PREFEITURA DE CARNAÍBA

Mulher utiliza seus dois filhos menores para matar idosa que lhes fornecia água gelada e TV em Petrolina, no Sertão de PE

Nesta segunda-feira (10) através de uma coletiva de imprensa, a delegada de Homicídios da Polícia Civil (PC) Sara Machado e os delegados Magno Neves e Marceone Ferreira, apresentaram detalhes do assassinato da aposentada, Abenigna Lucia do Bonfim, de 67 anos. Dois adultos e dois adolescentes participaram do crime.
Segundo informações da polícia, dos quatro envolvidos no crime, três conheciam e conviviam com a vítima. Alessandra de Castro Silva, de 42 anos, e seus dois filhos um garoto de 14 anos e uma garota de 17 anos, eram vizinhos de Abenigna Lucia e por não ter energia elétrica em casa, frequentavam a residência da vítima para assistir TV e pegar água gelada. Durante o convívio os três fizeram um levantamento dos bens da vítima e premeditaram o crime.
O corpo foi localizado no interior da casa da vítima no final da manhã do dia (05/04/2017), com mãos e pés amarrados por peças de roupas da própria vítima, estando a cabeça coberta por sacolas plásticas e envolta em fita crepe. Vítima amordaçada também com fita adesiva. ABENIGNAteve morte por asfixia.
Diligências iniciais davam conta que o crime ocorreu na noite do sábado, dia (01/07/2017), quando a vítima foi vista pela última vez na frente de casa sentada junto com a vizinha de alcunha BAIANA e uma filha adolescente. Depois desta noite a vítima, que morava sozinha, não mais foi vista por vizinhos e também não manteve contato com a família.
Pelas características do crime, não havendo qualquer sinal de arrombamento na casa, a primeira linha de investigação foi no sentido de ter sido crime de proximidade, praticado por pessoa que tinha livre acesso à casa da vítima. As investigações iniciaram com a última pessoa que esteve com a vítima ainda em vida, portanto, a vizinha BAIANA.
Contradições nos depoimentos de BAIANA, aliada à informação anônima no sentido da participação de LEO, amigo da acusada e morador do bairro João de Deus, no crime levaram à elucidação do crime, tendo LEO sido localizado pela equipe de investigação com o aparelho celular subtraído da casa da vítima quando da sua morte.
Tomou-se conhecimento ainda que BAIANA, no dia do encontro do corpo de ABENIGNA, teria negociado um notebook com terceira pessoa a quem estava devendo, tendo no dia (06/04/2017), se tomado conhecimento através de familiares da vítima que tal aparelho também fora levado da casa de ABENIGNA. LEANDRO DOS SANTOS FERREIRA eALESSANDRA DE CASTRO SILVA confessaram o crime que teve como motivação roubar a vítima.
Com a prisão de LEANDRO ficou esclarecida toda a teia criminosa, tendo dois adolescentes, um de 14 anos de idade e outra de 17 anos, participação direta no crime, cabendo à adolescente deixar o portão da casa da vítima aberto para o acesso de LEANDRO e ao adolescente de 14 anos olhar a rua para avisar qualquer movimentação de pessoas. Os dois adolescentes tiveram suas internações decretadas e cumpridas e estão sendo cumpridas nesta data. (Via: Vale em Foco)

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: