CUIDADO: Ideologia de Gênero visa unicamente a destruição da Família

Estamos vivendo tempos difíceis, sendo reorientados por um movimento internacional que visa estabelecer uma nova ordem mundial, tentando reorientar o mundo em sua sexualidade, usando estratégias de dominação política e subversão sexual, cultural e religiosa.
Essa “onda” ou “movimento” está sendo pregado com toda a força no ocidente... e principalmente no Brasil.
Você pode não ser o foco principal (pois sua opinião já está formada), mas os seus filhos e netos - ou seja, nossas crianças e adolescentes - estão na mira.... e são bombardeados de todos os lados.
Usando a filosofia de uma política totalitária de esquerda, se apossando da educação para sua promoção, seguem doutrinando ideologicamente nossos filhos, mudando seus sistemas internos de valores morais, éticos - principalmente o religioso, pois este é o único freio, segundo os próprios doutrinadores, capaz de conter seus avanços.
A estratégia dessa ideologia é desconstruir tudo que venha a se tornar uma pedra em seu caminho.
Tem sido uma meta a ser alcançada pelos doutrinadores políticos e da ideologia de gênero, ocupar todos os espaços, na mídia, na sociedade, nas discussões sociais, culturais, na politica e principalmente nas escolas.... utilizando cartilhas que estimulam o sexo e colocam "casais" gays junto com casais hétero para passar a mensagem de que tanto um quanto o outro é normal e perfeitamente aceitável.
Na educação, o intuito é desconstruir valores familiares, morais e religiosos, colocando a criança em conflito com sua realidade, suas tradições familiares, com intuito de provocar no núcleo familiar de cada criança uma guerra de valores.
Desta forma, o alvo seria a desestabilização da Família, para então provar que "este núcleo e as tradições que as sustentam são resultado de uma religião cristã, proselitista". Assim, querem transformar a Família - tida como fator de proteção social e individual - em algo imposto pelos conservadores e que só causa bloqueios e preconceito nas crianças.... querem colocar a família como um "fator de risco".
Na imagem, uma família tradicional... criada e instituída por Deus para nos transmitir valores cristãos, bem como construir e desenvolver como indivíduos em sociedade.
Parece até "teoria da conspiração", coisa de "fanático", não é mesmo?
Mas é dessa forma que os doutrinadores têm conseguido, aos poucos, desestabilizar a sociedade através da destruição da célula mater - a Família tradicional - e usam a estratégia da promoção pelo discurso da luta entre classes, carregado de promoção da "luta contra a homofobia, generofobia, transfobia... e esse monte de porcarias que vivem criando para causar discórdia.
Em um primeiro momento, os discursos visam acabar com o preconceito contra o que chamam de "minorias sexuais" (gêneros e LGBTT's), com o intuito de promover "a igualdade entre os seres humanos".

A estratégia que utilizam para isso?
A relativização moral, religiosa, imposição de novas ideologias cada vez mais promíscuas e liberais, pensamentos subversivos, tentando convencer com falácias apelativas e emocionais que o gênero Binário instituído por Deus (heterossexualidade, que tem apenas dois gêneros - masculino e feminino) só é considerado normal dentro de uma sociedade machista... porque segundo esses doutrinadores, "uma sociedade religiosa e proselitista normatizou este modelo e proíbe os outros gêneros [não binários] de existirem", fazendo com que milhares de pessoas vivam infelizes dentro de seus "casulos e armários" - mesmo tendo "nascido assim", reprimindo esses indivíduos de se "libertar" e viver feliz com a sua opção sexual.
A foto desse menino causou tristeza em muita gente que tem ainda alguma noção de moral e consciência social. Vejam se está certo expor dessa forma uma criança que certamente não tem ainda maturidade e muito menos formação intelectual suficiente para lidar com esse tipo de conflito!

Uma mentira dita centenas de vezes acaba sendo aceita como "verdade".
É dessa forma que se doutrina crianças... através de livros infantis com esse tipo de abordagem;
Jovens: por vários meios - principalmente através de músicas (clipes), séries de TV e festas.
Sociedade: através de seguidos debates na TV, temas de novelas abordando como natural, corajoso e bonito... e até por vias judiciais... ameaçando com processo criminal quem tiver opinião contrária, alienando e manipulando de forma repetitiva, fazendo uma lavagem cerebral em todos de mente fraca e sem um mínimo de censo crítico.
Me pergunto, como vencer essa inércia de profissionais, políticos, pais, líderes religiosos... para que verdadeiramente se importem com um assunto tão importante para o futuro próximo da nossa sociedade?
A inércia se dá pelo medo... medo de ser taxado e rotulado como homofóbico, transfóbico... sendo discriminado pelas pessoas à nossa volta... sendo marginalizado como alguém que cometeu um crime horrendo.
Parece exagero, mas com a exposição em redes sociais de hoje, há um massacre moral.
Estamos vivendo dias em que podemos ser perseguidos judicialmente e socialmente, apenas por discordar!
Poucos tem coragem e disposição para enfrentar essa discriminação proposital, preferindo o silêncio... e é exatamente neste silêncio, nessa omissão que esses grupos crescem. Isso se chama estratégia de doutrinação - bem conhecida pelos adeptos do Marxismo Cultural.
Podemos sim respeitar as pessoas como elas são e querem ser, mas não podemos aceitar ter nossa opinião castrada. Não podemos concordar em deixar "psicotizar" as pessoas, aceitando calados enquanto pregam mentiras como sendo verdades, gerando esse mal estar e essa angústia na sociedade.
A busca desenfreada por prazer - provocada propositadamente por estes ideólogos - mostra na prática um aumento de conflitos, a evasão escolar, o aumento de vícios em drogas e até mesmo dos casos de DST's / AIDS. Isto expõe as nossas crianças a um futuro incerto em nome de um prazer antecipado. A criança entra em uma mundo de "prazer" para o qual não está preparada ou foge em busca de um prazer que se transformará em sua própria ruína.
Cartilha que ensina e estimula o sexo precoce, distribuída em escolas públicas para crianças entra 6 e 8 anos de idade
Os professores doutrinadores, o MEC e as famílias omissas serão responsáveis diante de Deus por colocar crianças em contato com drogas, prostituição, atividade sexual precoce, aborto... sem ao menos saber a sua história e, dependendo dessa história, podem estar promovendo a instalação de uma frustração e uma dor inimaginável para o resto da vida!
Não podemos ser omissos!!
Os adeptos dessa educação subversiva tomam o totalitarismo de esquerda como uma referência... pouco se importam com o futuro de quem quer que seja, pois pensam apenas em suas conquistas no 'aqui e agora', na obsessão por domínio de opinião. Isto os impede de ver as atrocidades que essa reorientação sexual tem causado nas culturas por onde ela passou.
Temos que fazer nossa parte como pais e como cristãos!!
Cobrar dos professores e da escola de seu filho que sejam ignorados materiais que promovam a erotização precoce e as mentiras relacionadas à multiplicidade de gênero, uniões poliafetivas, livros que estimulam a curiosidade precoce sexual... entre outras bobagens que tentam ensinar para nossos filhos.
Explique a verdade!!
Ensine suas crianças em casa sobre uma sexualidade de maneira saudável e no seu devido tempo... ensine o que Deus nos fala sobre orientação sexual na bíblia!!

"Por causa disso Deus os entregou a paixões vergonhosas. Até suas mulheres trocaram suas relações sexuais naturais por outras, contrárias à natureza. Da mesma forma, os homens também abandonaram as relações naturais com as mulheres e se inflamaram de paixão uns pelos outros. Começaram a cometer atos indecentes, homens com homens, e receberam em si mesmos o castigo merecido pela sua perversão (na terra... infelicidade e vazio existencial, após a morte... inferno). Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam (pessoas que praticam homossexualismo estão com seu entendimento obstruído... estão cegas)."
Romanos 1:26-28

Deus criou macho e fêmea... e é dessa forma que devemos nos orientar.
Qualquer orientação diferente dessa é apenas comportamental... uma prática como fumar, beber... é opção e problema de cada um e não deve ser copiado.

"Vocês não sabem que os perversos não herdarão o Reino de Deus? Não se deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem homossexuais passivos ou ativos, nem ladrões, nem avarentos, nem alcoólatras, nem caluniadores, nem trapaceiros herdarão o Reino de Deus."
1 Coríntios 6:9-10


Por isso irmãos...
Levem seus filhos à igreja, para que ouçam e aprendam a Palavra de Deus desde cedo... pelo menos assim eles conhecerão a verdade e terão argumentos para se contrapor aos ensinamentos repassados nas escolas.

"Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele."
Provérbios 22:6
Você pode ensinar seu filho a respeitar as pessoas em suas diferenças, mas não deixe que eles sejam enganados por ideologias de gênero.... pois um dia Deus irá cobrar essa conta, principalmente dos pais!
Paz
Por Leonardo Souza (Correio de Deus)
Com base no texto de Marisa Lobo

Share/Bookmark

0 comentários: