Gestores Previdenciários dos Municípios se capacitam na Amupe‏

 Mais de oitenta gestores do setor de previdência social dos municípios participam durante três dias (11,12 e 13/11/2014) do curso preparatório para Gestores Previdenciários, numa parceria da Amupe com a APEPP – Associação Pernambucana de Entidades de Previdência Pública, e o Banco de Brasília.
Iguaracy marcou presença no Evento através dos servidores: EDENILDA ALVES NUNES RABELO, Gerente de Previdência e JOSÉ JAILSON FERNANDES DE GÓIS, Assistente Administrativo e Financeiro do Fundo de Previdência Municipal.
O evento foi aberto pela secretária executiva da Amupe, Gorette Aquino, representando o presidente da Instituição José Patriota, que agradeceu a parceria e a presença de todos os participantes. O curso está sendo realizado na sede da Amupe. (continua...)
Para ministrar o curso foi convidado Wanderley França, pós-graduado em Mercado Financeiro pela UNB e professor de CPA-10 e CPA-20 do Branco de Brasília. Ele falou sobre a importância dessa preparação e sobre a certificação em CPA-10. “A orientação do Ministério da Previdência é para que os servidores dos institutos de Previdências de RPPS tenham um conhecimento básico de como funciona o mercado e os fundos de investimento, sistema financeiro nacional, ética e regulamentação. Ou seja, o conhecimento mínimo necessário para ocupar o cargo de gerir a aposentadoria dos demais servidores dos municípios.” Afirmou.
Para tanto, explica Wanderley França, a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais – ANBIMA criou uma prova para que os gestores de RPPS ao passarem recebam uma certificação do nível CPA-10. As provas geralmente são aplicadas pela Fundação Getúlio Vargas. “Durante esses três dias vamos fazer esse curso preparatório. A intenção é que após esse treinamento, todos os municípios envolvidos estejam aptos a fazer essa prova, que é marcada de acordo com o próprio candidato. As datas em que os exames podem ser realizados estarão no site da ANBIMA, além do horário e o agendamento disponível. O candidato escolhe onde quer fazer a prova, nos locais que já são pré determinados”, reforçou Wandeley.
A presidente da APEPP, Célia Verônica Emídio, falou também sobre a exigência do Ministério da Previdência de que os RPPS precisam instituir seus comitês de investimentos. “Nós temos duas entidades que fazem essas provas para que os demais gestores ou membros se certifiquem. Há uma exigência de que os municípios acima de cinco milhões tenham a certificação até novembro/2014, e a partir do próximo ano, independente do valor aplicado, todos os RPPS e seus comitês precisam ter na sua maioria os certificados, por isso o curso é tão importante. Ele foi programado para capacitar os RPPS . Temos um termo de cooperação técnica entre a APEPP e a Amupe, com o apoio do Banco de Brasília”. Destacou.
Célia Verônica Emídio ressaltou que o foco central do curso é capacitar os gestores para que eles possam ser aprovados, cumprindo tanto a exigência legal do Ministério da Previdência, como também de mercado, porque com essa certificação eles vão atuar nos RPPS, mas futuramente estarão preparados para atuar no mercado financeiro. O curso é constituído de módulos. A inscrição da prova estará no site tanto da ANBIMA quanto da APIMEC.. Para quem não conseguiu se inscrever nesse curso que está sendo ministrado esta semana, ele será reprisado em cinco regionais a partir de janeiro 2015 em parceria com a AMUPE. Ao término do curso os participantes receberão certificado exigido pela Portaria MPS -440/2013.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO GOVERNO DE IGUARACY