadas em 2007 pelo Exército.
O Eixo Norte é um canal de 400 quilômetros que faz a captação de águas próximo à cidade de Cabrobó (oeste de Pernambuco) para alimentação dos rios Salgado e Jaguaribe, com a finalidade de levar água a reservatórios no Ceará, no Rio Grande do Norte e na Paraíba. No Eixo Leste, o canal, que tem mais de 200 quilômetros, leva água ao Rio Paraíba para abastecer reservatórios em Pernambuco e na Paraíba.
Além de viabilizar o fornecimento de água, a execução das obras gera emprego na região. Em Pernambuco, foram aplicados R$ 24,2 milhões no Ramal do Agreste (Eixo Leste), que emprega 2,6 mil trabalhadores. Só no estado, a obra leva águas do São Francisco “a mais 2,2 milhões de pessoas em 68 municípios”, informa o MDR.
Também este ano, os investimentos somam cerca de R$ 77 milhões no Cinturão das Águas do Ceará (CAC). “A expectativa é que, no primeiro trimestre do próximo ano, a água esteja disponível no Reservatório Jati (...) beneficiando os municípios abastecidos pelo Rio Jaguaribe e a Região Metropolitana de Fortaleza - cerca de 4,5 milhões de pessoas”, diz a pasta.
Já o Canal do Sertão Alagoano totaliza R$ 84,1 milhões de investimentos em 2019. Os recursos visam ao funcionamento de um sistema adutor (transporte da água) com captação no reservatório da Usina Hidrelétrica de Moxotó. De acordo com descrição da pasta do Desenvolvimento Regional, essa estrutura parte do município de Delmiro Gouveia e segue até a cidade de Arapiraca “e atenderá mais de 1 milhão de moradores em 42 municípios alagoanos”.
Na Paraíba, o projeto Vertente Litorânea totalizará R$ 36,3 milhões do ministério em 2019. Esse sistema adutor vai integrar bacias litorâneas com as águas do Eixo Leste do Projeto São Francisco disponibilizadas no Rio Paraíba, após abastecer o Reservatório Epitácio Pessoa, em Boqueirão, na Paraíba. “Quando concluídas, as obras irão beneficiar uma população de 630 mil habitantes, com abastecimento humano e água para irrigação e indústria”, prevê o MDR.
Por: Agência Brasil / Diário de Pernambuco

'Bolsonaro e Lula se retroalimentam, um precisa do outro'

Merval Pereira comenta o tom do discurso adotado por Lula após sair da cadeia em Curitiba no final da tarde desta sexta-feira: 'Ele vai ter um objetivo agora, se contrapor a Bolsonaro. O problema desse confronto permanente, que vem desde a eleição, é que o país fica refém de duas posições: ou antipetista ou petista. Isso leva a uma polarização política entre os cidadãos que não ajuda em nada a democracia'.

Estudante pernambucana passa mal fazendo provas do Enem e morre

Uma estudante pernambucana de 18 anos morreu depois de passar mal durante as provas do segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, no domingo (10). Beatriz Gomes Borges era aluna da Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) Santa Ana, em Jardim Atlântico, Olinda, Região Metropolitana do Recife.
O corpo da adolescente foi sepultado na manhã desta terça-feira (12). Ela teria tido uma parada cardíaca enquanto realizada as provas de matemática e ciências da natureza do Enem. A estudante chegou a ser socorrida, mas não resistiu.
Beatriz estudava no terceiro ano do ensino médio e, segundo colegas da escola, estava aparentemente bem durante a semana que antecedeu o segundo domingo de provas do Enem. Ela participou de aulões e atividades relacionadas ao exame. “Era uma estrela na Terra de tão iluminada. Deus a quis perto Dele, para iluminar também. Descanse em paz, Bia”, escreveu a colega Gabrielle Cardozo, no Instagram.
A Escola de Referência em Ensino Médio Santa Ana também divulgou, nas redes sociais, uma homenagem à aluna. “É com muita tristeza que comunicamos o falecimento da nossa aluna Beatriz Gomes, (Bia 3D). Ela sempre terá um lugar especial em nossos corações. Um exemplo de superação, pela sua garra, empenho e dedicação! Foi uma honra tê-la conosco nesses três anos! Faltam palavras! Descanse em paz, Bia! Que Deus conforte todos os familiares e amigos!”, publicou.
Em nota, a Secretaria de Educação e Esportes do Estado lamentou e se solidarizou “com os amigos e familiares da estudante da Escola de Referência em Ensino Médio (Erem) Santa Ana, Beatriz Gomes, que faleceu no último domingo (10), enquanto realizava as provas do Enem”.

Bancos pagam PIS/Pasep a clientes nascidos em novembro e com final de inscrição 4

A Caixa Econômica Federal fará, nesta terça-feira (12), o depósito automático do abono salarial do PIS para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em novembro que têm contas no banco. Os servidores, os empregados de empresas públicas e os militares com direito ao Pasep e com final de inscrição 4 — que são clientes do Banco do Brasil (BB) — também terão o dinheiro creditado automaticamente em suas contas nesta terça.
Aqueles que não têm contas-correntes nem cadernetas de poupança — mas fazem jus ao pagamento e também comemoram aniversário neste mês (no caso do PIS) ou têm final de inscrição 4 (no caso do Pasep) — vão receber o abono salarial a partir de quinta-feira, dia 14. Nestes dois casos, a retirada pode ser feita diretamente no guichê.
Quem tem direito ao pagamento
Para ter ao abono salarial, é necessário estar filiado ao PIS/Pasep há, no mínimo, cinco anos e ter trabalhado com registro formal no ano de referência (2018) por, pelo menos, 30 dias, tendo recebido até dois salários mínimos, em média.
O empregador precisa ainda ter informado corretamente os dados do trabalhador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2018, entregue ao governo federal.
Como saber se tem direito ao benefício
Para saber se tem algo a receber de PIS, o trabalhador pode consultar o aplicativo Caixa Trabalhador, acessar o site www.caixa.gov.br/PIS ou ligar para 0800-726-0207, informando o número do PIS.
Se quiser obter mais informações sobre o abono salarial, o trabalhador também pode fazer uma consulta pelo site trabalho.gov.br/abono-salarial ou ligar para 158.
Para saber se tem direito ao abono, o trabalhador pode consultar o site www.bb.com.br/pasep ou telefonar para a central de atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 e 0800-729-0001.
Exceções
A maioria das domésticas não tem direito ao abono anual, pois os empregadores são pessoas físicas e não contribuem para o fundo PIS/Pasep.
Além disso, se qualquer outro trabalhador com registro formal recebeu comissão ou horas extras e, com isso, a renda mensal, na média anual, ultrapassou dois pisos nacionais, o abono não é liberado — mesmo que o salário registrado em carteira seja menor, ou seja, de até dois mínimos.

Próxima corrida do Boi Salgadinho será contra os sergipanos Júnior de Vavá e equipe no próximo dia 24

Foi marcada para o próximo dia 24, a 35º Corrida do Boi Salgadinho, o boi mais famoso do país esta invicto nas pegas de boi brasileiras, tornando-se o assunto mais comentado nas redes sócias, rádios e rodas de conversa.
Um grande público é aguardado no Sítio Baraúna Grossa, em Iguaracy, Pernambuco, onde os sergipanos Júnior de Vavá e equipe irão tentar a façanha de pegar o boi e entrar para a história.
Veja o vídeo da ultima corrida:
(Iguaracy News)

Bolsonaro lança ofensiva contra desemprego: Veja como será o “Programa Verde Amarelo”

O governo lançou nesta segunda-feira (11) sua maior ofensiva para a criação de empregos. Batizado de “Programa Verde Amarelo”, foi anunciado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em evento no Palácio do Planalto, às 17h, do qual também participaram ministros.
O projeto terá foco em jovens de 18 a 29 anos e trabalhadores acima de 55 anos e prevê a redução de encargos trabalhistas para os empregadores.
O governo espera criar 4 milhões de empregos nos próximos três anos com os benefícios e a estimativa é que o custo de contratação seja reduzido em 32%.
O programa deverá ser criado por medida provisória, que passa a valer imediatamente, mas ainda precisa do crivo do Congresso. Pelas regras, as empresas não pagarão a contribuição patronal ao INSS (de 20% sobre a folha), as alíquotas do Sistema S, do salário-educação e do Incra.
Além disso, a contribuição ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) cairá de 8% para 2%. O valor da multa será de 20% sobre o saldo em caso de demissão sem justa causa, ante 40% para outros contratos.
Veja abaixo os principais pontos do programa.
Qual o objetivo do Programa Verde Amarelo?
As empresas que contratarem jovens de 18 a 29 anos e trabalhadores acima de 55 anos pagarão menos impostos.
Será possível contratar com qualquer salário?
Não. O governo deve estipular remuneração máxima de 1,5 salário mínimo (R$ 1.497) para evitar que as empresas usem a desoneração para a contratação de funcionários qualificados, que têm menos dificuldade de achar emprego.
As empresas podem demitir os funcionários atuais para contratarem um “verde amarelo”?
Não. O governo deve prever uma espécie de trava para as empresas, que só poderão contratar pelo programa pessoas acima do número de funcionários que havia em um dado momento a ser definido pelo texto. Ou seja, só poderá contratar para ampliar sua força de trabalho. Além disso, as empresas devem ter um limite de contratações pelo “Programa Verde Amarelo”, de acordo com o porte da companhia.
Mas será possível substituir um trabalhador atual pelo novo modelo?
Não. Se um trabalhador com mais de 55 anos for demitido, por exemplo, a ideia é estipular um prazo de carência até que ele possa se recontratado sob as novas regras. No caso dos jovens, o programa foca no primeiro emprego.
Quanto mais barato vai ficar contratar esses trabalhadores?
A estimativa é de que o custo das contratações sob o programa ficará 32% menor do que é hoje. O programa vai livrar as empresas de pagar a contribuição patronal para o INSS (de 20% sobre a folha) e as alíquotas do Sistema S, do salário-educação e do Incra. A contribuição para o fundo de garantia, o FGTS, será de 2%, menos que os 8% que são descontados dos atuais contratos de trabalho. O valor da multa será de 20% sobre o saldo em caso de demissão sem justa causa – e não 40%, como é para os demais contratos.
O programa tem duração?
A desoneração total da folha terá duração de até dois anos. Caso a empresa deseje manter o profissional depois desse período, pode haver uma transição, com uma espécie de escada para que a companhia retome aos poucos o pagamento das contribuições sobre a folha. A avaliação é de que, se a empresa estiver disposta a manter o profissional em seus quadros, retomar a cobrança dos encargos toda de uma vez poderia desestimulá-la a tomar essa decisão.
Por que o governo escolheu essas faixas de idade?
Segundo o governo, são as idades em que há mais dificuldade para se conseguir emprego. De acordo com dados do IBGE, 7,966 milhões de pessoas acima de 60 anos estavam na força de trabalho no 2º trimestre, 450 mil a mais do que em igual período de 2018. O desemprego desse grupo, porém, passou de 4,4% entre abril e junho de 2018 para 4,8% no segundo trimestre. Entre 18 e 24 anos, o desemprego caiu de 26,6% para 25,8%.
Qual a expectativa de geração de empregos?
O governo espera incentivar a geração de cerca de 4 milhões de empregos ao longo de três anos.
Outros governos já tomaram medidas semelhantes?
Sim. Governos petistas também diminuíram os impostos sobre salários como forma de incentivar o emprego. Nos anos anteriores, foram “eleitos” setores para a chamada desoneração, mas estudos mostraram a ineficácia dado o custo para os cofres públicos.
O programa tem vigência imediata?
Sim. Deve ser criado por medida provisória, que passa a valer imediatamente. O texto, porém, precisa ser aprovado por deputados e senadores, que podem incluir mudanças, como a ampliação das faixas de idade. (Via: Agência Brasil)

É Pizza: STF decide que ação por desvio de dinheiro público prescreve após 5 anos

De acordo com a decisão tomada até agora, o prazo é válido para agentes públicos que causam prejuízos ao erário durante o exercício das funções
A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, na tarde dessa quinta-feira (2/8), que será mantido o prazo de cinco anos para a cobrança por danos causados nos casos envolvendo atos de improbidade administrativa. De acordo com a decisão tomada até agora, o prazo é válido para agentes públicos que causam prejuízos ao erário durante o exercício das funções. Seis ministros já votaram, mas a sessão acabou suspensa e será retomada na próxima quarta-feira.
Na prática, o Supremo mantém até agora o que já estava previsto na lei de 1992 que trata do assunto. O Estado tem o prazo de cinco anos para entrar na Justiça, cobrando pelos danos causados. Se isso não ocorrer, o caso prescreve. A decisão ocorreu durante o julgamento do recurso apresentado pelo ex-prefeito de Palmares Paulista (SP).
Ele havia sido condenado por improbidade administrativa ao realizar licitação para a venda de uma Kombi e um Ford Royale, usados pela prefeitura da cidade, em 1995. O Ministério Público acusou o gestor de ter cometido crime por realizar a venda por meio de carta-convite e não de leilão, como prevê a Lei de Licitações.
Os procuradores também disseram que os veículos foram vendidos por um valor abaixo do cobrado pelo mercado, o que teria causado um prejuízo de R$ 8 mil aos cofres públicos. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) decidiu pela prescrição da ação. O Ministério Público, então, recorreu ao Supremo.
O ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, entendeu que o poder de punição do Estado não pode ser exercido de forma ilimitada. “O combate à corrupção, à ilegalidade e à imoralidade no seio do Poder Público, com graves reflexos na carência de recursos para implementação de políticas públicas de qualidade, deve ser prioridade absoluta no âmbito de todos os órgãos constitucionalmente institucionalizados”, declarou Moraes, durante o voto. Ele foi seguido por Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. Edson Fachin e Rosa Weber votaram pela imprescritibilidade.

Bolsonaro enaltece povo nordestino durante entrega de mais de 4 mil casas na Paraíba

Governo entregou um complexo habitacional do 'Minha Casa Minha Vida' em Campina Grande, e o presidente não poupou elogios à região. Bolsonaro alfinetou a oposição ao dizer que a maior satisfação será entregar um país melhor do que recebeu do ponto de vista ético e econômico. E afirmou que governo que não respeita a família e não teme a Deus não merece ser governo. Em um discurso populista, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, fez questão de dizer que o governo não acabou nem vai acabar com o 'Minha Casa Minha Vida'. 
CNB - Globo

5.168 professores farão a correção das quase 4 milhões de redações do Enem

 
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 teve 3.920.638 candidatos presentes no primeiro dia de provas. Embora, ainda não se saiba quantos deles de fato fizeram a prova de redação, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou que contratou 5.168 professores para se encarregarem da correção dos textos.

Enem dos próximos anos será um exame técnico, diz ministro da Educação

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será, nos próximos anos, “um exame técnico e não ideológico”, afirmou neste domingo (10) o ministro da Educação, Abraham Weintraub. “O objetivo é que seja feita uma seleção justa para todos os brasileiros”, disse.
O Enem 2019 foi aplicado no dia 3 e neste domingo (10). Ao todo, cerca de 3,9 milhões de estudantes de todo o país participaram de pelo menos um dia de prova. Na análise de especialistas, o exame deste ano foi mais conteudista que de anos anteriores.
“[O estudante] não vai precisar mais ficar buscando nos manuais de esquerda ou de direita ou em qualquer lugar que seja, ideologias”, disse. “Como foi para a redação. [O participante] poderia escrever uma redação de esquerda, de direita ou técnica. Queremos apenas ver quem sabe elaborar uma boa redação. As questões foram feitas com esse intuito, selecionar as pessoas mais bem preparadas”. O tema da redação este ano foi Democratização do acesso ao cinema no Brasil.
Segundo o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, as questões deste ano foram todas retiradas do Banco Nacional de Itens (BNI), e já estavam elaboradas. Para integrar o BNI, as questões passam por um longo processo de aprovação e testagem.
“Não houve direcionamento para mais ou menos conteudistas”, disse Lopes. “O que houve foi a equipe buscando dentro do Banco de Itens uma prova equilibrada, que cobrisse matrizes do Enem. Para oferecer às universidades um conjunto de alunos com boas notas, para escolherem os melhores para seus cursos”.
Neste ano, o Inep criou uma comissão para definir o que não seria usado no Enem 2019. De acordo com nota técnica publicada pela autarquia, a comissão, criada no dia 20 de março deste ano, deveria "identificar abordagens controversas com teor ofensivo a segmentos e grupos sociais, símbolos, tradições e costumes nacionais" e, com base nessa análise, recomendar que tais itens não fossem usados na montagem do exame deste ano.
A comissão concluiu o trabalho no começo de abril. No entanto, pelo caráter sigiloso do BNI, o resultado não foi divulgado. O Inep esclareceu que como a elaboração de um item é um processo longo e oneroso, nenhum item será descartado. Eles poderão ser posteriormente adequados. (Via: Agência Brasil)

Apostar na loteria fica mais caro; mega-sena vai custar R$ 4,50

Os preços das apostas de oito modalidades lotéricas ficaram mais caros a partir de hoje (10). Segundo a Caixa Econômica Federal, o reajuste foi feito, após quatro anos sem elevação dos preços.
Os novos valores foram autorizados pela Portaria nº 8.061 do Ministério da Economia, publicada no Diário Oficial da União no último dia 31 de outubro. O reajuste valerá para os sorteios que serão realizados a partir desta segunda-feira (11). Os novos preços serão os mesmos em todos os canais de apostas, conforme tabela:
Modalidade Lotérica Preço Anterior Novo Preço
Mega-Sena R$ 3,50 R$ 4,50
Lotofacil R$ 2,00 R$ 2,50
Quina R$ 1,50 R$ 2,00
Lotomania R$ 1,50 R$ 2,50
Dupla Sena R$ 2,00 R$ 2,50
Timemania R$ 2,00 R$ 3,00
Loteca R$ 2,00 R$ 3,00
Segundo a Caixa, as mudanças contribuirão para o aumento dos prêmios ofertados aos apostadores. “Também será incrementado o repasse social de recursos às áreas definidas na lei, como Educação, Esporte, Segurança, Seguridade, Cultura e Saúde, entre outras”, diz o banco.
Como apostar
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em qualquer lotérica do país e também no portal Loterias Online. Clientes com acesso ao Internet Banking Caixa podem fazer apostas na Mega-Sena pelo computador pessoal, tablet ou smartphone. Para isso, é preciso ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos. As apostas pelo Internet Banking podem ser feitas das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteios, quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte.
Para jogar pela internet, no Portal Loterias Online, o apostador precisa ser maior de 18 anos e efetuar um pequeno cadastro. O cliente escolhe seus palpites, insere no carrinho e paga todas as suas apostas de uma só vez, utilizando o cartão de crédito. O valor mínimo da compra no Portal (que pode conter apostas de todas as modalidades disponíveis no site) é de R$ 30,00 e máximo de R$ 500,00 por dia. Também pelo portal, os apostadores podem optar pelos combos de apostas, que podem ser de apenas uma modalidade ou de várias modalidades. Na seleção do combo, o cliente pode escolher entre visualizar os números selecionados em cada aposta ou o formato Surpresinha, no qual o sistema escolhe aleatoriamente os números da aposta.
Para usuários do sistema iOS, o aplicativo Loterias Caixa já está disponível na Apple Store. As modalidades que estão disponíveis para apostas são: Mega-Sena, Lotofácil, Quina, Lotomania, Timemania, Dupla Sena, Loteca, Lotogol e Dia de Sorte. As apostas podem ser feitas todos os dias e a qualquer hora, durante o período de captação de cada concurso. Em breve, diz a Caixa, ficará disponível o aplicativo na loja Google Play, para os sistema Androide.
Bolão
Para as modalidades Mega-Sena, Dia de Sorte, Lotofácil, Quina, Dupla Sena e Loteca, há a possibilidade de fazer bolão. Basta formar um grupo, escolher os números da aposta, marcar a quantidade de cotas e registrar em qualquer uma das lotéricas do país. Ao ser registrada no sistema, a aposta gera um recibo de cota para cada participante que, em caso de premiação, poderá resgatar a sua parte do prêmio individualmente.
O apostador também pode adquirir cotas de bolões organizados pelas lotéricas. É preciso solicitar ao atendente a quantidade de cotas que deseja e guardar o recibo para conferir a aposta no dia do sorteio. Nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço adicional de até 35% do valor da cota, a critério da lotérica. Com o reajuste, as cotas mínimas e máximas dos bolões também serão adequadas, de acordo com cada modalidade. (Via: Agência Brasil)

Triunfo inicia programação natalina no dia 7 de dezembro

Tradicional festividade terá programação gratuita espalhadas pela cidade até 6 de janeiro de 2020. Entre as atrações, Moacyr Franco, grupos de pastoril, concertos, corais, espetáculos, entre outras
Um dos destinos mais procurados para turistas e moradores que querem vivenciar as festividades de final de ano, Triunfo se prepara para nova edição de seu calendário de Natal. Com expectativa de receber 5 mil pessoas, e tendo como tema “Janelas de Triunfo”, a Prefeitura Municipal, o Sesc Pernambuco e o Governo de Pernambuco, via Secretaria de Turismo e Lazer de Pernambuco, vão abrir a programação gratuita no dia 7 de dezembro.
Com atividades voltadas para públicos de todas as idades, o Natal de Triunfo vai acontecer até 6 de janeiro de 2020, com o tradicional rito da Queima da Lapinha. Durante o período, pastoris, corais, espetáculos teatrais, exposições, bacamarteiros, entre outros, vão comandar a festa em diversos lugares da cidade. “É um momento importante, não apenas pelo simbolismo, mas pelo fortalecimento da cultura local e pelo estímulo de vivenciar os espaços da cidade com atrações de qualidade”, fala o diretor regional do Sesc em Pernambuco, José Oswaldo Ramos.
A abertura do ciclo natalino acontece na noite do sábado (07/12), às 19h45, no Theatro Cinema Guarany. Lá, o Concertos de Dezembro, com Orquestra Isaías Limas, George Magno e Cidinha e Zé Marques vão iniciar a programação. Às 22h30, os Seresteiros de Triunfo conduzirão o público em cortejo pelas ruas da cidade. No dia seguinte, os triunfenses e visitantes poderão apreciar o “Corredor Cultural da Matriz à Casa dos Caretas – De Janelas Abertas”, com várias apresentações artistas iniciadas em frente à Casa do Careta até a Cachaçaria e em frente à Igreja Matriz.
Um dos destaques da programação é o show do cantor Moacyr Franco, no dia 14 de dezembro, às 22h, no Theatro Cinema Guarany, que recebe antes, às 20h a Banda Forró do Candeeiro com Igor Alves, Fátima Barros e Thiago Alexandre. No final de semana que antecede o Natal, a programação terá teatro, música e manifestações populares. No sábado (21/12), como parte do projeto Teatro em Dezembro, será apresentado às 16h, no Hotel do Sesc Triunfo, o espetáculo “Tempo de Flor”, do Grupo de Teatro Pé de Vento (Sesc Arcoverde). Às 20h, no Theatro Cinema Guarany, haverá apresentação do Coral Vozes do Guarany (Triunfo). Ainda no Theatro, o público poderá conferir às 21h a Banda Edição Extra (Triunfo) e convidados: Jéssica Caitano (Triunfo) e Allan Souza (Triunfo). Logo depois, será a vez do Triunfando no Choro (Triunfo).
Domingo (22/12), às 16h, o Grupo de Teatro Pé de Vento (Sesc Arcoverde), volta a a apresentar o espetáculo “Tempo de Flor”, desta vez no Pátio de Eventos. Às 17h, no Letreiro de Triunfo (ao lado da base do Teleférico do Sesc), os Bacamarteiros de Sítio Serrinha (Triunfo) se apresentarão. A programação terá continuidade a partir das 20h na Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores, com a Quadrilha Estilar (Triunfo), Quadrilha junina Sem Limite (Serra Talhada) e Cavalo Marinho Sertão Afora (Arcoverde). A programação da segunda-feira (23/12) será no Pátio de Eventos, com o Arte na Praça. Às 19h30 o Coral da Melhor Idade (Triunfo) apresentará um repertório natalino. Em seguida, o público vai conferir apresentações do Grupo Xaxado Os Cabras de Lampião (Serra Talhada) , do Pastoril Viver (Sesc Goiana) e Temas dos Musicais da Broadway, Classe de Canto (Sesc Santo Amaro).
No dia 24/12, a programação terá início, às 16h, no Hotel Sesc Triunfo. É o Concerto Sertanejo, comandado por Leandro Vaz, Macvany Oliveira e Erlane Franciele. Em seguida, às 18h, acontece a Hora do Ângelus com Quinteto Metal Nobre, Igor Alves e outros convidados. Às 20h, no Theatro Cinema Guarany, o Coral Vozes do Guarany vai apresentar repertório com as clássicas canções da época. Quem encerra a noite da véspera natalina é a Orquestra de Sopros, Percussão e Poesia, com o Maestro Cacá Malaquias.
No dia 25, a programação acontecerá no mesmo equipamento cultural e mais cedo, às 16h. É uma das atividades mais esperadas da cidade, que acompanha o já tradicional Cortejo de Papai Noel. O percurso sairá do Theatro Cinema Guarany em direção ao Pátio da Igreja da Matriz e terá a participação dos grupos os Caretas, Maracatu Ilê-Omin, Quadrilha Sem Limite, Pastoril Triunfo, Boi Maracatu, Cavalhada Tamboril, Quadrilha Estilar, Urso Mimoso e Cambindas. Às 20h a festa volta para o Theatro Cinema Guarany, que receberá a apresentação do Coral Vozes de Guarany. Em seguida, a Orquestra de Sopros, Percussão e Poesia, com o Maestro Cacá Malaquias, encerrará a programação.
Até o dia 6 de janeiro a programação natalina continua em Triunfo, quando será encerrada com a Queima da Lapinha. Ao término da missa do Dia de Reis, um cortejo com grupos artísticos tomará as ruas da cidade, partindo da Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores para a Igreja do Rosário, com a participação do Pastoril Viver de Goiana, Maracatu de Baque Solto e Orquestra Isaias Lima. A programação completa, que pode sofrer alterações, está disponível no site do Sesc Pernambuco (www.sescpe.org.br).
Programação Natal Triunfo

Jornalismo Pernambucano de luto pela morte de Inaldo Sampaio

O jornalista e comentarista político Inaldo Sampaio morreu aos 64 anos, na madrugada desta segunda-feira (11), no Recife. Sampaio lutava contra um câncer e passou mal no final da noite do domingo (10), quando foi socorrido para um hospital na capital pernambucana, segundo a família.
Parentes contaram que Sampaio estava em casa, em recuperação devido ao tratamento do tumor, que começou na próstata e se espalhou. Ele passou mal na noite do domingo (10), foi socorrido para um hospital, mas não resistiu e faleceu na madrugada desta segunda. O corpo foi encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO), que vai determinar a causa da morte.
Inaldo Sampaio trabalhou por 12 anos no jornal O Globo e por 22 anos na coluna Pinga Fogo do Jornal do Commercio. Também passou pela Folha de Pernambuco e foi comentarista político do Bom Dia Pernambuco no inicio da década de 1990. Atualmente, era comentarista político na CBN, assinava coluna no Diário de Pernambuco e, há 24 anos, atuava na comunicação social do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
Em nota, o TCE confirmou e lamentou a morte do jornalista. “Nossa solidariedade à esposa Teresa Cristina e aos filhos, Joana e João Marcelo neste momento de tanta dor”, disse no texto. Segundo o tribunal, o enterro foi marcado para as 17h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista.
Fonte: G1-PE

STF antecipou a campanha eleitoral em três anos

Josias de Souza/Uol
Ao libertar Lula, o Supremo Tribunal Federal ateou uma retórica inflamada na conjuntura brasileira. Em menos de 24 horas, o ex-presidiário petista promoveu dois comícios —um na porta da cadeia, outro defronte do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo (Veja a íntegra no rodapé). Em ambos, o ficha suja discursou como candidato a um terceiro mandato presidencial. "Eu estou de volta", disse Lula neste sábado. No extremo oposto, Jair Bolsonaro mordeu gostosamente a isca da ultrapolarização: "Não vamos contemporizar com presidiário". Assim, com o beneplácito da Suprema Corte, foi deflagrada, com mais de três anos de antecedência, a sucessão de 2022.
Com ares de quem prepara uma plataforma eleitoral, Lula anunciou que pretende "falar ao país" dentro de 20 dias. Tomados como um esboço do que está por vir, os primeiros discursos soaram como uma declaração de guerra. Lula tratou o presidente da República como um miliciano, insinuando que está vinculado aos assassinos de Marielle Franco. Chamou Sergio Moro de "canalha". E grudou em Paulo Guedes a pecha de "demolidor de sonhos".
Foi como se Lula desejasse facilitar a resposta dos rivais. Declara-se injustiçado. Mas não hesita em acusar Bolsonaro sem provas. Xinga o ex-juiz da Lava Jato sem explicar os fatos que lhe renderam o título de corrupto de terceira instância. Ao encaixar todas as mazelas econômicas do país nos dez meses de gestão de Guedes, Lula pede ao brasileiro que faça como ele, fingindo-se de bobo para esquecer que Dilma Rousseff existiu.
As pesquisas indicam que o eleitorado brasileiro está rachado em três pedaços. Num extremo, um terço pró-Bolsonaro. Noutra extremidade, um terço simpático à radioatividade de Lula. No meio, um terço que reza por moderação enquanto se equipa para decidir a próxima sucessão presidencial.
Lula e Bolsonaro parecem subestimar a inteligência da plateia. Um, colecionador de ações criminais, já não retira coelhos da cartola, só gambás. Outro, dedicado à fabricação de crises, não se deu conta de que foi colocado ao volante para dar um rumo à economia, não para passar quatro anos xingando o retrovisor.

Veículo que seguia em direção a Jabitacá é tomado de assalto próximo a trevo da Ingazeira.

A Guarnição Tática foi solicitada pela vítima de 51 anos, a qual relatou que por volta de 04h30 seguia para o distrito de Jabitacá com quatro pessoas no seu veículo, que 5km após o trevo da Ingazeira com destino a Jabitacá, um veículo tipo Honda Civic, cor prata, sem placa, encostou em seu veículo e anunciaram um assalto, chegando a efetuar dois disparos de arma de fogo para o alto, que a vítima parou seu veículo, momento em que receberam ordens para que todos deitassem com as faces para o chão, os indivíduos levaram o veículo Corsa Classic LS, ano 2011/2012, cor preta, placa OEW 3617-PE pertencente a vítima e atearam fogo no Honda Civic, cor branca, que eles utilizavam, nesse veículo havia perfurações de arma de fogo. Diante dos fatos, a vítima foi conduzida à DP de Afogados da Ingazeira onde foi instaurado inquérito por portaria.

Agência do Sicoob de Itapetim é arrombada

 
A agência da Cooperativa de Créditos Sicoob de Itapetim foi arrombada na madrugada deste sábado (11).
De acordo com informações do blogueiro Marcelo Patriota, houve disparos efetuados pelos criminosos que fugiram em seguida. Ainda não se sabe quantos homens participaram da ação e se conseguiram levar algum valor.
Uma informação que circula é a de que teria havido uma tentativa frustrada de explosão ou por falha técnica ou por conta da demora na execuçãoda operação criminosa.
Segundo informações, os suspeitos jogaram grampo na PE 263 que liga Itapetim ao Ambó para dificultar o trabalho da polícia.
A agência já foi alvo de bandidos por diversas vezes. A última investida aconteceu em setembro de 2017, onde um segurança de uma empresa de transporte de valores foi morto em troca de tiros com os suspeitos. (Por Nill Júnior)