PREFEITURA DE CARNAÍBA

Sobe para 55,1 mil o número de desabrigados e desalojados por causa das chuvas em Pernambuco

O governo de Pernambuco informou, na noite da ultima terça-feira (30), que subiu para 55.176 o número de pessoas obrigadas a deixar as casas por causas das chuvas e das enchentes. Agora, são 3.081 desabrigados, que perderam as residências, e 52.095 desalojados, que estão em abrigos ou moradia de parentes, temporariamente. Até a terça-feira (30), eram 4,8 mil moradores do estado prejudicados.
Segundo o estado, ao todo, 29 cidades registraram chuvas. Desse total, 24 municípios estão em emergência, que foi decretada na terça-feira pelo governo pernambucano. Nesta quarta, o governo federal editou uma portaria no Diário oficial da União e reconheceu a situação.
Além das cidades em emergência, há problemas em São José da Coroa Grande e Escada, na Mata Sul, bem como Cupira, Bonito e Gravatá, no Agreste. Desde o início das chuvas, na semana passada, três pessoas morreram. Duas em Lagoa dos Gatos, e um em Caruaru, no Agreste.
Na manhã dessa quarta-feira (31), moradores de municípios atingidos pelas enchentes voltaram a enfrentar fortes chuvas. As precipitações deixaram em alerta os órgãos de defesa civil.
No Grande Recife, também houve transtornos. Ruas das Zonas Sul e Oeste, bem como da área central, ficaram alagadas na manhã desta quarta. A Prefeitura do Recife informou que, em quatro horas, choveu 72 milímetros na capital. Esse índice pluviométrico é equivalente ao esperado para quatro dias. A média histórica de maio, segundo a administração municipal, é de 329 milímetros.
Do G1

Compartilhe: WhatsApp, Faceboock, etc...

0 comentários: