Políticas sociais perderão R$ 868 bilhões com a PEC 241, diz novo estudo do Ipea

 
Novo estudo de pesquisadores do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que as perdas das políticas sociais do governo federal seriam gigantescas, caso a proposta a PEC 241 seja aprovada; pela projeção, ao fim dos próximos 20 anos sob o teto, recursos para programas como Bolsa Família, Segurança Alimentar, BPC (previdência para pessoas de baixa renda) e serviços de Proteção Social Básica, que consumiram 1,26% do PIB em 2015, cairiam para 0,7% do PIB; “A assistência social contaria com menos da metade dos recursos que seriam necessários para manter a oferta de serviços nos padrões atuais”, projeta o estudo para 2036; em números, a perda seria de R$ 868 bilhões.

Share/Bookmark

0 comentários: