PREFEITURA DE CARNAÍBA

Inferno em PE: Explosões de bancos, ônibus atravessado, reféns e muita destruição nesta madrugada

Mais uma madrugada de terror na Região Metropolitana do Recife. Bandidos fortemente armados explodiram três bancos no Cabo de Santo Agostinho, no Litoral Sul de Pernambuco. As explosões aconteceram por volta das três da madrugada desta quinta-feira (02) e atingiram as agências do Banco do Brasil, da Caixa Econômica Federal e do Itaú, que ficam no Centro da cidade.
Carros foram queimados na entrada do município do Cabo de Santo Agostinho e grampos foram espalhados pela pista. O grupo ainda colocou fogo em carros e deixou explosivos perto dos bancos. Os bombeiros precisaram ser acionados para controlar as chamas.
Reféns: Cerca de oito homens que estavam em um restaurante na margem da BR foram feitos reféns e obrigados a entrar em um carro e seguir com os bandidos. Alguns chegaram a ser amarrados no capô do veículo e um homem foi baleado. O ferido foi levado para o Hospital Mendo Sampaio, no Cabo de Santo Agostinho.
Os demais reféns foram abandonados na BR "nova". Um ônibus que seguia com trabalhadores também foi interceptado pelos bandidos. De acordo com moradores da área, vários tiros foram ouvidos durante a ação e a delegacia da cidade foi metralhada. A Polícia Militar mandou reforço para o Cabo de Santo Agostinho e a Polícia Federal também segue para a cidade. Ainda de acordo com a polícia, os assaltantes fugiram em direção a cidade de Escada.
Por causa dos grampos na pista, um acidente entre dois carros aconteceu na antiga BR-101, em Ponte dos Carvalhos.
Mais explosões: Em Lagoa do Carro, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, bandidos explodiram uma agência do Banco do Brasil por volta da 3h30 da madrugada. A agência fica próximo à prefeitura da cidade. Tiros foram ouvidos pelos moradores. O local foi isolado para a pericia. Essa é a quarta investida contra banco em Lagoa do Carro em menos de um ano. (Via: TV Jornal)
http://afogadosveiculos.blogspot.com.br/

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: