Teleton 2016 atinge meta e registra R$ 27 milhões em doações

Após 26 horas de maratona televisiva, o Teleton 2016 conseguiu atingir a meta de R$ 27 milhões estipulada para a edição deste ano. O valor alcançado já na madrugada de domingo (6), porém, corresponde a cerca de R$ 4 milhões menos do que o registrado no ano passado.
Inicialmente, Silvio culpou a crise econômica no Brasil pelo baixo número de doações, mas comemorou o fato de ter atingido a meta. “Vocês estão emprestando a Deus, e Deus vai abençoá-los em recompensa pelo bom coração que vocês têm”, discursou o dono do SBT.
Criado nos Estados Unidos na década de 60, o Teleton foi exibido pela primeira vez no Brasil em 1998 graças à iniciativa do apresentador e empresário Silvio Santos.
Ele teve a ideia de “importar” o projeto beneficente depois que uma de suas netas, Luana, filha de Silvia Abravanel, nasceu com síndrome de galoctsemia, doença genética marcada pela incapacidade de metabolizar a galactose, o açúcar típico do leite, e de um deficit neurológico causado pelo atraso no parto.
O objetivo do Teleton, no Brasil, é arrecadar fundos para Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), uma entidade privada, sem fins lucrativos, e que trabalha em benefício de pessoas com deficiência física.
Em 18 anos, o volume arrecadado é de cerca de R$ 300 milhões, investidos no lançamento de novas unidades e na manutenção das já existentes. Até 2015, a AACD tinha 12 unidades em sete Estados, mas precisou fechar duas delas.
Em 2016, o Teleton conta com a transmissão simultânea do SBT e da TV Cultura. As TVs Globo, Record, Band, Rede TV e algumas emissoras de rádio (como a Nativa) cederam artistas e jornalistas para participarem do evento.
Além de Silvio Santos, personalidades importantes como Hebe Camargo (1929 – 2012), Eliana, Gugu Liberato, o sertanejo Daniel, Ivete Sangalo, Ratinho, Adriane Galisteu e Xuxa também abraçaram a causa ao longo desses anos.
Da UOL

Share/Bookmark

0 comentários: