“Está chovendo na bacia do São Francisco e 2017 deverá ser melhor”, diz meteorologista

Um ano após a situação da Barragem de Sobradinho ter chegado a atingir a capacidade de menos de 1%, hoje o reservatório acumula o percentual de 6,5% de água. A notícia foi dada na manhã desta terça-feira (15) pelo professor de clima da Univasf e doutor em meteorologia Mario de Miranda, em entrevista a Rádio Jornal. Até o início deste ano as barragens do São Francisco apresentaram números preocupantes.
Segundo o professor, o Rio São Francisco tem 3600 pontos de onde cai água para dentro do leito e recebe água de regiões como Brasília, Formosa (GO), Piauí, Minas Gerais e Bahia. “Onde deveria estar chovendo na Bacia do São Francisco está chovendo e essas chuvas têm chegado aqui. Nos últimos 30 dias choveram bem na área das bacias e uma parte dessa água já está no leito do rio. A barragem de Sobradinho hoje está com 6,5% da capacidade, enquanto no final do ano passado ela chegou a 0.9%”, comemora Mario.
Aproveitando a deixa do feriado histórico de Proclamação da República, o professor de clima da Univasf contou que a transposição do Rio São Francisco e até a barragem de Sobradinho foi idealizadas por Dom Pedro II, no ano de 1846. Mario conta que engenheiros trazidos por ele da Europa projetaram a canalização do Rio até a barragem. Também foi Dom Pedro que criou do açude de Quixadá.

Share/Bookmark

0 comentários: