PREFEITURA

xxxxxxxxxxxx

IGUARACIENSE RESIDENTE NA ZONA RURAL É CONVOCADO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NAS OLIMPÍADAS NO RIO DE JANEIRO

O Iguaraciense Gustavo Henrique Lopes Simião, de 20 Anos, Solteiro, Cursando o Ensino Superior de Educação Física, foi um dos convocados para prestar serviços nas Olimpíadas de 2016, que acontecerá no Rio de Janeiro-RJ.

Gustavo que na verdade é natural da cidade de Afogados da Ingazeira – PE, e hoje está Residindo no Sitio Barro Branco de Iguaracy - Pernambuco, foi o único convocado na região para trabalhar no evento internacional.

Ingressou no Projeto por Meio da Comissão organizadora do COB – Comitê Olímpico Brasileiro. Jogos Olímpicos de 2016 oficialmente Jogos da XXXI Olimpíada, mais comumente Rio 2016, será um evento multiesportivo realizado no segundo semestre de 2016, no Rio de Janeiro, Brasil. A escolha foi feita durante a 121ª Sessão do Comitê Olímpico Internacional, que aconteceu em Copenhague, Dinamarca, em 2 de outubro de 2009.

Os Jogos Paralímpicos de Verão de 2016 serão sediados na mesma cidade e organizados pelo mesmo comitê. Será a primeira vez que os Jogos Olímpicos serão sediados na América do Sul e a segunda vez na América Latina, depois da Cidade do México 1968. Será também a terceira vez que acontecerão no hemisfério sul, depois de Melbourne 1956 e Sydney 2000.
O evento ocorrerá entre os dias 5 e 21 de agosto de 2016, e as Paralimpíadas serão entre 7 e 18 de setembro do mesmo ano. O local de abertura e encerramento será no Estádio do Maracanã. Serão disputadas 28 modalidades, duas a mais em relação aos Jogos Olímpicos de Verão de 2012. O Comitê Executivo do COI sugeriu as inclusões do rugby sevens e do golfe,[e foram aprovados durante a 121ª Sessão.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Boatos sobre zika causam medo e confundem a população

Em meio a tantas dúvidas que o vírus da zika e os casos de microcefalia suscitam na população, e enquanto a relação definitiva entre ambos não é oficialmente mostrada por "A + B", boatos dos mais diferentes tipos e origens ocupam as rodas de conversas nos cafezinhos e se multiplicam em redes sociais.
Do produto usado no combate às larvas do Aedes aegypti a supostas vacinas vencidas aplicadas em gestantes, passando pelo registro de 3.000 grávidas infectadas na Colômbia sem nenhum caso de microcefalia, a desinformação avança em velocidade comparável ao vetor da doença.
O mais recente rumor ganhou notoriedade na última semana quando o governo do Rio Grande do Sul suspendeu o uso de um larvicida após um relatório de um grupo argentino apontar a possibilidade de a substância potencializar a má-formação cerebral causada pelo vírus da zika.

O documento cita nota da Abrasco (Associação Brasileira de Saúde Coletiva) que alerta para o uso contínuo de larvicidas, sem relacionar a má-formação ao produto. Na segunda (15), a entidade negou que tenha feito tal relação.
Na Colômbia, o governo afirmou que não há casos de bebês com microcefalia entre as mais de 3.000 gestantes infectadas por zika. Porém, dados apurados pela Folha mostram que só 10% delas já tiveram seus filhos (ou seja, é cedo para conclusões porque a microcefalia só é diagnosticada com a gravidez avançada).
No final de 2015, começaram a circular mensagens de áudio com informações supostamente repassadas por especialistas. Elas diziam que o vírus da zika deixaria sequelas neurológicas não só em bebês, mas em crianças com menos de sete anos.
Segundo o infectologista Artur Timerman, o vírus pode deixar sequelas, mas é raro e acontece com um número pequeno de pacientes, independentemente da idade. Para desenvolver algum problema é preciso que a imunidade esteja baixa, ele diz.
O Aedes aegypti é o vetor de três doenças: dengue, chikungunya e zika. E a infecção pelas três ao mesmo tempo, como no suposto caso de um colombiano, seria possível?
Infectologistas acham muito improvável. O secretário da Saúde de São Paulo, David Uip, relata ter recebido um paciente com sorologia positiva para as três doenças. No final da investigação, porém, ele só tinha chikungunya.
Uip explica quer ao fazer exames para as outras arboviroses, eles podem dar um resultado falso positivo. Ou seja, há uma reação cruzada.
Para o virologista Gubio Soares, da Universidade Federal da Bahia, foi o que provavelmente houve na Colômbia.

VACINAS
As vacinas não escaparam dos boatos. Um deles diz respeito a gestantes imunizadas contra a rubéola inadvertidamente no Nordeste, outro é sobre lotes vencidos do produto e uma terceira versão, sobre a dTPA (contra coqueluche, difteria e tétano, aplicada no último trimestre de gestação).
"Cada hora é uma vacina. É enlouquecedor. Não adianta apresentar evidência de que são seguras, há pessoas que ainda continuam acreditando", diz Isabella Ballalai, presidente da SBIn (Sociedade Brasileira de Imunizações).
Sobre a vacina da rubéola, Isabella diz que, em primeiro lugar, a vacina não é dada a gestantes. Segundo ela, na última campanha de vacinação, algumas mulheres tomaram a vacina sem saber que estavam grávidas, mas mesmo assim não houve dano ao feto.
Há uma versão segundo a qual foram distribuídos lotes de vacinas vencidas. "Não existe isso, as vacinas distribuídas pelo governo são seguras. E mesmo que isso tivesse acontecido, ela simplesmente perderia o efeito e deixaria de proteger, nunca causaria má-formação no feto", diz.
Por fim, a dTPA. "A vacina é segura e aplicada no mundo todo, a do SUS é igual à da rede privada. Ela é aplicada em vários lugares do mundo e já existem resultados muito bem documentados de que ela diminui a morte e a hospitalização de bebês por coqueluche", afirma Isabella.
A disseminação de boatos sobre vacinas é histórica e vem desde a Revolta da Vacina, quando Oswaldo Cruz tornou obrigatória a vacinação contra a febre amarela.
"Na época, existia um descontentamento com o governo bastante grande, como hoje. É fácil o brasileiro acreditar que o governo distribuiu uma vacina vencida com tantas coisas que estamos vendo", diz Isabella Ballalai.
"Esse descontentamento é um campo fértil para implantar e disseminar esses boatos."


MITOS E VERDADES SOBRE O ZIKA:

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

NOVO TITANIC: As novas e incríveis imagens do Titanic 2

O Titanic entrou para a história como "o maior navio já construído" e, por isso, era questão de tempo até fosse feita uma réplica incrível do transatlântico.
A previsão é que o Titanic 2 zarpe em 2018 e faça a mesma a rota que o seu antecessor: sairá de Southampton, na Inglaterra, com destino a Nova York, nos EUA. As novas imagens mostram o quão incrivelmente perto do original ele é.
Obviamente, a tecnologia e a segurança da nova versão do navio são muito diferentes da embarcação de 1912, que tragicamente afundou no Oceano Atlântico. Contudo, as características permanecem fiéis ao original no quesito decoração. O novo transatlântico está sendo construído na China, e a fila de espera para a viagem inaugural já ultrapassa 50 mil pessoas.
O Titanic 2 deverá apresentar nove decks, 840 cabines e primeira, segunda e terceira classes, incluindo área de fumantes e a famosa escada que foi destaque no filme Titanic, de 1997. O navio custou 400 milhões de libras esterlinas (em torno de R$ 2,3 bi) e é uma criação do empresário australiano Clive Palmer. Aparentemente, poderá transportar até 2.435 passageiros, além de 900 tripulantes.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Habilitação para cinquentinhas começa a ser exigida dia 1º de março. Multa para quem não tiver é de R$ 574,62

Os condutores de ciclomotores, as famosas cinquentinhas, voltam a ter que correr contra o tempo. Muita gente deve ter esquecido, mas no próximo dia 29 de fevereiro vence o prazo estipulado pelo governo federal para que os motoristas se habilitem para guiar uma cinquentinha. Sendo assim, que for pego dirigindo um ciclomotor a partir do dia 1º de março será multado em R$ 574,62. O valor é referente à infração gravíssima, de R$ 191,54, multiplicada três vezes, como previsto no Artigo 162 do CTB para o caso de conduzir veículo automotor sem estar habilitado. A multa, vale ressaltar, ficará no chassi do veículo e terá que ser paga no licenciamento.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Acordo com Azul vai garantir rotas para Caruaru e Serra Talhada com centro de conexões, diz Governador

O governador Paulo Câmara assinou, na tarde desta terça-feira (16.02), no Palácio do Campo das Princesas, acordo para a implantação do novo centro de conexões da Azul Linhas Aéreas no Estado. O hub, que liga o Recife a todas as outras capitais do Nordeste, começa a operar no próximo dia 22, no Aeroporto Internacional dos Guararapes-Gilberto Freyre, na Zona Sul da cidade.
A iniciativa representa um incremento anual de R$ 503 milhões na economia pernambucana, gerando emprego e renda para a população. Com o empreendimento, a Azul passará a atuar com 66 ligações diárias para 24 cidades – a oferta atual é de 46 voos por dia com destino a 12 bases.
Durante a cerimônia, Paulo destacou que a ampliação da malha aérea pernambucana reforça a vocação de “hub natural do Nordeste” que o Estado apresenta devido às suas potencialidades. “O que fica muito claro é que temos a melhor localização geográfica para esse tipo de empreendimento, um aeroporto com uma área para expansão e que oferece bastante conforto para os passageiros. Oferecemos ainda uma mão de obra qualificada para o setor. Somado a isso, temos instituições que funcionam e honram as pactuações”, detalhou Paulo.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

Equipe de TV inglesa visita comunidades apoiadas pela Diaconia no Pajeú

Uma equipe do programa de culinária The Fabulous Baker Brothers (“Os Fabulosos Irmãos Padeiros”, em português), da TV inglesa, está desde a última segunda-feira (15) no Sertão do Pajeú, visitando comunidades apoiadas pela Diaconia e a agência de cooperação Tearfund.
O grupo veio conhecer iniciativas de convivência com o Semiárido e a organização de grupos comunitários de mulheres, que geram renda a partir da produção e comercialização de alimentos (panificação e beneficiamento de polpas e doces), a partir do projeto Semiá.
Na segunda-feira, o grupo visitou as comunidades do Poço do Moleque (em Afogados da Ingazeira) e Sítio Jatobá (Carnaíba). Em Afogados, foi gravada a experiência do casal de agricultores José João (Deda) e Genedite de Sousa: a família possui uma área produtiva de cultivo de hortaliças e proteínas, como a palma, utilizada para alimentação dos animais, além do biodigestor, com o qual gera gás de cozinha.

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...