Veja elenco da segunda temporada de “Conselho Tutelar” que estreia nesta segunda-feira na Rede Record

Conheça a segunda temporada de Conselho Tutelar, série que estreia em janeiro na Record
A partir da próxima segunda-feira (4), às 22h30, cinco novos episódios levarão à nova temporada de Conselho Tutelar dramas de um cotidiano conhecido por todos.
Inspirada em fatos reais, a minissérie tem como tema o universo dos Conselhos Tutelares – Órgãos que compõem o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente – cheios de histórias heroicas e perturbadoras relacionando as crianças e seus responsáveis, justiça, polícia e sociedade em um emaranhado de interesses.
A minissérie continua no Rio de Janeiro e a narração contará novas histórias pessoais dos personagens principais, cujas vidas sofrem interferência devido às exigências do trabalho.
Cada episódio de Conselho Tutelar trará uma história que envolve algum tipo de violência contra as crianças, em que a equipe formada por conselheiros, psicóloga e pela assistente social terá de averiguar e tomar uma decisão diante dos fatos apurados.
A minissérie continua com a conscientização e o alerta a pais, parentes e responsáveis sobre a importância de denunciar maus-tratos contra crianças e adolescentes.
Personagens
Sereno (Roberto Bomtempo) – 48 anos
É o conselheiro tutelar mais antigo do Rio de Janeiro. Sua dedicação deteriorou sua vida pessoal e sua saúde. Vive brigando com o promotor André Gouveia, em parte porque este quer controlar o Conselho Tutelar, mas principalmente porque o promotor namora sua ex-mulher. Nesta 2ª temporada, começa a questionar sua vida, sua saúde e seus relacionamentos com Fabinho, seu filho e Flávia, sua ex-esposa.

César (Paulo Vilela) – 27 anos
Conselheiro tutelar. Muito fechado, não fala sobre sua vida pessoal e nunca aceita convites dos colegas do trabalho para sair. Costuma entrar em conflito com Sereno, pois age como se fosse autossuficiente. Seu temperamento impulsivo o coloca sempre em situações difíceis com juízes, promotores e policiais. Nesta temporada, será incentivado a procurar ajuda psicológica para seus traumas.

André Noronha (Petrônio Gontijo) – 38 anos
Promotor público e atual namorado da ex-mulher de Sereno. Sujeito elitista e insubornável que sempre resiste a pedir o indiciamento de vítimas cujos agressores são ricos. Em sua opinião, o Conselho Tutelar precisa se submeter ao controle da Justiça.

Carvalho Brito (Paulo Gorgulho) – 59 anos
Juiz antigo que já deveria ter chegado a desembargador. Homem de família, casado, pai de dois filhos e frequentador assíduo dos melhores prostíbulos do Rio de Janeiro. No passado, foi acusado de vender sentenças, mas nada foi provado contra ele.

Lídia (Gabriela Haviaras) – 33 anos
Assistente Social. Especula-se que tenha entrado para o Conselho Tutelar por ter sido amante do juiz Carvalho Brito, de quem engravidou e sofreu um aborto traumático. A perda da capacidade de ser mãe não a tornou mais sensível ao dia a dia do Conselho. Nesta 2ª temporada, se tornará mais parceira e se aproximará de Estér.

Estér (Andréa Neves) – 37 anos
Psicóloga responsável por conversar com as crianças vítimas de maus tratos. Por ser portadora de nanismo, tem profunda empatia com as crianças, ganhando rapidamente a confiança delas. É uma mulher centrada, com uma vida estável e que lida com muito bom humor com as dificuldades cotidianas consequentes da sua baixa estatura. Se aproximará de Lídia.

Flávia (Cássia Linhares)- 35 anos
Ex-mulher de Sereno, com quem teve um filho (Fábio). Atualmente, namora o promotor André Gouveia, e resiste às tentativas de Sereno para reatar o casamento, deteriorado pelo excesso de trabalho dele como conselheiro tutelar. Passa a lutar por sua independência e crescimento pessoal.

O início
O primeiro episódio começará no exato momento onde terminou no quinto episódio da primeira temporada. Ele se inicia com César pretendendo atacar Murilo com uma pedra, mas logo vê que este trabalha ajudando crianças carentes. César começa a se questionar.
Sereno e Brito trocam figurinhas sobre suas infâncias humildes, enquanto o promotor André, um filho de classe média, se sente deslocado.
Jorjão se muda com a família para uma cidade do interior do Rio de Janeiro para levar uma vida mais tranquila.
Lídia está infeliz com sua vida e, após chorar no banheiro, sofre assédio sexual vindo de um estranho no Conselho Tutelar. Mais tarde ela e Estér discutem suas posições no Conselho.
Gabriel, um garoto de 10 anos, deixa um bilhete no Conselho Tutelar, avisando que vai se matar. Ninguém sabe onde o menino está. César e Sereno travam uma verdadeira luta contra o tempo para salvá-lo. Eles o encontram entre a vida e a morte no ferro velho cujo dono é seu pai que não quer assumi-lo como filho.
Lurdes, uma menina que teve suas mãos queimadas pela mãe, Jandira, após roubar uma bala de uma loja, é mandada para morar com o pai, porém, sua madrasta, acaba colocando-a na rua por tomar o achocolatado que não era seu.
Lurdes é mandada para o abrigo, mas continua a visitar a mãe, pois tem saudades. Sereno tentar ajudar, mas nada consegue fazer.
Os conselheiros recebem a visita de que Jorjão e outros dois conselheiros foram assassinados enquanto resgatavam uma criança. Sereno fica devastado e vai visitar Flávia e Fábio, mas lá acaba tendo uma discussão com sua ex-mulher. Após a briga com Sereno, Flávia decide tomar controle de sua vida.

Share/Bookmark

0 comentários: