Encontrado um erro na construção da Grande Pirâmide de Gizé

Durante séculos, a Pirâmide de Gizé foi sinônimo de perfeição e beleza, símbolo do esplendor máximo da cultura do Antigo Egito.
No entanto, uma descoberta científica recente encontrou um pequeno erro em sua construção. Uma pesquisa chefiada pelo engenheiro e arqueólogo americano Glen Dash e pelo egiptólogo Mark Lehner determinou que o lado oriental da pirâmide é 14,1 centímetros maior que o ocidental.
Muito mais do que encontrar essa diferença mínima, o estudo representa um grande avanço técnico, ao utilizar sistemas inovadores de medição, que permitiram que os especialistas partissem dos pontos que formaram a base da pirâmide há 4.500 anos, hoje em ruínas.
Dessa forma, tendo como referência os 84 pontos sobre os quais a estrutura foi erguida, os pesquisadores utilizaram o método estatístico de “regressão linear”, que mostrou como a base da fabulosa pirâmide não é tão quadrada quanto se imaginava.

Share/Bookmark

0 comentários: